No Maranhão, cheia do rio Tocantins deixa mais de 30 famílias desabrigadas em Imperatriz

A cheia do rio Tocantins deixou mais de 30 famílias desabrigadas em Imperatriz, no Maranhão. O rio está a mais de nove metros acima do normal.

Segundo o Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA), o número de famílias desabrigadas por causa das fortes chuvas registradas na região durante o final de semana já chega a 34.

De acordo com o g1, outras 14 famílias estão desalojadas, tendo que ir para a casa de parentes ou amigos. Os bombeiros informaram ainda que há lentidão para a remoção das pessoas de suas casas. O número de desabrigados ou desalojados pode subir, considerando que muitas pessoas não foram retiradas das suas casas.

A retirada de ribeirinhos que moram próximos às margens do Rio Tocantins foi iniciada nessa segunda-feira. A medida foi tomada em razão da previsão do aumento do rio Tocantins nas próximas horas, que foi ocasionado devido à vazão na Usina Hidrelétrica de Estreito.

A usina está com uma vazão de 11.500 metros cúbicos por segundo. Em nota emitida (logo abaixo), o consórcio que administra a usina disse que está atuando com segurança na área e que o aumento da vazão tem a ver com as chuvas e não com a operação do empreendimento.

As mais de 30 famílias desabrigadas estão sendo levadas para abrigos nos bairros Caema, Escola, Tiradentes e Parque de Exposição, segundo informou a Superintendência Municipal de Defesa Civil de Imperatriz.

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedes) e a Secretaria Municipal de Saúde (SES) informaram que tem prestado apoio às vítimas das enchentes.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Sem categoria