Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Após sofrer uma overdose, ex-traficante ora e vê Jesus: “As drogas não são a resposta”

Durante alguns anos, Kirk, que vive em Newcastle, na Inglaterra, foi traficante de drogas. Ele conta que teve uma infância difícil depois da morte do pai, que foi atropelado por um motorista bêbado. Depois da tragédia, a mãe passou a beber e a sair com vários homens.

A instabilidade no início de sua vida o levou ao vício, até ele começar a fugir de casa e cometer crimes. “Entre 16 e 19 anos, eu basicamente vivi em uma névoa cheia de drogas”, diz Kirk em um vídeo de Dan Barnsley.

Aos 24 anos, ele já era um traficante. Numa noite, um amigo que estava mal o procurou, e ele fez o que estava acostumado a fazer, vendeu drogas para ele. O amigo acabou discutindo com alguém, voltou para casa aborrecido e se matou.

“As drogas não são a resposta”

Kirk disse que foi naquela noite que ele percebeu que “as drogas não são a resposta”.

“A vida é muito mais”, disse ao revelar que sua mente passou a ser invadida por pensamentos horríveis. “Fiquei muito deprimido e simplesmente não queria mais viver”, confessou.

No momento em que se sentia consumido por seus erros, Kirk conta que conheceu uma mulher chamada Dionne que falou sobre Jesus. Mas, em seu mundo não havia espaço para Deus. “Eu pensava que se Deus existisse, ele não poderia amar alguém como eu”, disse.

Encontro com Jesus

No dia seguinte, depois de ter ouvido sobre o Evangelho, Kirk teve uma overdose intencional, mas não morreu.

“Eu realmente não queria mais viver. Já não tinha forças, nem mesmo para me levantar de manhã. No meio da overdose, o telefone tocou e eu acordei”, lembrou.

Pela manhã, Kirk recebeu um visitante que também falou de Jesus. Quando a pessoa foi embora, Kirk ajoelhou-se, orou e pediu a morte quando algo notável aconteceu.

“De repente, a sala se iluminou como um dia de verão, e eu vi Jesus na minha frente. Ele disse: se quiser morrer você ficará sozinho. Mas, se quiser viver, venha comigo. Você nunca mais estará sozinho”, relatou.

Ele deitou-se no chão e chorou. Depois saiu de casa, sabendo que deveria procurar ajuda e, antes que se desse conta, estava em frente a uma igreja.

Assista (em inglês):

Batalha espiritual

Kirk dá detalhes de como uma batalha espiritual por sua alma começou, com vozes em sua cabeça dizendo-lhe para voltar para casa.

Até que uma senhora simpática pegou em seu braço e disse: “Vamos, eu entrarei com você”. Já dentro da igreja, um jovem se aproximou e disse: “Orei para que Deus o trouxesse hoje”.

Ele disse que se sentiu confuso ao ver pessoas que ele não conhecia demonstrando tanto amor por sua vida. Naquele dia, Kirk ouviu a palavra e decidiu mudar o rumo de sua vida.

“No final, um homem se aproximou e perguntou se poderia orar. Quando ele orou, eu caí no chão e recebi o Espírito Santo. Senti algo que eu nunca havia sentido antes. Eu me senti tão em paz”, destacou.

“Quando me levantei, tudo ficou no chão. Meus últimos trinta anos de vício, minha doença mental, minha depressão, simplesmente tudo ficou ali”, continuou.

Urgência de compartilhar o Evangelho

Nas semanas seguintes, Kirk começou a ter sonhos fortes e vívidos, e passou a profetizar sobre a vida das pessoas.

Pouco tempo depois de sua conversão, ele visitou um amigo de longa data, mas não mencionou as mudanças em sua vida porque estava envergonhado. Porém, um tempo depois esse amigo se enforcou.

Mais um de seus amigos cometeu suicídio, porém, desta vez ele lembrou que sequer havia falado sobre Jesus para ele. Dentro de Kirk começou a despertar uma urgência de compartilhar o Evangelho.

Devastado com outra perda, Kirk decidiu contar a todos sobre como Deus o havia resgatado e salvado sua vida. Ele disse que aprendeu uma lição poderosa — nunca se envergonhar do Evangelho de Cristo [Romanos 1.16].

Agora Kirk acredita que, como filho de Deus, é seu trabalho garantir que seu passado não defina seu futuro. “Você não pode viver ‘ouvindo’ o que o diabo diz, mas precisa ‘ver’ o que Deus está fazendo”, concluiu. Deus, o Pai, sempre trabalha na vida de seus filhos.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Gospel