Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

O governo Flávio Dino e o risco da volta da aftosa ao Maranhão

agedGovernador desmobilizou a Agência de Defesa Agropecuária ao reduzir em 1/3 o seu quadro funcional, que era responsável pela fiscalização e orientação aos pecuaristas sobre a doença que impõe barreiras ao gado maranhense
O rebanho bovino maranhense sofreu preconceito durante anos e anos, pelas barreiras impostas ao comércio de carne, já que havia registrado casos de febre aftosa.
Só no governo Roseana Sarney (PMDB) a carne maranhense passou a receber o selo de “Livre da Aftosa”, após investimentos pesados em vacina e fortalecimento da Agência de Defesa Agropecuária, a Aged. (Leia aqui)
Agora, o governador Flávio Dino (PMDB) anuncia corte de cerca de 30% no quadro funcional  terceirizado da Aged, praicamente desmobilizando a agência.
O gado maranhense não registra há anos um caso de aftosa exatamente pelo trabalho realizado pela Aged no governo anterior, com intensa orientação e dura fiscalização.
Sem o trabalho da agência, o risco de registro de aftosa aumenta consideravelmente.
E um único caso de aftosa pode levar o rebanho maranhense ao tempo das cavernas, como era até há poucos anos atrás.
Mas Flávio Dino parece não star preocupado com isto.
E esta é só mais um efeito da mudança no Maranhão…
Fonte:http://www.marcoaureliodeca.com.br

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*