Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Após ser presa por querer amamentar, policial cogita sair da PM

A policial Tatiane Alves cogita sair da Polícia Militar depois que denunciou uma irregularidade na corporação. Ela foi presa porque não quis extrapolar o horário de trabalho, pois precisava amamentar o filho de 2 anos. Em entrevista ao portal UOL, ela disse que está pensando em pedir exoneração.

“Eu não tenho condições de voltar ao trabalho agora e estou pensando em exoneração. Minha família quer que eu saia. Meu marido está 24h comigo e vê a situação que eu já passei, como eu fiquei. Então se está me adoecendo, é melhor eu sair. Eu sou formada em administração de empresas e estou no 6º período de Direito para conseguir um outro emprego no futuro”, disse Tatiane.

A confusão com Tatiane aconteceu na semana passada, quando um comandante ordenou que ela ficasse no trabalho fora do horário da escala. Ela não tem obrigação de fazer isso e disse que ia voltar pra casa, pois precisava amamentar o filho.

O comandante não entendeu isso e deu voz de prisão para Tatiane por desobediência. Ela ficou 24 horas em um alojamento para policiais. Só saiu depois que a defesa dela conseguiu um alvará.

Tatiane estuda Direito, pretende se formar e pode seguir nessa área, mas sem desistir da segurança pública. Inclusive o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) deve ser sobre benefícios da desmilitarização da polícia.

Revista Istoé

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Nacional