Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

4 CURIOSIDADES SOBRE CODÓ

Codó é uma cidade localizado no leste do Maranhão e é cortada pela BR-316. Mesmo estando dentro do Maranhão, ele está mais ligado a capital Teresina, do Piauí, por esta estar a 169 quilômetros de distância. A área possui 4.364,499 km² e 120.548 habitantes segundo dados levantados pelo IBGE em 2016. Por isso, decidimos trazer quatro curiosidades sobre Codó.

1 – UM POUCO DE HISTÓRIA

Sabe-se que o povoamento se iniciou em Codó no final do século XVIII, sendo o agricultor Luís José Rodrigues a figura mais ilustre durante essa época. Sendo um povoado bem pequeno, em 1833 ele foi categorizado como vila pela Resolução Régia e em 1877 houve imigração de sírios e libaneses e, desse modo, a cidade foi crescendo.

O governador do maranhão, Alfredo de Cunha Martins, sancionou no dia 16 de abril de 1896 uma lei que promovia o local para ser uma cidade e, desde então, seu povo passou a ser chamado de codoense.

Não se sabe a origem do nome Codó, mas a teoria mais aceita é que, com a derrubada das árvores durante o século XIX, ficaram os codós ou troncos cortados e os primeiros habitantes construíram suas casas na região de codórios e, com o passar do tempo, a população passou a abreviar para “Codó”.

2 – CARNAVAL E TURISMO

O turismo em Codó se dá principalmente durante a época do carnaval e também é conhecida por seus carnavais fora de época, como o Cornofolia, Tsunami e Vivo Bebu. Durante esta época, vários artistas locais e nacionais fazem shows para divertir a população. As festas começam uma semana antes da data oficial, atraindo pessoas de todo o Brasil, e é considerada uma festa com índices praticamente nulos de violência.

Além do carnaval, o local é conhecido também pelas festas de origem afro-religiosas e também por balneários que são considerados bem frequentados. Há também um museu com relíquias e artefatos que contam um pouco a história do local, e o evento expo Codó, que mostra a agricultura, pecuária e artesanato local.

3 – TERRA DA FEITIÇARIA

Para os esotéricos e umbandistas, Codó também um lugar conhecido como a “capital da magia”, contando com antigos terreiros que existem desde antes da fundação da cidade

graças ao descendentes africanos. Tanto que um dos moradores mais ilustres de Codó é o Bita do Barão, nome pelo qual é conhecido o místico Wilson Nonato, que é muito solicitado por empresário, famosos e políticos, em especial a família Sarney.

Barão diz que é “conhecido por curar tudo quanto é tipo de doença” e que já levantou “defunto de dentro do caixão”. Seus trabalhos custam em média cerca de R$ 1000 em cash e, dependendo do pedido, pode chegar a R$ 5000.

Ainda segundo o místico, ele só trabalha com energias positivas e não sacrifica nenhum tipo de animal em seus rituais. “Não gosto de trabalhar com o Satanás, para prejudicar, mas as pessoas me pedem por achar que sou bruxo”, disse, segundo uma reportagem da revista Veja.

Essa última não foi bem recebida pelo próprio Bita do Barão, que enviou uma carta aberta ao “O Estado” dizendo que esta tinha inverdades e que incita a intolerância religiosa, prejudicando também os interesses da cidade e que espalham ódio e discriminação.

“(…) Em vez de levar informação aos leitores, essa matéria serviu para espalhar o ódio, a intolerância, a discriminação, claramente com fins eleitoreiros. Isso encontra guarida num grupo de radicais fundamentalistas que têm usado as redes sociais para atacar a mim e as pessoas que respeitam a cultura e a diversidade religiosa do Maranhão. Incitar brasileiros a atacarem outros brasileiros em função de sua crença ou em função de sua descrença, além de preconceito, é crime.

Por outro lado, lamentavelmente, a revista foi pautada por interesse político, como prova a exploração que está sendo utilizada na mídia local. Minha missão é religiosa. Cultuo a Deus e meus santos, fazendo o bem e nunca mal a ninguém”

4 – CURIOSIDADES GERAIS

A cidade de Codó é cortada por três rios principais: Codozinho, Saco e Itapecuru, sendo que este último é o maior em extensão de todo o Maranhão.

Além disso, na edição 1022 na revista Exame, a cidade de Codó foi eleita uma entre quarenta lugares do interior do país que mais cresce, sendo uma excelente oportunidade de investimento para empresários que estão no setor de comércio e serviços. Portanto, comércios indispensáveis para a população como supermercados, farmácias e padarias estão “em alta” para quem quiser investir. Também há lanhouses para quem quer se divertir jogando games como o do netbet.com.

Codó também conta com uma filial da UFMA (Universidade Federal do Maranhão), IFMA (Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia do Maranhão), o IEMA (Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão).

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Nacional