Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Em Live de Roberto Rocha, ministro do Turismo e Presidente da Embratur apresentam medidas emergenciais de enfrentamento à pandemia

Turismo e Eventos: como superar a pandemia? Este foi o tema da segunda live da série Roberto Bem Perto, realizada pelo senador Roberto Rocha, na noite desta terça-feira, 13, em sua página do Facebook.

A transmissão, ao vivo, teve a participação do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, e do presidente da Embratur, Carlos Brito.
Durante uma hora, eles responderam os questionamentos dos seguidores e de instituições que representam os setores de turismo e eventos no Maranhão. Na ocasião, também apresentaram as medidas emergenciais que o governo federal está viabilizando para atenuar a crise ocasionada pela pandemia nesses dois setores. Entre essas medidas, o ministro destacou o envio de R$ 114 milhões enviados para estados e municípios, por meio da Lei Aldir Blanc, criada no ano passado para ajudar profissionais do setor cultural durante a pandemia.

Outra ação importante, segundo Gilson Machado, foi a criação do Selo do Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento turístico. O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.

De acordo com o presidente da Embratur, Carlos Brito, o Selo do Turismo Sustentável é a primeira etapa do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de diminuir os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades.
“Apesar do momento muito difícil que estamos vivendo, juntos, vamos conseguir salvar as 52 atividades do setor do turismo”, frisou Brito.
Para o estado do Maranhão, Gilson Machado afirmou que o Ministério já empenhou R$ 47 milhões para a sua infraestrutura turística, e que o objetivo é apresentar os destinos mais atrativos do estado para o mundo.
“Temos um projeto de divulgar o Maranhão para o mundo, pois sabemos de todo o potencial turístico que esse estado possui. Podem ter certeza de que o governo federal vai trabalhar e fazer o que for preciso para ajudar o Maranhão se desenvolver, principalmente no turismo, que apesar de ser uma atividade muito prejudicada pela pandemia, tem um potencial enorme”, afirmou o ministro.

*Para além de como superar a pandemia no Turismo*

O senador Roberto Rocha reiterou o que vem defendendo durante o seu mandato: promover o desenvolvimento do Maranhão, dentre os quais o desenvolvimento do Turismo, é necessário dotá-lo de infraestrutura adequada. Ele lembrou que São Luís, assim como Alcântara, são cidades históricas, com grande riqueza cultural, mas que necessitam de infraestrutura aeroportuária para atrair turistas de diversas partes do Brasil e do mundo.

“Mais do que nunca, se faz necessário para o desenvolvimento do turismo, uma infraestrutura aeroportuária para São Luís e toda a região Norte do estado, que inclui Alcântara, os Lençóis Maranhenses e muitas cidades com potencial turístico. O turista é atraído para o Maranhão tanto pelo turismo litorâneo, quanto pelo turismo histórico, porém, para que ele explore e conheça todo o potencial do nosso estado, é preciso que haja logística, precisa de aeroporto que, certamente será um vetor de desenvolvimento turístico, social e econômico para todo o estado”, afirmou o senador maranhense.

Na ocasião, Roberto Rocha fez questão de lembrar que, por meio do seu mandato, o governo federal já enviou recursos para a construção de dois aeroportos no Maranhão: o de Balsas, cujo projeto está em fase de execução, e o aeroporto de Barreirinhas, município que abriga o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e integra a conhecida Rota das Emoções.

A Live Roberto Bem Perto acontece semanalmente, sempre às 19h. A desta terça-feira, 13, foi transmitida simultaneamente por 40 TVs e Rádios de todo o Maranhão.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Estado