Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Empreendedorismo é tema de feiras em escolas de Timon

O Empreendedorismo foi tema de feiras educativas realizadas no mês de junho, fechando o primeiro semestre letivo em escolas de Timon. O Colégio Montessori e o Colégio Rita Miranda, ambos realizaram a Feira JEPP, uma ação que faz parte do Programa Jovens Empreendedores Pequenos Passos (JEPP), executado pelo Sebrae. Cerca de mil pessoas prestigiaram as feiras das escolas. 

O JEPP é uma das ações do Plano Nacional de Educação Empreendedora (PNEE), implantado pelo Sebrae Maranhão em diversos municípios do estado, em uma iniciativa de sua diretoria executiva e articulação do diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, que estabeleceu a educação empreendedora como uma das ações prioritárias do Sebrae no estado.

“O comportamento empreendedor deve ser estimulado, uma vez que se trata de um saber essencial para a inserção no mercado de trabalho. Também entendemos que é uma forma de mudar a realidade das pessoas”, ressalta João Martins.

As feiras tiveram a parceria do Sebrae, por meio da Unidade Regional em Caxias, que atende as escolas com o desenvolvimento do JEPP. O gerente regional, Cesar Guimarães; e o coordenador do Núcleo de Atendimento Empresarial NAE -Timon, Fábio Bernardes, participaram do evento. “A Feira mostra como o JEPP se tornou um programa de sucesso nas escolas. Ela fecha a metodologia que foi aplicada com os alunos durante o semestre, mostrando os resultados positivos, com alunos engajados e conscientes da importância do empreendedorismo para a vida escolar e pessoal”, afirma o gerente.

Nas Feiras, os estudantes expuseram e comercializaram produtos e serviços desenvolvidos por eles ao longo do semestre, como parte da disciplina de educação empreendedora. No Colégio Montessori, foram 104 alunos envolvidos, do 1 º ao 5º ano, onde os mesmos exercitaram o ato de fazer, pensar e aprender, características fundamentais para o comportamento empreendedor. Já na Colégio Rita Miranda foram 210 alunos envolvidos, do 1° ao 9º ano.

Para a diretora e proprietária do Colégio Montessori, Sônia Pereira, a adesão da escola ao Programa mudou a vida dos estudantes. “Desde quando o JEPP começou a ser aplicado na escola percebemos os alunos mais engajados, com outra visão de futuro e também com novos comportamentos em sala de aula. Na Feira é possível ver um pouco do que eles aprenderam no semestre e como o empreendedorismo se tornou um importante tema na vida de cada um deles”, relata a diretora.

As feiras contaram com espaços onde cada turma foi responsável por um tema, como ervas aromáticas, temperos naturais, brinquedos ecológicos, sabores de cores, ecopapelaria, artesanato sustentável, empreendedorismo social, novas ideias e grandes negócios. A proposta do JEPP é fazer que os alunos trabalhem desde a produção à comercialização, estimulando-os assim a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras.

Categoria: Estado
Tag:

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*