Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Recursos para Projeto “Diques da Baixada” estão incluídos no orçamento da União para 2017

thumbnail_rr-com-flavio-braga-280x300Recursos no valor de 60 milhões de reais para o projeto “Diques da Baixada” já estão previstos, no OGU – Orçamento Geral da União para 2017.   O projeto, que será executado pela CODEVASF – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, é uma demanda antiga da população do nordeste do Maranhão, que possui uma realidade contraditória, agraciada com água em abundância, mas sem poder usufruir pela falta de tecnologias para o tratamento.

A emenda de bancada é um esforço conjunto de deputados federais e senadores do Maranhão. Prevê a elaboração, licenciamento e implantação do projeto, cujo objetivo é o controle das áreas de inundação, solucionando o problema de salinização dos campos, provocado pela água do mar, que invade os rios e torna as áreas improdutivas, além de reduzir o volume de água para o consumo.

Entre as várias iniciativas dos parlamentares da bancada maranhense para a inclusão do projeto Diques da Baixada no orçamento da União para 2017, o senador Roberto Rocha havia enviado, na última quinta-feira, 20, ofício ao relator da comissão responsável pelo projeto, Senador Waldemir Moka, solicitando, enquanto representante dos deputados e senadores maranhenses, atenção especial ao projeto, como esperança de transformação socioeconômica de uma das regiões mais pobres do país, e a oportunidade de beneficiar, diretamente, mais de hum milhão de pessoas com água própria para o consumo, além de ampliar a fronteira agrícola e pecuária do estado.

Em março deste ano, por ocasião do aniversário do Fórum da Baixada Maranhense , o senador Roberto Rocha foi homenageado por sua atuação parlamentar em prol dos projetos voltados para a baixada maranhense, em especial, o projeto “Diques da Baixada”.

Celina Mendes – Jornalista
Gabinete – Senador Roberto Rocha
 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*