Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

“BANDOLETA DE CODÓ” Poesia de Edinaldo Reis em homenagem aos 125 Anos de emancipação política de Codó

 

Voe agora oh! andorinha serradora
Por cima do morro da lenda misteriosa
Sobrevoe o centro da região dos cocais
A Arraiada ilumina a serra e os animais
Nosso folclore se transforma em Codofolia
Gente que faz e acredita na força da magia
Nomes das praças e das ruas de santa e são
Santa Terezinha, Benedito e São Sebastião
Avenida Santos Dumont, Bairro Leia Archer
Avenida Cristóvão Colombo e Rua São José
Praça da Bandeira e a Praça São Sebastião
Praça de São Francisco e Avenida Maranhão
Avenida Viturino Feire e o Bairro Canoeiro
O Centro, e a Rua Antônio José Figueiredo
Praça Ferreira Bayma e a venusta Rua Goiás
Crentes, católicos, umbandistas e demais
Temos a Rua Paraguai e a Rua Afonso Pena
Rua da Estrela, Cohab e Rua Pedro Serra
Nossa extensa Avenida Primeiro de Maio
Bandoleta, gaiola, cesto, xará e macaio
Na mata ciliar zoa o assovio do chibum
Tem pescador pescando no rio Itapecuru
A cultura e a história do povo codoense
Dá destaque para o povo maranhense
Gente que aprende e ensina o que sabe
Tambor de crioula e o som do atabaque
Os casarões que uma outra época revela
Rua Santa Catarina, Fomento e Trizidela
O rio Codozinho, o Cigano e o Rio Saco
A indústria, psicultura e a criação de gado
O Brejo da Cassiana e o riacho Beiço Caído
Maranhense que vai trabalhar no garimpo
Tem Itapecuru Agroindustrial e a FC Oliveira
Fazenda Veneza e a Avenida Augusto Teixeira
A Subseção da OAB, o Advogado e o direito
A cidadania, a política o eleitor e o Prefeito
A notícia chegando e o blogueiro postando
O povo visualiza e vai logo compartilhando
Radialista na rádio FCFM e rádio Eldorado
Os ouvintes nos programas fica sintonizado
Em casa ou no carro escute a Rádio mirante
Leva notícia e música aos lugares distantes
Toque de tambor, e tantas roda de capoeira
Muitas superstições e a noite de sexta feira
Tem jogo de baralho, sinuca e de dominó
A minha cidade é bonita e se chama Codó
No ar o gavião pedrês tá fazendo corrupio
Vai e vem pessoas na Rua Vinte Um de Abril
O barulho de longe escute a buzina anuncia
A barulhenta chegada do trem lá na ferrovia
Velocidade estremece o rio e o chão de Codó
Terra de afrodescendente e foliões micaredó.
Poesias de: Edinaldo Reis!

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local