Câmara municipal aprova requerimento para que manobra do trem seja retirada da zona urbana de Codó

Esta semana, durante a 30ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Codó, os vereadores trataram e deliberaram sobre assuntos muito relevantes para a população muito relevantes para a população. Um dos grandes problemas do município e que os edis estão dispostos a resolver de forma definitiva são os incômodos e inconvenientes causados pelas manobras realizadas pelo trem da empresa Transnordestina bem no centro da cidade.

Mediante as inúmeras reclamações da população, os vereadores deliberaram e aprovaram o Requerimento de Nº05/17, de autoria do vereador Rodrigo Figueiredo, solicitando que seja enviado para a empresa TRANSNORDESTINA LOGISTICA S/N, ante denominada de COMPANHIA FERROVIARIA DO NORDESTE (C.F.N), para que seja retirada a manobra do trem da zona urbana do Município de Codó.

Os vereadores também aprovaram importante PL para o esporte, com o Projeto de Lei de Nº 25/17, de autoria do Vereador Pastor Max Tony, que reconhece de Utilidade Pública Municipal o Liga Codoense de Handebol e dá outras providências. “O Handebol é uma tradição e uma força dentro do esporte codoense. É uma modalidade que nos trás muito resultados positivos, pois temos muitas boas equipes e bons treinadores, portanto é necessário o fortalecimento desta Liga”, justificou o autor o Projeto.

Os parlamentares também aprovaram uma série de Indicações para melhorias do município, tanto na zona urbana, quanto na rural. A maioria das Indicações é por melhorias na infraestrutura, como recuperação de estradas e pontes, perfuração de poços, pavimentação de ruas e recolocação da iluminação pública. Outras Indicações também tiveram destaque, como a de Nº316/17, de autoria do vereador Iltamar Muniz, que solicita ao governo do Estado a carreta da Saúde da Mulher para Codó, para realização de consultas e exames gratuitamente preventivos, tipo o de mamografia, para as mulheres mais carentes do município, já que no mês de outubro o foco é tratar da prevenção do câncer de mama.

Ascom – CMC

Sobre Jeferson Abreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *