Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Saúde bucal e auto estima: Como os cuidados com o sorriso influenciam na sua qualidade de vida

O autocuidado é essencial para a autoestima das pessoas. Entretanto, cuidar de si não está somente relacionado à aparência, podendo – inclusive – influenciar na prevenção da saúde bucal.

Afinal, quando se trata do sorriso, os cuidados influenciam não só na autoestima e autoconfiança, mas também na qualidade de vida.

Além do bem-estar físico, esses fatores são determinantes para o bem-estar emocional, se relacionando com a aceitação de imagem e aparência.

Dessa forma, pode-se dizer que a saúde bucal tem impacto direto tanto nas relações pessoais, como profissionais.

Visto isso, separamos algumas dicas de autocuidado com o sorriso que podem ser fundamentais para o seu bem-estar! Continue lendo este conteúdo para saber mais.

Principais cuidados

Todos sabemos que para manter a saúde bucal em dia existem certos cuidados que são imprescindíveis.

Além dos fatores que citamos anteriormente, a higiene adequada dos dentes, ao lado de uma alimentação balanceada, está diretamente relacionada à prevenção de problemas bucais, como o desenvolvimento de cáries, gengivite e placas bacterianas.

As principais precauções que uma pessoa deve ter com a saúde da boca são:

  1. Higienização

Todos sabemos que a higienização completa é uma etapa essencial quando se trata de saúde bucal.

Para que isso seja feito de maneira correta, existem alguns fatores a serem seguidos:

  • Escovar os dentes ao acordar e antes de dormir;
  • 30 minutos após cada refeição, a escovação também deve ser feita;
  • Faça movimentos circulares em todas as faces dos dentes;
  • Não se esqueça de escovar a língua;
  • Utilize o creme dental com flúor;
  • Não se esqueça do fio dental.

Para as pessoas que passam longos períodos fora de casa, o ideal é comprar um kit de escovação. Assim, você evita ficar muito tempo sem escovar os dentes.

Cabe ressaltar dois pontos mencionados na lista: o uso da pasta com flúor e do fio dental.

No caso do flúor, é importante dizer que ele é rico em minerais que protegem os dentes contra bactérias causadoras de cáries auxiliando na higienização.

Já o fio dental é capaz de retirar os resíduos alimentares que ficaram presos entre os dentes e que a escova não conseguiu alcançar.

  1. Alimentação

A alimentação tem relação direta com a saúde bucal das pessoas. Tudo aquilo que comemos age de forma positiva ou negativa no nosso organismo e, com a boca não é diferente.

O recomendado é consumir alimentos como frutas, vegetais e legumes com frequência.

Isso porque esses alimentos exigem um maior tempo de mastigação, auxiliando no aumento da lubrificação da mucosa bucal e equilibrando o Ph da boca.

Além disso, evite alimentos ricos em açúcar e amido, como pães, massas e doces. Esses ingredientes atraem bactérias e auxiliam no surgimento de problemas bucais.

  • Visitas ao dentista

Além dos tópicos que citamos anteriormente, fazer visitas periódicas ao dentista é fundamental para manter a saúde da boca em dia.

Por mais que esses cuidados auxiliem na prevenção, ainda assim é possível se deparar com um problema ou infecção bucal vez ou outra.

Deste modo, é imprescindível o acompanhamento profissional. Afinal, somente ele é capaz de detectar problemas já existentes na arcada dentária e tratá-los de forma mais rápida e eficaz.

O convênio odontológico é uma forma de manter essas visitas, realizar tratamentos e procedimentos de maneira que não pese muito no bolso. Assim, além de cuidar da sua saúde bucal, você cuida da sua saúde financeira!

Odontologia estética e autoestima

Por mais que os cuidados com a higienização bucal e alimentação sejam essenciais para o bem-estar, qualidade de vida e autoestima, algumas disfunções exigem tratamento e acompanhamento odontológico.

Hoje, existem diversos procedimentos que visam melhorar a aparência da melhor forma possível, aumentando a autoestima dos pacientes.

Dentre os mais procurados, podemos citar:

  1. Aparelho transparente

Todos sabemos que em alguns casos o aparelho ortodôntico é essencial para o alinhamento dos dentes e correção da arcada dentária. No entanto, muitas pessoas não se sentem confortáveis em utilizar os moldes tradicionais, cheios de bráquetes e ferros.

Hoje, existe a possibilidade de investir no aparelho transparente. Sua estrutura é a mesma que a do aparelho convencional, entretanto, suas cores e componentes se aproximam muito da cor natural dos dentes.

O tratamento pode ser realizado com diversos tipos de materiais, como porcelana, safira e cerâmica.

Esse modelo foi desenvolvido justamente para atender a necessidade de correção dos dentes da parcela da população que não se sente confortável em utilizar os modelos tradicionais.

O procedimento também pode ser coberto pelo plano odontologico, no entanto, tudo depende do tipo de cobertura. Neste caso, pesquise, peça indicações e se informe com o ortodontista para saber quais os tipos de planos se aplicam às suas necessidades.

  1. Clareamento dentário

Esse procedimento tem como objetivo deixar os dentes mais brancos, trazendo um aspecto saudável aos dentes e auxiliando na autoestima do paciente.

O tratamento pode ser realizado de duas maneiras: tanto no consultório quanto em casa.

O clareamento em consultório é mais intenso e, por isso, possui resultados mais rápidos. Esse procedimento utiliza 30% a mais de peróxido de hidrogênio que os tratamentos caseiros.

Em contrapartida, o clareamento realizado em casa é uma das formas mais utilizadas e recomendadas por dentistas e agrega mais conforto ao paciente.

Nele, utiliza-se uma moldeira com o formato da arcada dentária do paciente, para que o procedimento seja assertivo.

Lembre-se, somente o profissional responsável por cada caso saberá dizer qual a melhor escolha de tratamento, levando em consideração as necessidades específicas de cada paciente.

 

Não deixe de perguntar ao dentista do seu convenio dental sobre as melhores opções de tratamento para você!

  1. Lente de contato

As lentes de contato dental são extremamente eficazes quando se trata da estética do sorriso. Elas são capazes de preservar o aspecto natural dos dentes, trazendo resistência à dentição e restabelecendo funções.

Normalmente, as lentes podem durar de 10 a 15 anos, mas tudo depende dos hábitos de higiene de cada paciente.

Assim como o clareamento dentário, as lentes trazem um aspecto branco, brilhante e saudável aos dentes. A diferença é que o tratamento consegue melhorar o aspecto de dentes mal posicionados, quebradiços ou separados.

Considerações finais

Manter a saúde bucal em dia não é uma tarefa difícil. Mas é necessário ter a conscientização de que o cuidado com os dentes é tão importante quanto os cuidados com outras partes do organismo e deve ser feito diariamente.

Reserve sempre alguns minutinhos por dia para realizar a higienização completa, a fim de evitar problemas e infecções bucais.

Tenha sempre em mente que as consultas ao dentista são essenciais! Seja pela cobertura do convenio dentario, ou não.

De qualquer modo, não tenha medo de procurar um ortodontista para auxiliar nas suas necessidades específicas.

Tendo esse compromisso, você mantém a saúde bucal em dia e auxilia – e muito – na sua autoconfiança, autoestima e qualidade de vida. Não deixe de cuidar de si mesmo e colocar essas dicas em prática!

 Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Saúde

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*