Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Dr José Francisco não conhece a realidade da saúde de Codó

O secretario rebateu as críticas sobre a situação da saúde pública do município de Codó, além de salientar que o referido médico não tem conhecimento da real situação, nem sensibilidade para apurar os fatos que chegam até ele. Também não sabe quanto tempo o Dr. Zé Francisco faz que não visita por exemplo o HGM, o SAMU e outros Estabelecimentos de Saúde em Codó.

Segundo o secretário, o Dr. Zé Francisco que tem divido seu tempo entre consultas particulares e/ou prestando serviço a outros municípios, faz críticas infundadas e aleatórias a saúde do município, com total desconhecimento em gestão pública de saúde, apesar de suas qualidades como médico.

“É difícil analisar uma realidade quando não se vive ela. São críticas totalmente infundadas e demonstram o total desconhecimento de gestão de saúde pública por parte do Dr. José Francisco apesar de ser muito bom profissional de medicina. Entendo que por falta de tempo devido suas atividades médicas o Dr. Zé Francisco há muito que não visita os Estabelecimentos de Saúde de Codó e os serviços que neles são realizados”, afirmou o secretário.

Suelson Sales ainda apresenta fatos e números para rebater as críticas do Dr. Zé Francisco e fez questão de lembrar que ao longo destes dois anos o governo Francisco Nagib, o município ampliou seus serviços hospitalares e de ambulatório especializado. Além de já contar com os atendimentos no HGM, com clínica médica, ginecologia e obstetrícia, ortopedia e pediatria (internação e cirurgia) e cirurgia geral, adquiriu ambulâncias, além dos atendimentos em clínicas especializadas (como por exemplo a nefrologia, oftalmologia, cardiologia, psiquiatria e outros), que estão à disposição da população.

Ressaltou também as recentes melhorias na automatização do laboratório do HGM, a aquisição de um intensificador de imagem que se chama Arco Cirúrgico, que é um composto que está auxiliando o setor ortopédico por ser um sistema intensificador de imagem de alta resolução, gerador de raios-X de alta frequência e uma unidade de controle digital para armazenamento de imagem e que oferece a solução ideal para os requerimentos clínicos e ao mesmo tempo garante a otimização de custos não só para o hospital,  mas consequentemente para o município. Fora os materiais para o centro cirúrgico, CRs para o raio-x, rouparia, colchões que já foram entregues e estão sendo colocados em funcionamento.

Saúde em Dados

O Secretario ainda informou alguns dados que fragilizam as argumentações do Dr. Ze Francisco de que a saúde de Codó não funciona, como por exemplo:

No HGM foram realizados 47.681 atendimentos de urgência e emergência. 1.345 Cirurgias Gerais, 695 Cirurgias Ortopédicas, 5.926 Pessoas foram internadas, 21.822 Raio X realizados, 91.355 Exames Laboratoriais (pacientes internos e externos), 1.331 eletrocardiogramas realizados, 7.834 ultrassonografias realizadas, 5.775 atendimentos em fisioterapia, 126.625 administração de medicamentos, 1658 partos realizados, 4.752 consultas de pré-natal com obstetras realizadas, 3.096 consultas com ginecologistas, 5.518 consultas ortopédicas, 3.859 consultas pediatras e outras especialidades. Reforma do Pronto Socorro Municipal com equipamentos e médicos habilitados para urgência e emergência. Reforma da sala de fisioterapia com aquisição de novos equipamentos. Aquisição de novos equipamentos para o Laboratório

No SAMU, o município renovou a Frota de Veículos com a aquisição de 02 Unidades Móveis de Suporte Básico e 01 Unidade Móvel de Suporte Avançado. Também Reformou e Equipou a Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192.

Nas Unidades de Saúde Ambulatoriais, o governo Francisco Nagib inaugurou 02 Unidades Básicas de Saúde, 01 UBS na zona Rural (Pov. Bacabinha) e 01 UBS na zona Urbana (Rua do Puraquê). Reformou 08 UBS (zona urbana e rural), com aquisição de novos equipamentos. Implementou o serviço de Saúde bucal, com aquisição de 02 gabinete odontológicos. Reposição em tempo hábil e por completo de todos os médicos do Programa Saúde da Família, em função da perda dos 12 médicos estrangeiros do programa “mais médicos” do governo federal e de 03 médicos brasileiros para outros municípios para o mesmo programa, totalizando uma perda de 15 médicos. Descentralização da Assistência Farmacêutica Básica para as Unidades Básicas de Saúde. Postos de Saúde com continuo fornecimento de medicamento básico para a população, com a implantação do Elenco de Medicamentos da Rede Municipal.

Indicadores de Saúde

O Secretário de Saúde destacou pontos importantes nos resultados de indicadores de saúde alcançados pelo governo Francisco Nagib, tais como: Codó possui um dos menores índices do Maranhão e talvez do Brasil de infestação predial por Dengue, Zika e Chikungunya, com 0,1% de infestação, quando o índice exigido pelo Ministério da Saúde é de 1,0%.

 Em outras palavras dos 39.440 imóveis existentes  e monitorados no município de Codó, apenas 39 imóveis foram detectados com a presença de larva do mosquito aedes aegypti (mosquito que transmite a Dengue, Zika e Chikungunya), os quais foram imediatamente tratados e monitorados. Não houve nenhum caso registrado de Malária na população de Codó.

Codó tem diminuído a taxa de óbito hospitalar de 3,05% em 2015 para 2,24% em 2017 reduzindo em 26,55% os óbitos hospitalares no município. A Taxa de mortalidade infantil em Codó em 2017 foi de 16,26% e para 2018 a previsão é em torno de 15%, quando o estado do Maranhão pactuou em 28%. Aumento na Produção Ambulatorial na Atenção Básica de 1.694.526 procedimentos em 2017 para 1.766.208 em 2018.

Na Média Complexidade de 1.124.956 procedimentos para 1.368.206 procedimentos em 2018. Na Alta Complexidade de 8.644 procedimentos em 2017 para 12.420 procedimentos em 2018. Em resumo, em 2017 realizamos 2.828.126 procedimentos em saúde e em 2018 realizamos 3.146.834 procedimento em saúde.

Outros Investimentos e Serviços

Ainda em defesa da saúde municipal, o Secretario de Saúde informa que outros investimentos estão sendo programados para o município de Codó para 2019/2020, como por exemplo, o valor de R$ 2.000.000,00 para a reforma das alas de enfermaria e centro cirúrgico do HGM; o Funcionamento do Centro de Parto Normal que já se encontra totalmente pronto e equipado, aguardando financiamento do Governo Federal; Equipamento e Funcionamento da Unidade de Acolhimento Temporário em Saúde Mental; Equipamento e Funcionamento do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Droga em Saúde Mental; Construção do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil em Saúde Mental; Implantação da Faculdade de Medicina em Codó; Construção do Centro de Referencia Especializado de Reabilitação para pessoa com deficiência; Implantação de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI adulto; Ampliação de 10 novas equipes da Estratégia Saúde da Família para cobertura de 100% da população em serviços básicos de saúde; Ampliação para mais 12 novas equipes de Saúde Bucal ampliando a assistência de serviços básicos odontológicos; 02 novas equipes do Núcleo de Apoio ao Saúde da Família, para melhoria da qualidade de vida da população e outros

O Secretário de Saúde, ressalta ainda que estas conquistas até aqui alcançadas “são fruto primeiro do compromisso e sensibilidades do prefeito Francisco Nagib que não tem medido esforços para a melhoria da saúde do município. Soma-se a isso o trabalho e a dedicação de todas as equipes de profissionais que compõem o quadro de servidores da saúde do município de Codó no cuidado da assistência aos nossos pacientes e usuários do SUS municipal e que ainda há muito que conquistar para o bem-estar e para uma melhor qualidade de vida a nossa população, com melhor eficiência no tratamento das doenças e uma maior eficácia na reabilitação dos nossos pacientes” disse o secretário.

Parceria com o Estado

Destacou ainda o Secretário que a parceria com as Unidades Estaduais na região, principalmente com a Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Codó, o Hospital Regional de Timbiras e  com  o Macro Regional de Coroatá tem sido essencial para a garantia da assistência dos pacientes, fortalecendo ações de ajuda mútua entre os serviços das Rede Assistenciais de Saúde na Região no cuidado do paciente.

Para finalizar, o secretário ainda pontuou que a população de Codó é sabedora da crise da Saúde Pública no Brasil. Todos os municípios passam por grandes dificuldades financeiras decorrentes da crise econômica que o país enfrenta.

Mas mesmo com tão grandes dificuldades o prefeito Francisco Nagib tem reafirmado o seu compromisso com saúde do município, realizando pagamento de salários dos servidores em dia, não deixando faltar medicamentos e serviços de assistência clínica aos usuários do SUS do município de Codó. O objetivo de nosso prefeito Francisco Nagib é dar continuidade aos inúmeros avanços que estão sendo conquistados a cada dia para o município.

“É preciso continuar arregaçando as mangas, articulando, dialogando, sem esquecer o compromisso com nossa população. E não de críticas infundadas ou baseadas em interesse outros que não sejam o bem-estar da população”, disse o secretário, que aproveitou e fez um convite ao dr. Zé Francisco para ele fazer parte como médico do elenco de servidores da saúde do município “ quero, também, aproveitar a oportunidade para convidar o Dr. Zé Francisco a fazer parte  como profissional médico do elenco de servidores municipais da saúde a nos ajudar a conquistar novos avanços na saúde de Codó”, disse o secretário.

ASCOM

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local