Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

MULHER BRASILEIRA: O Brasil de todas as Marias

lKeEFasmariasA mulher brasileira é produto de uma cultura patriarcal. Educada e orientada para o papel de mãe, esposa e dona de casa, percebemos que, ideologicamente, a sua posição pouco mudou no universo  machista. Mas ela foi à luta. Vimos nascer e florescer o movimento feminista, no final do século XX,cuja essência era a luta pela igualdade de direitos e oportunidades. Confundiram liberdade com liberação, e o sentido do feminismo foi deturpado, mal interpretado. Não se pretendia que a mulher abdicasse de sua feminilidade, mas que aprendesse a reivindicar seus direitos com consciência e responsabilidade.

Famosas ou anônimas, elas buscaram mudar suas vidas, tomar suas posições, seja na política, nas artes de um modo geral ou no cenário doméstico, onde foram elevadas à condição de “rainhas do lar”. Uma coroa muito pesada para quem teve de carregar o estigma da “Amélia”, sempre servil e solícita, “a mulher de verdade”, na ultrapassada concepção dos “paulões” e “pedrões”.

Mas a mulher mudou. Ativou o cérebro, buscou objetivos pelos quais lutar, conquistou espaços. Usa seus instintos, quase sempre infalíveis, chora, sofre, sorri, põe maquilagem, borra maquilagem. Não espera mais ser conquistada pelo homem.Faz a proposta, insinua e conquista!Vai buscar o que quer: ao telefone, no computador, nas escolas, universidades, nas grandes empresas, no tanque de lavar, nas viaturas policiais e até nos caminhões cruzando estradas.

Um Brasil de muitas “Marias”. A Maria professora, doméstica, advogada, empresária. São milhões de Marias que vão à luta todos os dias, de Norte a Sul desse imenso Brasil. Não se permitam mais serem chamadas a Maria do Antonio, Maria  do Pedro…Sejam a Maria enfermeira, Maria professora, Maria verdureira; se permitam conquistar sua própria identidade.

Donas de casa, sim; mas também faxineiras, lavadeiras, caminhoneiras, vereadoras, prefeitas, deputadas, senadoras e até Presidentes de Repúblicas. Vocês possuem brilho próprio. Colocam emoção no que fazem, mas também força e determinação.

Mulheres que levantam com o Sol e deitam com a Lua. Sabem que o tempo passa e é preciso ousar, construir, fazer acontecer. Da primeira à última hora, é preciso deixar suas marcas no dia que se foi e preparar o caminho para o dia que virá. Essas Marias são vocês, mulheres brasileiras. Neste 8 de março, Dia da Mulher, que para nós é todo dia, nossa homenagem e respeito às mulheres de todo o mundo, mas de modo especial, às mulheres brasileiras, nordestinas, maranhenses e codoenses!

Prof. Wolney Campos

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*