Família de codoense morto em Goiás diz que ele era inocente

Uma tragédia em Caldas Novas, Goiás, envolvendo um codoense, aconteceu na ultima sexta feira. José Francisco Pereira de Sousa, de 23 anos de idade, foi morto em seu apartamento no bairro Itajá. A vítima foi baleada pela polícia e não resistiu aos ferimentos. A família da vítima, que mora no bairro santo Antonio, em Codó, alega inocência.

José Francisco residia há cinco anos em Caldas Novas, tinha formação em Educação Física, trabalhava como Auxiliar de Trânsito, mas atuava como modelo nas horas vagas. Ela não tinha passagem pela policia e era conhecido como um bom cidadão.

De acordo com informações, José tinha acabado de chegar em casa, quando um colega, que era envolvido com tráfico de drogas, chegou da rua, invadiu sua quitinete fugindo da polícia. Jose foi ver o que estava acontecendo e acabou baleado junto com o outro rapaz que estava em fuga.  

Colaboração Senas Freitas