Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Em quanto tempo tsunami atingiria o Brasil após erupção explosiva do vulcão Cumbre Vieja?

Desde que o governo das Ilhas Canárias alterou para amarelo o nível de alerta para a atividade do vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma, o assunto ficou entre os mais comentados no Brasil. O motivo é que especialistas alertarem que uma erupção explosiva no vulcão poderia provocar um tsunami que atingiria a costa, em especial, a região Nordeste. No entanto, apesar do falatório, o fenômeno tem baixo risco de ocorrer.

O nível amarelo de um vulcão é o segundo em uma escala de quatro e aponta para uma possibilidade ainda pequena de erupção.

O vulcão Cumbre Vieja

Em 2001, segundo o portal UOL, dois dos maiores pesquisados do mundo publicaram um artigo científico em que indicavam a hipótese de que o vulcão poderia causar um tsunami que atingiria o Brasil.

Steven Ward, do Instituto de Geofísica da University of Califórnia (EUA), e Simon Day, do Departamento de Ciências Geológicas da University College, de Londres (Inglaterra), mapearam vários pontos, como a atividade sísmica, o histórico de erupções e as correntes marítimas.

De acordo com os pesquisadores, as últimas erupções do Cumbre Vieja ocorreram em 1949 e 1971, mas sem causar problemas relacionados a tsunamis.

Mas nas últimas semanas a atividade sísmica na região voltou a se intensificar, o que elevou o nível de risco de erupção.

Afinal, quanto tempo o tsunami levaria para atingir o Brasil?

Segundo a análise divulgada pelo UOL, na simulação que fizeram de erupção explosiva, a área de impacto, com 250 km de diâmetro, seria capaz de produzir tsunamis em diversas direções e “várias ondas de centenas de metros de altura atingiram as costas das três ilhas mais a oeste da cadeia das Canárias.”

As Ilhas Canárias, por exemplo, seriam atingidas por ondas de 50 a 100 metros de altura de 15 a 60 minutos

Já o Brasil, segundo os especialistas, as tsunamis chegariam em até nove horas, essas ondas chegariam ao Brasil.

Fonte: Tv Jornal

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Nacional