Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Em meio à pandemia, convenções partidárias reúnem milhares de pessoas e causam aglomerações no Maranhão

Eventos partidários reuniram milhares de pessoas em São Luís e em cidades do interior do Maranhão. Em vídeo divulgado nas redes sociais durante evento, o secretário estadual de Saúde é flagrado dançando e sem máscara em meio à aglomeração.

Em meio à pandemia, convenção do PCdoB lota ginásio em São Luís (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante

No fim de semana, inúmeros partidos realizaram convenções partidárias para oficializar os nomes que vão concorrer à prefeitura de São Luís. Os eventos que deveriam ter sido restritos, por conta da pandemia de Covid-19, registraram inúmeras aglomerações e vários flagrantes de desrespeito as normas sanitárias impostas por meio de decreto no Maranhão.

Eventos considerados de grande porte, estão proibidos de ser realizados no estado. Segundo o decreto estadual, estão apenas liberadas atividades que reúnam, no máximo, até 100 pessoas.

PUBLICIDADE

Mesmo com as regras, os eventos realizados pelas maiores coligações partidárias para as eleições municipais de São Luís, aglomeraram milhares de pessoas durante o sábado e o domingo.

PUBLICIDADE

Nos locais, era possível perceber que não havia distanciamento social mínimo, como exige o decreto. No palco, muitos políticos foram vistos sem máscara, se abraçaram e até dançaram.

No Maranhão, o uso de máscara é obrigatório em locais públicos ou privados, onde há circulação de pessoas. A multa para quem não usa pode chegar a R$ 2 mil e a fiscalização é realizada pela Vigilância Sanitária, órgão subordinado a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

No palco e sem máscara, candidatos do Republicanos dançam na convenção partidária realizada no sábado (12). — Foto: Reprodução/TV Mirante

Em Coroatá, no interior do estado, as duas maiores convenções levaram milhares de pessoas as ruas do município.

Em uma delas, o secretário estadual de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, aparece dançando com políticos, em meio à aglomeração e sem máscara. Além de liderar a pasta estadual, Lula é presidente do Conass, o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde.

Na sexta-feira (11), o Ministério Público Eleitoral (MPE) e com representantes de 11 partidos, para definir regras para as eleições e evitar que situações perigosas nas convenções acontecessem.

PUBLICIDADE

Por meio de nota, o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, informou que só tirou a máscara para falar e recolocou após o pronunciamento. Ele afirmou que participou do evento em caráter pessoal e não institucional.

Fonte: G1 MA

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*