Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Grupo FC Oliveira firma parceria com Governo do Estado e investe R$ 811.905,49 na Banda do Bom Menino

O empresário Francisco Carlos de Oliveira participou no fim de semana, especificamente no sábado (8), de um evento realizado no Convento das Mercês, em São Luís, ao lado do governador Flávio Dino e do secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

De acordo com informações de Francisco Nagib, ao blog, posteriormente confirmada pela Secretaria de Comunicação do governo Flávio Dino,  foi um encontro de relações entre o grupo FC OLIVEIRA e o governo do Estado que firmaram uma grande parceria.

O grupo empresarial liderado pelo industrial Francisco Carlos de Oliveira vai ajudar, por meio do Lei de Incentivo à Cultura, a Orquestra Sinfônica da Escola de Música do Bom Menino das Mercês.

A FC Oliveira investiu R$ 811.905,49. Isso proporcionou que o número de alunos subisse de 256 para 742 alunos.

“A nossa empresa vai ajudar através da lei de incentivo à cultura no valor de R$ 811.000,00 a orquestra sinfônica do Bom Menino que corresponde à mais de 500 alunos. O evento ocorreu no Convento das Mercês com a presença do governador e do Secretário de Educação”, explicou Nagib ao ser indagado pelo blog

O governador usou as redes sociais (sua conta no Twitter) para agradecer ao empresário Francisco Carlos de Oliveira.

“Agradeço ao apoio do grupo FC Oliveira e a acolhida dos presentes hoje no belo Convento das Mercês”, escreveu o governador

CONFIRA ABAIXO A MATÉRIA  DA SECAP SOBRE ESTE EVENTO:

O Governador Flavio Dino participou, no sábado (08), da aula inaugural na Escola e Banda de Música do Bom Menino das Mercês. A aula inaugural foi proferida pelo Maestro Raimundo Nonato Quintalhana, Presidente da Associação do Bom Menino do Convento das Mercês (ABMCM), que destacou as normas que regem a Escola de Música do Bom Menino, que tem base na disciplina, compromisso, na boa convivência e na religiosidade.

Sob os acordes de belas canções da Música Popular Brasileira, o pátio do Convento das Mercês foi tomado por mais de 3 mil pessoas, entre alunos da escola, familiares e convidados. A solenidade marcou oficialmente a retomada das atividades da Escola de Música e da Banda do Bom Menino, após ações de revitalização e ampliação dos serviços para a comunidade. Durante a solenidade o público presente foi brindado com um miniconcerto executado pela banda.

Em seu discurso, o Governador Flávio Dino lembrou que quando assumiu o governo em 2015, o Convento das Mercês apresentava graves problemas na estrutura física e a Escola de Música do Bom Menino corria o risco de ser fechada. O governo investiu 3 milhões de reais na reforma do Convento que agora está pronto para exercer sua função de espaço de história, arte e cultura. Destacou, ainda, que a Banda do Bom Menino é um patrimônio do povo maranhense e que cumpre um importante papel social e educacional. “Nós acreditamos na sala de aula. Investimos muito para que hoje 600 escolas do nosso estado já tenham sido recuperadas e outras estão sendo recuperadas. Porém, no nosso modelo de educação, além da sala de aula que é espaço fundamental, há lugar, imprescindível, para outras atividades que permitem a apreensão, a vivência e a experiência de outras dimensões da vida, como é o caso da arte. Por isso, nós compreendemos que o modelo de educação ideal é a Escola em Tempo Integral, que além da a educação formal permite outras vivências, outros sabores, outros saberes”, pontuou o Governador Flávio Dino.

Parceria

Por meio de parceria entre o Governo do Maranhão e a empresa FC Oliveira, via Lei de Incentivo à Cultura, a Escola e Banda de Música do Bom Menino recebeu investimentos na ordem de R$ 811.905,49. Isso proporcionou que o número de alunos subisse de 256 para 742 alunos.

O número de professores deu um salto de 08 para 22, permitindo maior atenção e condições de ensino e aprendizagem, vislumbrando o futuro muito melhor para todos. O Secretário Felipe Camarão ressaltou o empenho do governador em atender ao apelo da comunidade pela revitalização da banda. “Atendendo ao apelo dessa comunidade e do maestro Raimundo, que pediram a reativação da banda, o governador Flávio Dino me chamou e pediu para que trabalhasse por isso. Hoje, o governo não apenas reativa a Banda do Bom Menino, mas, amplia os seus serviços, a sua atuação, quase que triplica o número de Professores e duplica a quantidade de alunos atendidos, que terão uma formação complementar. Sabemos que cultura e educação caminham juntas. E com isso creditamos que essa formação cultural estamos formando cidadãos não apenas para o trabalho, mas, para a vida, cidadãos mais conscientes que possam contribuir com suas famílias e com uma sociedade mais justa”, destacou Felipe Camarão.

O empresário Francisco Carlos Oliveira, presidente do grupo FC Oliveira, que na Cidade de Codó, mantém a Orquestra Filarmônica de Codó, destacou o papel social de projetos como este na vida de crianças e adolescentes. “Projetos como este só vêm engrandecer a educação e a cultura, melhorando o desempenho desses crianças e adolescentes e jovens, porque a música tem essa capacidade de nortear vidas. E para o grupo FC Oliveira é uma grande satisfação dar a mão ao governo nessa parceria pela melhoria desse projeto tão bonito, e que com certeza tem uma responsabilidade e uma confiabilidade da comunidade”, destacou Francisco Oliveira.

O presidente da ABMCM, Raimundo Nonato Quintalhana agradeceu ao governo pelos investimentos para retomada das atividades. “Quero agradecer ao governador Flávio Dino e de forma muito especial ao secretário Felipe Camarão que foi amigo dos amigos da escola, por sua determinação e empenho para fazer que coisas acontecessem. Este momento aqui, é possível graças a esse empenho,” pontuou Raimundo Nonato.

A Escola e a Banda de Música do Bom Menino

A Escola e a Banda do Menino das Mercês foram criadas em 19 de agosto de 1993, pelo Drº Aluízio Abreu Lobo, com o propósito de despertar em crianças e adolescentes o interesse pela música, direcionando-os para as perspectivas profissionais e, principalmente, tirando-os da ociosidade.Em 24 anos de atividade, a Escola de Música do Bom Menino já formou musicalmente mais de 10 mil alunos.

Hoje com a ampliação dos serviços e revitalização da escola passa a atender a 741 crianças e adolescentes, com idade entre 09 e 14 anos. Os alunos já conquistaram êxitos são concursados na Guarda de Música da Guarda Municipal de São Luís, na Banda de música da PMMA, na Banda de Música do Corpo de Bombeiro, Banda de Música do Exército, Banda da Marinha e Banda da Aeronáutica.

A Banda do Bom Menino é a única Banda de Música do Maranhão com o título de Campeã Nacional. Entre as tantas apresentações fora do Maranhã, a banda traz no currículo o miniconcerto que fez para a Rainha Silvia e o Rei Ruan Carlos, da Suécia, em uma das visitas do casal ao Brasil.

Satisfação da comunidade

Para as famílias presentes à solenidade, foi uma noite de alegria e satisfação. Muitas delas esperavam ansiosas pela retomada das atividades. Josélia Carvalho, é moradora do bairro da Liberdade, acabou de realizar o sonho de ver as filhas Jeniffer Isabelle, de 13 anos, e Hellen Vitória, de 11 anos, na Escola de Música do Bom Menino. “É o sonho de toda mãe, porque a escola e a banda de música são estímulos para os nossos filhos, ajuda a se desenvolver, e a ser melhores pessoas”, ressaltou Josélia.

“Eu sempre quis estar aqui, porque a música, eu tenho como princípio em minha vida, porque ela me acalma, melhora a minha concentração. Toda vez que eu estou estressada eu escuto música e relaxo. Então, acho que aprender a tocar vai ser muito bom”, enfatizou Jeniffer.

A Turismologa Elciane Moura, descobriu que a filha Amanda Barbosa, de 9 anos, tinha aptidão para a música. Como não tinha condições de pagar aulas de música para a filha, esperou Amanda completar 09 anos para inscrevê-la no seletivo da EMBMM. Hoje, os 12 anos, Amanda já toca flauta na banda. “É um sonho realizado. Ver a minha filha na banda, exercendo a aptidão dela, numa atividade que contribui para o desenvolvimento dela é gratificante. A retomada das atividades nos deixa muito feliz”, disse Elciane.“Eu fico muito Feliz, porque era um sonho. E tem muita gente lutando para realizar o sonho de estar aqui. Eu estou e quero aproveitar essa oportunidade”, disse Amanda com sua flauta na mão.

O evento contou ainda com as presenças da Primeira Dama Daniela Lima; do Secretário de Educação e Presidente da Fundação da Memória Republicana (FMRB), Felipe Camarão; do Presidente da Academia Maranhense de Letras e do Conselho Curador da FMRB, Benedito Buzar; do Padre Haroldo; e do Presidente do Grupo FC Oliveira, Francisco Carlos Oliveira.

FONTE: Seduc

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*