Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Flávio Dino manda Dois Carros Fumacê para combater o mosquito Aedes aegypti em Codó

IMG_20160325_083731O Governador do estado do Maranhão, Flávio Dino, mandou no inicio da semana para Codó, dois carros fumacê para combater o Aedes aegypti no município, os veículos já estão à disposição da equipe de vigilância epidemiológica da Unidade Regional de Saúde e ajudarão a Secretaria Municipal De Saúde nas ações de combate ao mosquito transmissor da dengue, chicungunya e zika virus.
De acordo com o vereador Pedro Belo, os veículos serão utilizados em todos os bairros do município, seguindo um cronograma montado pela Secretaria Municipal de Saúde.
“Os veículos foram enviando pelo governador Flávio Dino e agora que se encontram no município, serão utilizados para combater o mosquito Aedes aegypti. É uma determinação do governador que seja dada prioridade a qualidade de vida das pessoas, por isso todos os bairros de Codó serão beneficiados”, afirmou Pedro Belo.
O diretor da Unidade Regional de Saúde, Ribamar Oliveira, parabenizou o governador Flávio Dino pelo incentivo no combate à epidemia das doenças relacionadas ao mosquito Aedes aegypti.
“Essa iniciativa do governador Flávio Dino é fundamental para que Codó continue obtendo números positivos no combate ao mosquito Aedes aegypti, o Estado mostra mais uma vez que é parceiro dos municípios nessa batalha, que é diária e que só será vencida com o apoio de toda a população”, ressaltou Ribamar Oliveira.
Segundo o vereador Pedro Belo o produto exalado pelos carros fumacê não tem efeito algum sob o ser humano, o parlamentar codoense lembrou que é recomendável aos moradores que abram as portas e janelas das residências.
“A primeiro momento tem o incomodo do odor, pois é um cheiro forte, mas logo isso passa. O produto lançado pelos carros fumacê não atinge as pessoas, só tem efeito sob os mosquitos, por isso, para que o trabalho de combate ao Aedes aegypti tenha mais eficácia, é recomendável que a população codoense ao ver o veículo abra as portas, janelas e etc. Pois quanto maior o alcance do produto, mais as residências estarão protegidas”, finalizou Pedro Belo.
ASCOM / Por Marco Silva

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*