Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Bruxismo do sono: como tratar essa doença que afeta cerca de 20% da população?

Quando o assunto se trata de problemas na estrutura bucal, automaticamente, o primeiro profissional que vem à mente é um cirurgião dentista para solucioná-lo.

Referente ao bruxismo, algumas pessoas ainda possuem dúvidas sobre como tratar este problema que afeta cerca de 20% da população.

Neste artigo, falaremos sobre como tratar essa situação de maneira responsável para garantir uma maior saúde bucal.

Antes de tudo, como surge o bruxismo?
Para procurar uma solução para esse problema, nada melhor que descobrir a raiz dele.

Alguns médicos e dentistas acabam desconhecendo as causas do bruxismo. Mas em grande maioria, ele ocorre por conta do estresse e fatores psicológicos que podem afetar pessoas durante o cotidiano.

O estresse pode ter sua origem em fatores tanto internos quanto externos. Os fatores internos são causados devido à alimentação, seu nível de preparo físico ou sua estabilidade emocional.

Podendo afetar o estado de saúde geral e o nível de bem-estar de uma pessoa, além do número de horas de sono.

Já os fatores externos estão relacionados ao estresse psicológico, que tem a ver com todos os ambientes aos quais o paciente frequenta, a interação com as pessoas e a maneira com que os obstáculos são enfrentados.

Estar filiado a um convênio odontológico empresarial pode ser positivo para esse ponto, levando em consideração que, assim que o desgaste dos dentes começar a surgir, o bruxismo já será identificado e o tratamento poderá ser iniciado com mais agilidade.
Quais são as consequências do bruxismo na sua saúde bucal?
O bruxismo tem consequências enormes para a saúde bucal, que podem afetar até mesmo a sua confiança e estabilidade mental.

Algumas consequências mais comuns são:

– Desgaste no esmalte dos dentes ou na dentina;

– Problemas sobre a estabilidade dos dentes e próteses;

– Sensibilidade dentária, dor e mobilidade nos dentes;

– Dor na mandíbula e dor facial por conta da força utilizada nos músculos maxilares;

– Dores de cabeça e fadiga facial;

– Dores ao mastigar ou dor na articulação temporomandibular;

Qual o tratamento?

Ao desenvolver ou notar a presença do bruxismo, é importante ter o auxílio do seu plano odonto empresa ou procurar um dentista/especialista para entender a causa do seu problema.

Isso porque o dentista irá recomendar o uso de placas, que são cruciais para evitar a pressão ou diminuir o ato de ranger os dentes durante o sono. Mas é importante que você entenda e procure formas de reduzir o estresse para diminuir as causas do bruxismo.

Conseguindo identificar a raiz do seu problema, você conseguirá realizar um tratamento muito mais eficaz e direcionado para ele, fazendo com que o bruxismo deixe de existir em suas noites de sono.

Descobrindo o seu problema, o seu dentista também pode sugerir formas de reduzir o estresse e, portanto, o nível de intensidade a qual o seu bruxismo tem sido realizado.

Uma boa alimentação e evitar alimentos como chocolate ou que contenham cafeína, álcool ou um grande volume de corantes diminui os níveis de estresse e ansiedade, auxiliando diretamente o tratamento.

Também é importante evitar mastigar alimentos com muita força e pedir para o seu dentista ou cirurgião maxilofacial vinculado ao seu dentista convenio, alguns exercícios para relaxar a musculatura do seu maxilar durante o dia.

Em alguns casos, onde a dor do bruxismo se torna mais persistente severa, o especialista indica o uso da placa oclusal, além de prescrever medicamentos para que você relaxe consiga ter uma noite de sono melhor.

Como parar de ranger os dentes?

É importante estar atento para que o bruxismo não ocorra durante o tratamento, o ponto principal é tentar resolver e solucionar qualquer situação estressante da sua vida.

Dicas para essas situações são:

● Diminua a frequência de pensamentos negativos: se você sentir ansiedade antes de ir pra cama, reserve alguns minutos para pensar e analisar o seus pensamentos. Você pode escrever eles em bloco de notas e deixá-los ao lado da sua cama.

Tomar relaxantes ou chás para diminuir o estresse, também é uma dica importante para se preparar para dormir. Dessa forma você consegue afastar os pensamentos negativos recorrentes, e conquistar uma noite de sono mais bem aproveitada.

● Faça uso do protetor bucal: prescrito por um profissional, o protetor bucal deverá ser feito sob medida para diminuir o ato de ranger os dentes. Não fuja do uso desse produto, pois ele é único capaz de trazer grandes resultados para diminuir a doença do bruxismo.

● Faça acompanhamento médico: Algumas pessoas acreditam que ao realizar o tratamento não é necessário mais ir ao médico para ver os efeitos que ele tem causado; essas pessoas não poderiam estar mais enganadas.

Ao realizar o tratamento vinculado ao seu plano dental empresarial, o seu dentista não tem total certeza quanto à eficácia do procedimento para o seu caso.

Por isso, é importante realizar visitas frequentes enquanto o procedimento for realizado. Deve-se ir no mínimo uma vez ao mês para que os resultados sejam avaliados por um profissional.

E caso os resultados não venham acontecer, outro método de tratamento mais eficaz será direcionado a você!

No geral, assim como qualquer problema psicológico ou físico que necessita de tratamento médico, o bruxismo também é um problema que faz necessário o acompanhamento.

Por isso é essencial ter o acompanhamento de um cirurgião dentista ou especialista para que esse vício deixe de ocorrer em suas noites.

Diminuindo o bruxismo, você terá dentes mais saudáveis e um esmalte muito mais equilibrado. Consulte o seu cirurgião dentista e não evite as salas e consultórios assim que sentir qualquer mudança em sua estrutura bucal.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.

 

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Saúde