Video: Funcionária da Havan é atacada por ex-candidata do PT por usar uniforme da empresa

Na última sexta-feira (15), uma colaboradora da Havan foi vítima de agressão física e verbal. O caso ocorreu em Jundiaí, São Paulo.

Stefany Morais estava no transporte público, indo para o trabalho, quando a ex-candidata a vereadora do Partido dos Trabalhadores (PT), Adriana Menezes, a agrediu. Segundo a assessoria da empresa, a funcionária foi atacada por estar vestindo o uniforme da Havan, com as cores verde e amarelo.

É a segunda vez que Adriana, que concorreu ao cargo de vereadora pelo PT nas últimas eleições municipais, agride a mesma colaboradora da Havan. Ambos os crimes são comprovados em vídeos. Um Boletim de Ocorrência foi registrado sobre o fato.

A Havan afirmou que está prestando todo apoio para a colaboradora e ressalta que entrará com todas as medidas judiciais cabíveis para que o ato de intolerância e desrespeito não passe impunemente.

– A família Havan está ao lado da Stefany. Ela está há 10 meses na empresa, entrou como operadora de caixa e já foi promovida a vendedora. É inadmissível que alguém use de violência contra uma pessoa que está indo trabalhar e em busca do seu pão de cada dia. Prezamos diariamente pelo cuidado e integridade de cada um dos mais de 22 mil colaboradores. Condenamos todo tipo de crime e não vamos tolerar agressões desta natureza, que configuram atos de intolerância política, o que é muito grave – ressaltou o dono da Havan, Luciano Hang.

Patricia Araujo

TINHA QUIE SER DO PT ESSE POOVO SÃO REVOLTADOS E NÃO RESPEITAM A OPNIÃO DAS PESSOAS SÃO AGRESSIVAS UM BANDO DE BICHO RAIVOSO. ESSA LOUCO TINHA QUER TER SIDO ERA PRESA NESSA HORA ISSO É COISA DE BANDIDO ESTÃO LOUCOS PRA VOLTAR PARA O PODER PORQUE A VONTADE DE VOLTAR A ROUBAR É GRANDE .

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *