Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

CEMAR INFORMA: Cuidados com a energia elétrica são fundamentais para um São João seguro

Os nordestinos já estão aproveitando as festividades do São João! Bandeirolas, barraquinhas com comidas típicas, dança e muita música atraem grande público. Mas é importante adotar alguns cuidados para uma diversão segura, especialmente com as instalações elétricas.

Para evitar acidentes com sobrecarga de transformadores ou subestações de energia, a Cemar orienta os organizadores dos eventos e ambulantes para a necessidade de fazerem a solicitação de ligações provisórias. As solicitações podem ser feitas em qualquer agência de Atendimento da Companhia ou postos credenciados. Os documentos necessários são: RG, CPF, a carga dos equipamentos que serão usados no local e o endereço completo de onde será realizado o evento.

“Nossa orientação é que não sejam feitas ligações clandestinas, pois elas são perigosas por sobrecarregarem a rede elétrica e provocarem acidentes. O levantamento de carga deve ser feito com antecedência e a CEMAR deve ser acionada. Sempre teremos uma equipe para realizar vistoria. Jamais se deve, por exemplo, utilizar a fiação elétrica da rua como sustentação de bandeirinhas ou outros tipos de enfeites. Não solte fogos em lugares fechados ou perto da rede de energia”, explicou Ricardo Lima, Líder Serviços de Rede da CEMAR em Caxias.

Além disso, a companhia alerta para outras ações fundamentais para evitar acidentes com curtos circuito, como não pendurar bandeirinhas em postes ou cabos elétricos, não soltar balões e nem ascender fogueiras próximo à fiação. De acordo com a ABRACOPEL – Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade; barracas, palanques e palcos devem ser instalados com distância mínima de 1,5m em relação à rede da área.

Em casos de acidentes elétricos, a população deve ligar rapidamente para Central de Atendimento 116 e para o Corpo de Bombeiros 192.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado