Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Governo do Estado promove ação inédita com associação quilombola

Foto 3_Divulgação_SAF_25072016 - Governo do estado promove ação inédita com associação quilombola“Sempre acreditei que um dia seria enxergado”, disse, emocionado, Manoel Moura, presidente da Associação dos Agricultores Familiares Quilombolas do povoado Jenipapo, que conjuntamente com os povoados de Usina Velha e Olho d’Água da Raposa configuram os três assentamentos estaduais no município de Caxias. Por meio da associação, o povoado Jenipapo, onde vivem 50 famílias, foi beneficiado com a entrega de um kit do projeto ‘Quintal Produtivo’. Do total, 10 famílias irão incrementar a produção, numa área de 10 hectares, por meio de equipamentos para cultivo de planta e criação de animais que eles receberam do Governo do Maranhão.
 
O secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares, e a presidente do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), Margareth Teixeira, participaram da entrega do kit, em Jenipapo. Eles visitaram os locais onde as atividades serão colocadas em prática e conversaram com os agricultores. A solenidade entrega marcou o Dia da Agricultura Familiar, comemorado em 25 de Julho.Foto 2_Divulgação_SAF_25072016 - Governo do estado promove ação inédita com associação quilombola
 
Os quintais produtivos são áreas que ficam em arredores das casas e são usadas para o cultivo de frutas, verduras, ervas e plantas medicinais e criação de pequenos animais. A iniciativa é importante para a garantia de alimentação saudável para as famílias e ainda se configura em fonte de renda extra.
 
“Nunca pensei que um dia a gente pudesse receber uma visita do secretário do governo e da presidente do órgão de regularização fundiária no nosso assentamento. Eles vieram aqui para nos entregar esses equipamentos que vão ajudar a produzir mais e melhor”, declarou Manoel Moura, que aproveitou a oportunidade para solicitar um curso de cooperativismo e associativismo à Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF).
 
Adelmo Soares informou que a entrega dos kits representa um sonho de ver famílias cultivarem e produzir para alimentação saudável e comercialização do excedente. “Hoje estamos aqui para atender uma reivindicação dos movimentos sociais”. Ele citou o convite da Associação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas do Maranhão (Aconeruq), que selecionou oito associações para receberam os equipamentos dos quintais produtivos. Serão beneficiadas famílias quilombolas nos municípios de Icatu, Itapecuru Mirim, Brejo, Buriti de Inácia Vaz, Lima Campos, Pinheiro e Viana.
 
Na solenidade, o secretário anunciou aos presentes que as famílias beneficiadas receberão assistência técnica da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), órgão vinculado a SAF.
 
A presidente do Iterma, Margareth Teixeira, informou que, como a associação é assentamento estadual e também tem certificado como quilombo, os benefícios são diferentes. “Nós vamos organizar uma assembleia e, em votação, será aprovada a migração para revogar ou não o projeto de assentamento e constituir a regularização fundiária na condição de quilombola”, informou.
 
Força do Agricultor familiar
 
Na solenidade no povoado de Jenipapo, Adelmo Soares detalhou várias ações do governador Flávio Dino que estão beneficiando a população do interior do Maranhão, sobretudo os agricultores familiares.
 
Ele lembrou o Dia da Agricultura Familiar e disse que estava honrado de estar à frente de uma secretária criada por meio da reivindicação dos movimentos sociais.  “Foi a voz do trabalhador rural que o governador Flávio Dino atendeu ao criar a SAF para cuidar das demandas daqueles que trabalham com o solo e respeitam a natureza”, afirmou.
 
Adelmo Soares destacou que, em um ano e meio de vigência da SAF, os servidores da secretaria e seus órgãos vinculados trabalham incansavelmente para desenvolver e dar qualidade de vida aos agricultores familiares. “São ações como as feiras da Agritec, programas Mais Produção, Mais IDH, assistência técnica de qualidade e continuada, título de terras, emissão de Cadastro Ambiental Rural, Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP)”, infromou.
 
O secretário falou da entrega de equipamentos, tratores com implementos agrícolas, caminhão refrigerado para agricultores familiares, além de apoio às cadeias produtivas, “São iniciativa que culminam na dignidade daquele que cultiva a terra e alimenta a população”.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*