Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Cadê o Dinheiro da Saúde??? Caxias recebeu mais de R$ 92 milhões para custeio e investimento no ano de 2018

No ano de 2018, a Prefeitura de Caxias recebeu o valor líquido de R$ 92.542.649,27 milhões para investimento e custeio da área.

CUSTEIO

Para custeio foram repassados R$ 90.311.049,27 milhões, seguido a seguinte divisão: R$ 42.000,00 mil para Gestão do SUS, R$ 2.169.535,05 milhões destinados a Vigilância em Saúde, R$ 20.941.318,98 milhões para Atenção Básica, R$ 65.197.547,97 milhões repassados a Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, R$ 992.934,22 mil a Assistência Farmacêutica e R$ 967.713,05 mil ao apoio Financeiro Extraordinário. 

INVESTIMENTO

Para investimentos na estruturação da rede de serviços de atenção básica e saúde bucal foram enviados R$ 850.000,00 mil. No que diz respeito a atenção de unidades especializadas foram repassados a Prefeitura R$ 1.399.000,00 milhão.

DINÂMICA DOS REPASSES X POLITIZAÇÃO

Embora o grande volume de repasses feitos a Prefeitura de Caxias no ano de 2018, a saúde se tornou um martírio para a população caxiense.

A politização de cargos na Secretaria Municipal e o empoderamento do setor político/privado sobre convênios e contratos tem custado alto a população, já que no SUS a saúde é um direito, porém, no que tange o privado, segue a lei do mercado, o que dificulta uma cobertura eficiente – sendo um dos principais fatores de atraso da saúde pública do país. 

CONTRASTE ENTRE A REALIDADE DA SAÚDE E O VOLUME DOS REPASSES

No dia 17 de janeiro (2019) a Caxiense, Lucinele Dos Santos Barros se dirigiu ao Ministério Público para que fosse feita intervenção junto ao município de Caxias no que diz respeito o estado de saúde do seu marido, Mario Rodrigues Perreira que sofre com sérios problemas nos rins.

AMBULÂNCIAS 

Apesar dos repasses, ambulância do Posto de Saúde do Povoado Santo Antônio – zona rural de Caxias, encontra-se inabilitada para serviço.

UBS 

Denúncias apontam que a UBS do bairro Castelo Branco está de portas fechadas há cerca de um ano; a prefeitura alega reforma.

CADÊ O DINHEIRO??

Contraste entre a realidade da saúde do município e os repasses na ordem de R$ 92 milhões, levanta questionamentos no que se refere o modo de gestão dos recursos, o nível de politização dos cargos, convênios, contratos/licitações, bem como o silêncio da Câmara Municipal de Caxias. 

Direto da redação/Caxias Online

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado