Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Seis assaltantes de banco são mortos após confrontos no Piauí

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí confirmou na tarde deste domingo (05/05) a morte de mais um suspeito assaltar as agências bancárias da cidade de Campo Maior. Ao todo, seis homens morreram após o confronto com a polícia.
Outros envolvidos no crime continuam escondidos na mata entre os municípios de Batalha e Barras. Outros cinco assaltantes foram presos há três dias.
Foram apreendidos armamentos, carros e explosivos. Participaram da ação policiais do GRECO, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Força Tarefa da SSP/PI, Polícias Civil e Militar de Campo Maior, Piracuruca, Piripiri, Barras, Batalha, RONE, BOPE, Divisão de Operações Especiais da PC-PI e COTAR do Ceará com apoio aéreo.
As diligências continuam em várias regiões com o reforço de mais policiais para captura dos demais membros do grupo criminoso.

Cinco prisões
A Polícia Civil e Militar do Piauí, desde o dia do assalto aos bancos de Campo Maior, já prenderam cinco membros da quadrilha que participaram e auxiliaram na ação criminosa.

As prisões aconteceram há três dias, mas foram mantidas em sigilo para não atrapalhar a captura dos demais envolvidos.

Os presos são Dyego Harmando Cardoso Rocha, Hassan Rufino Borges Prado Aguiar, Emerson Souza da Silva, Vinicius Pereira da Silva Júnior e Josenverton dos Santos Sousa. Hassan é filho do ex-comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Prado.

Ainda de acordo com a polícia, as diligências continuam, pois ainda há suspeitos no matagal, na região de Cocal.

Suspeitos mortos em confronto 
Cinco suspeitos de integrarem quadrilha foram mortos em confronto com policiais militares na manhã deste domingo (05/05) no povoado Videl, em Cocal.

Dos seis mortos, quatro já foram identificados pela polícia, são eles: Ricardo dos Santos, Weverson de Oliveira Marcal, Jean Gustavo Silva e Jefferson Araujo Marquete.

Assalto em Campo Maior
Um bando fortemente armando explodiu agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, ambas no localizada no Centro, no início da madrugada desta terça-feira (30/04), em Campo Maior.

Segundo relatos de moradores, houve vários disparos, que aterrorizaram a cidade.

Pelo menos 10 homens participaram da ação que aconteceu por volta de 1h. A agência do Bradesco teve as porta quebradas, mas não pela ação dos criminosos, e sim pela explosão dos outros bancos.

O bando estava em pelo menos três carros e fugiu em direção ao município de Boa Hora. Ainda não se sabe a quantia de dinheiro levada e a polícia ainda realiza diligências para localizar os criminosos.

Imagens enviadas ao blog Campo Maior/180graus mostram cenário de destruição nas respectivas agências.

Fonte:180graus

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Polícia