Prefeitura de Codó promove o 1º Seminário Comunitário Selo Unicef Município Aprovado

O município de Codó realizou nesta quarta-feira, (06) no auditório da UEMA o 1º Fórum Comunitário Selo Unicef município aprovado. A abertura do evento contou com as presenças do prefeito Francisco Nagib, do secretário de Educação, Paulo Buzar, secretário de Saúde, Suelson Sales, bem como representantes do Selo Unicef na cidade e representantes da sociedade civil organizada. Nos discursos, autoridades e representantes da sociedade destacaram a importância do trabalho articulado entre as secretarias para que as ações voltadas às crianças e adolescentes possam efetivamente melhorar os indicadores.
O evento também contou com a presença de representantes do Conselho Tutelar, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, representantes da Juventude entre outros seguimentos da sociedade. Durante o evento foi apresentada a comissão Inter setorial Pró Selo Unicef. Comissão responsável pelas ações que serão desenvolvidas no município.
Após os discursos iniciais os trabalhos começaram com a apresentação do diagnóstico do município apresentado por diversas secretarias. Em seguida foram formados os grupos, onde foram formuladas propostas para serem implantadas no município com a proposta de fomentar a implementação de um conjunto de ações estratégicas de políticas Públicas e de participação social para garantir a equidade no acesso aos direitos para cada criança e adolescente, sem distinção de cor, gênero, credo, condição social, local de nascimento, ou condição pessoal.
“Os municípios também se comprometem e tem a missão de desenvolver ações nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes e a monitorar os objetivos alcançados por meio de indicadores e de debates nos fóruns comunitários. A prefeitura de Codó está fazendo sua parte e os resultados já são sentidos pela população”, colocou o prefeito.
O Selo UNICEF Município Aprovado é uma estratégia do UNICEF realizada em parceria com os municípios do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira, com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes dessas regiões. Os municípios que se inscrevem no Selo assumem o compromisso de elaborar, em um processo participativo, um diagnóstico da situação da população de zero a 17 anos e um Plano Municipal de Ação para enfrentar os principais problemas que afetam as meninas e meninos.

Ascom – PMC