Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Coxa elimina o Belgrano nos pênaltis e consegue vaga inédita

img-20160928-wa0057Depois de vencer o Belgrano no tempo regulamentar por 2 a 1, em pleno estádio Mario Kempes, em Córdoba, o Coritiba foi bem nas penalidades e bateu o adversário por 4 a 3, garantindo sua vaga inédita para as quartas de final da Copa Sul-americana. Na partida de ida, no Alto da Gloria, 2 a 1 para os argentinos.

A festa incrível nas arquibancadas explodiu de fez aos 29 minutos da primeira etapa, quando Bieler aproveitou indecisão de Wilson e, de bicicleta, empurrou para o fundo das redes. Iago, aos 43 minutos de cabeça, deixou tudo igual. Depois do intervalo, aos 20 minutos, Nery Bareiro decretou a virada.

Na próxima fase, o Coritiba vai encarar o Atlético Nacional, com primeiro jogo marcado para o dia 19 de outubro, no Couto Pereira.

O jogo – Com quatro atacante e precisando buscar gols, o Coxa começou pressionando. Logo no primeiro minuto, bola na área para Bareiro, que parou nas mãos de Olave. Aos seis minutos, Leandro fez a jogada, cruzou pra Kazim, mas o turco pegou mal demais na bola, errando o alvo. O time da casa, empurrado pela torcida, esperava em seu campo e apostava no contra-ataque.

O primeiro frisson do torcedor alviceleste aconteceu aos 14 minutos, com Suárez, o craque do time, que recebeu fora da área e emendou uma bicicleta, na rede, mas pelo lado de fora. O Belgrano crescia de produção. Até que, aso 29 minutos cruzamento na área coxa-branca, Wilson são saiu, e Bieler, de bicicleta, empurrou para o fundo das redes para abrir o placar e complicar de vez o Alviverde.

O Coritiba tentou responder rápido, aos 31 minutos, com Alan Santos subindo na área para atestar firme e carimbar a trave. Mas, o empate veio aos 43 minutos, com Iago, reacendendo a esperança da equipe coxa-branca, que anda precisaria de pelo menos um gol para levar a disputa para as penalidades.

Na etapa final, os times voltaram sem alterações. Aos seis minutos, Bareiro vacilou, ficou sem a bola em um lugar perigo, mas Suarez entrou em impedimento na sequência. O Coxa tentava colocar velocidade no jogo, enquanto o adversário se postou na retranca. Aos 10 minutos, Suárez tentou o chute três vezes seguidas e, na última, isolou a bola.

Kazin tentava se esforçar e, aso 13 minutos, foi à linha de fundo, cruzou para Leandro, mas Olave saiu antes para ficar com a bola até que, aos 20 minutos, Juan cobrou escanteio com perfeição, Barerio desviou de cabeça e a bola ainda desviou no travessão antes de morrer no fundo das redes.

O resultado levava a partida para os pênaltis. Aos 29 minutos, cruzamento para Suárez e desta vez Wilson saiu bem para interceptar. Os dois treinadores queimam suas substituições, pensando em uma estocada final, mas também de olho nas penalidades. Aos 39 minutos, cruzamento que passou por todo mundo na área alviverde, Bolatti se esticou todo e quase empurrou para o gol. Apesar da vontade das equipes, poucas chances e ficou nisso, com o Coxa devolvendo o placar do primeiro jogo.

Decisão nas penalidades – O primeiro a bater foi Leandro, que parou nas mãos de Olave. Suárez converteu a primeira cobrança para o Belgrano. Bernardo não desperdiçou a dele. Bieler cobrou bem e também marcou. Juan deixou tudo igual. Lema fez o dele com categoria. González empatou para o Coxa. Luna parou em Wilson. O goleiro foi para cobrança dele e estufou as redes. Álvaro Suarez ficou em Wilson e o Coritiba se classificou.

BELGRANO 1 (3) X (4) 2 CORITIBA

Local: estádio Mario Kempes, em Córdoba (ARG)
Data: 28 de setembro de 2016
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñan (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann e Raul Orellana (ambos do Chile)
Cartões amarelos : Farré (Belgrano); João Paulo (Coritiba)

Gols
BELGRANO: Bieler, aos 29 minutos do primeiro tempo
CORITIBA: Iago, aos 43 minutos do primeiro tempo e Bareiro, aos 20 minutos do segundo tempo

BELGRANO: Olave; Luna, Romero, Lema e Rojas; Farre (Bolatti), Lertoria, Luján (Barbieri) e Suarez; Velazques (Alvarez Suarez) e Bieler
Técnico: Esteban González

CORITIBA: Wilson; Benítez, Nery, Juninho e Juan; João Paulo, Alan Santos; Iago (González), Vinícius (Carlinhos), Leandro e Kazim (Bernardo).
Técnico: Paulo César Capergiani

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Esporte
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*