Carol Costa reforça sua principal bandeira em pré-campanha eleitoral

A pré-candidata a Deputada Estadual segue focada em seu projeto político para atuar no legislativo com o objetivo de fortalecer a rede de atendimento à mulher no Maranhão.

A emedebista está confiante nas manifestações de apoio que têm recebido nas comunidades, nas ruas e em suas redes sociais, o que demonstra a grande expectativa da população por uma parlamentar atuante. Carol Costa é filiada ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

“Os desafios são muitos e embora esta seja a primeira vez que coloco meu nome à disposição para uma disputa eleitoral, a sociedade já me conhece, sabe que não desisto e entende que este é um passo de continuidade ao que já faço há quase 5 anos na luta por proteção às mulheres, sempre de mãos dadas com os principais órgãos e instituições que atuam na área”, ressalta Carol.

É com essa disposição que Carol Costa segue com sua pré-campanha ao lado do povo. No dia 14, participou de mais uma ação social promovida pela Associação Somos Todos Marianas, desta vez na Vila Pirâmide, no município de Raposa, região metropolitana de São Luís.

Além de realizar um bazar beneficente e entregar cestas básicas, a pré-candidata palestrou para famílias sobre a violência contra a mulher, que é sua principal bandeira. O evento contou com a Patrulha Maria da Penha e as ações educativas de proteção à mulher.

No dia 19, Carol se encontrou com o Somos Todos Marianas e Susan Lucena, diretora da Casa da Mulher Brasileira, para um ato por justiça, no Fórum Sarney Costa, em favor de mais uma mulher vítima de tentativa de feminicídio.

No dia 20, ela esteve em Teresina (PI) a convite da Pastora Flávia Arrais para participar do Pink Power Movement, um encontro de mulheres organizado pela Igreja Angelim, onde falou sobre o início da sua trajetória no combate à violência e ao feminicídio, e reforçou seu comprometimento em seguir lutando incansavelmente.

Carol Costa entrou para a história do Maranhão desde que passou a se destacar com firmeza nas ações de combate à violência contra a mulher em todo o estado. Ela é formada em Direito pela Universidade Ceuma, tem duas filhas e servidora pública no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).