Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

População codoense participa da Campanha Nacional Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

IMG_20160520_063250Durante toda a semana foram realizadas em Codó atividades alusivas a Campanha Nacional Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. As ações tiveram inicio com panfletagens na cidade e em distritos do município, como o Km 17. Os organizadores também realizaram palestras sobre o tema em escolas da Zona Rural. As atividades tiveram sua culminância ontem, dia 18, com uma passeata pelas ruas e avenidas de Codó. Dentre as autoridades que participaram estavam representantes do Conselho Tutelar, do Conselho Municipal de Proteção a Criança e ao Adolescente, além de representantes do Poder Legislativo, como o Vereador Pastor Max.
O edil, que marcou sua presença em todas as atividades da semana de enfrentamento, falou da importância do envolvimento de toda a sociedade em defesa das crianças. “Precisamos com urgência nos fortalecer para realizar de forma efetiva esse enfrentamento. Seguimos toda a programação, com ações que precisam da atenção e mobilização de todos. Precisamos nos lembrar todos os anos e fazer com que a sociedade se engaje de forma efetiva, visando sempre a melhoria da qualidade de vida dessas crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade social”, preconizou Pastor Max.IMG_20160520_063237
Autor da lei que institui o Dia Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. (Lei Marcia Santos), Max sempre manteve seus esforços voltados para a constante vigilância e defesa dos direitos das crianças e adolescentes no município de Codó. “A minha missão, como parlamentar e como cidadão codoense, é de proteção e combate às violações contra os direitos da criança e do adolescente. Todos os anos eu me mobilizo, pois é uma causa mais do que necessária. Como representante do Poder Público ou como civil, sempre estarei apoiando essas causas. Por isso criei a Lei que institui o Dia Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de crianças e Adolescentes no município, aprovada com unanimidade pelos colegas e que tem por objetivo mobilizar a sociedade e convocá-la para seu engajamento no combate, na prevenção, na responsabilização e denúncia de crimes contra a infância e juventude”. Finalizou o parlamentar.
Entenda mais
Em todo Brasil, no dia 18 de Maio foram programados eventos em diversas cidades, com a intenção de sensibilizar a população em geral e os formadores de opinião, a fim de motivar ações espontâneas das pessoas pela proteção de crianças e adolescentes. A data foi escolhida nacionalmente em menção ao crime ocorrido em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória, Espirito Santo. Aracelli era uma menina de oito anos quando foi raptada, drogada, violentada e, já morta, teve o corpo carbonizado por um grupo de jovens da classe média alta daquela cidade. Apesar da natureza hedionda, o crime prescreveu impune.
Ascom.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*