Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Associação Independente de Oficiais da Polícia Militar do Maranhão vem manifestar publicamente seu repúdio contra a reportagem veiculada em blog

A Associação Independente de Oficiais da Polícia Militar do Maranhão vem
manifestar publicamente seu repúdio contra a reportagem veiculada no blog do repórter Silvan Alves que denuncia o Comandante do 19º BPM (Pedreiras-MA).
Os responsáveis pela lamentável matéria jornalista parecem ignorar o papel
constitucional da Polícia Militar do Estado do Maranhão que exerce as funções de proteção de bens jurídicos, preservação da ordem publica e garantir o funcionamento pleno e harmônico das instituições publicas e privadas que visam atender o interesse da sociedade, sendo que os regramentos institucionais não corroboram para condutas ilegais, pois como agentes públicos a função a ser exercida esta resguardada na lei, desta forma
a ASSIOF vem repudiar as ilações criminosas contra o Major Ricardo, Comandante do 19º BPM situado em Pedreiras-MA, que foram atribuídas a este oficial de forma mal intencionadas e sem critério jornalístico algum, pois os informes colocadas nos Blogs de circulação a nível de Estado do Maranhão não se trata de um acontecimento local, e sim a um outro Estado da Federação conforme esclarecemos nesses link https://www.romanews.com.br/cidade/comandante-da-pm-em-altamira-e-investigadopor-extorquir-comerciantes/49616/ onde o site Roma News aponta o Comandante de Altamira no Pará como investigado por extorsão a comerciantes, sendo que o Blog do Silvan Alves editou os prints das conversas do caso citado colocando em um outro contexto relacionando o fato ao Comandante do 19º BPM, vindo essa postagem ser manipulada com intuito de direcionar a interpretação do leitor a deturpar a imagem do então Major Ricardo que tem prestado bons serviços ao município de Pedreiras e cidades
adjacentes comandadas pelo referido oficial, um oficial que tem uma conduta ilibada perante a Polícia Militar do Maranhão. Cabe ainda esclarecer que a divulgação dessas conversas atrelando ao Comandante do 19º BPM a esse fato via WhatsApp serão penalizadas conforme a lei. Sendo que a ASSIOF por meio de sua Assessoria Jurídica irá tomar as providencias cabíveis contra os responsáveis pela divulgação desta matéria criminosa.
A ASSIOF por fim vem solidarizar-se com o Comandante do 19º BPM que
foi envolvido na leviana matéria jornalística, nesse sentido acreditamos que jornalismo não se faz dessa forma caluniosa ou difamatória. A ASSIOF crê na correta conduta do comandante do 19º BPM.
MAJOR QOPM JERRYSLANDO BRITO DUARTE
PRESIDENTE CONS. ADM DA ASSIOF

NOTA ASSIOF MAJOR RICARDO

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado