Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Duplo homicídio,homem é preso após matar dois vizinhos à tiros

Um homem de 61 anos foi preso, na manhã desta segunda-feira (11/03), suspeito de matar dois vizinhos a tiros, no município de Bonfinópolis, a 37 quilômetros de Goiânia. Caso aconteceu no início desta manhã na Rua José Couto, Residencial Cristal. Em entrevista ao Mais Goiás, o delegado titular da Delegacia de Bonfinópolis, Carlos Levergger, afirmou que o suspeito demonstrava um quadro de instabilidade psicológica no momento da prisão.

“Ele já alegou sofrer perseguições e também dizia ver pessoas observando ele do lado de fora da casa. O suspeito disse que comprou a arma há cerca de dois meses para se defender”, relata.

De acordo com o delegado, José Adelson Viana alegou ter visto pessoas dentro de sua residência nesta madrugada. Por volta de 6h, José saiu foi até a rua e encontrou o seu vizinho, Marcos do Espírito Santo, varrendo a calçada. O suspeito desferiu seis tiros contra Marcos e contra a vizinha, Andrelina Maria Moreira, de 45 anos, que havia acabado de sair à porta de casa. Ambos morreram no local.

Uma equipe da Polícia Militar (PM) foi acionada e conduziu o suspeito para a Delegacia de Bonfinópolis. Contudo, temendo que a população tentasse realizar justiça com as próprias mãos, o delegado decidiu levar o suspeito para o 5º Distrito Policial (DP) de Aparecida de Goiânia.

O suspeito alegou que fazia uso de medicação controlada, mas que estava sem há muito tempo. Como o delegado ainda não teve acesso aos laudos psiquiátricos ou medicação do suspeito, o procedimento de flagrante será como de praxe.

O delegado Carlos Levergger informa que será solicitada uma perícia de insanidade mental junto a Justiça para averiguar a condição do suspeito. José foi autuado por homicídio qualificado por motivo torpe e por impossibilitar defesa das vítimas.

Um inquérito foi instaurado para apurar o crime e será investigado pela delegacia de Bonfinópolis.

Fonte: Mais Goiás

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Polícia