Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Governo do Estado inicia reforma da escola da Comunidade de Santo Antonio dos Pretos

IMG-20160220-WA0055Escola mal cuidada, educação comprometida. Pensando em reverter essa equação, o Governo do Estado do Maranhão deu início à reforma completa do Centro Quilombola de Formação por Alternância Ana Moreira (CEQFAAM), que fica localizado na Comunidade de Santo Antonio dos Pretos, a 45 quilômetros do centro de Codó.
Com a meta de garantir que todas as escolas do estado tenham estrutura física adequada e confortável para desenvolver as atividades pedagógicas e de aprendizagem, a unidade de ensino que fica na zona rural do município, é a primeira das escolas estaduais de Codó a passar por reforma no governo Flavio Dino. De acordo com o vereador Pedro Belo que esteve no ultimo sábado (20) em comitiva visitando o local, o objetivo do governador é reformar ainda este ano todas as unidades escolares de ensino médio do estado que estejam em funcionamento no município de Codó.IMG-20160220-WA0054
“A reforma do CEQFAAM sempre foi um dos objetivos do governador Flavio Dino, ele sempre soube da necessidade de que isso acontecesse, e das dificuldades que os alunos desta instituição passaram nos últimos anos, inclusive todas as vezes que estávamos em São Luis cobrávamos dele urgência no inicio das obras, e sempre muito prestativo com nossa pessoa, nos pedia calma e afirmava que o recurso estava por vir, e como o governador trabalha dentro de um cronograma, o recurso veio como ele prometeu, estamos felizes porque exatamente a escola que mais precisava esta sendo a primeira a ser reformada”, concluiu Pedro Belo.
Segundo Pedro Belo a reforma irá contemplar toda a área onde esta localizada a escola, uma nova CEQFAAM mais moderna e equipada será entregue a Comunidade de Santo Antonio dos Pretos e região, pois o parlamentar afirmou que esta dentro do projeto a troca completa do forro e piso do local, aplicação de nova pintura, melhoramento e modernização da sala de professores, biblioteca, cozinha, diretoria, banheiros internos e externos, e das três salas de aula e quatros dormitórios. O projeto também contempla a construção de uma moderna sala de informática, e construção de uma subestação de energia para que todo o prédio seja climatizado.
“Foram seis anos de luta e espera. Por causa da falta de estrutura víamos alunos e professores desmotivados. O começo das obras nos devolveu a autoestima e sentimos que agora vamos poder cuidar melhor dos nossos estudantes”, relatou a diretora da escola.
 
ASCOM / Por Marco Silva
 

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*