Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Índia bombardeia território do Paquistão e clima fica tenso

Na madrugada desta terça-feira (26), a Índia informou que bombardeou a região da Caxemira, no Paquistão e o clima tenso por lá está deixando o mundo todo preocupado, inclusive os brasileiros. Este é um dos assuntos mais comentados no Twitter na manhã de hoje.

Na madrugada desta terça-feira (26), a Índia informou que bombardeou a região da Caxemira, no Paquistão e o clima tenso por lá está deixando o mundo todo preocupado, inclusive os brasileiros. Este é um dos assuntos mais comentados no Twitter na manhã de hoje.

Esta organização terrorista chegou a assumir a autoria do atentado no dia 14 deste mês, onde cerca de 40 policiais paramilitares indianos foram mortos. Este foi o maior ataque desde o começo da insurgência na Caxemira, contra as forças de Nova Déli.

Segundo uma declaração dada por Gokhale, muitos terroristas foram eliminados nesta ação, porém o porta-voz do exército paquistanês alegou que estes ataques indianos não resultaram em vítimas e muito menos causou danos à infraestrutura.

O temor de uma guerra mundial porque muitos acreditam que se o clima ficar mais tenso por lá, os envolvidos podem usar armamento nuclear.

O major-general Asif Ghafoor, fez uma postagem no Twitter informando o seguinte: “Após uma resposta efetiva da Força Aérea do Paquistão (caças indianos) descarregaram uma carga enquanto escapavam, que caiu em Balakot”.

Segundo a agência indiana ANI, cerca de 12 aviões Mirage 2000 foram utilizados na operação e mil quilos de bombas lançadas em acampamentos terroristas. Este bombardeio teria sido por volta das 3h30 (horário local).

O Paquistão é acusado por Nova Déli de apoiar o terrorismo. Narendra Modi, primeiro-ministro indiano, já autorizou o exército de seu país dar uma resposta e o clima segue tenso na região, pois ninguém sabe o que poderá acontecer nas próximas horas.

 


Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Internacional

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*