Oposição quer saber qual facção do Ceará financiou 8/1, mas o governo não quer

Durante a reunião da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro, que aconteceu nesta terça-feira (12), alguns parlamentares questionaram a falta de apoio do governo em investigar a facção criminosa do Ceará que contratou ônibus para levar pessoas até Brasília.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) foi um dos que cobrou dos parlamentares da base aliada do governo Lula apoio aos requerimentos para terem acesso à investigação sobre o assunto.

Me estranha muito não haver uma mobilização por parte da bancada de apoio ao governo Lula aqui nesta CPMI de, prontamente, nos apoiar nesse requerimento – declarou Flávio.

O pedido em questão busca solicitar as informações das autoridades do Ceará que investigam essa participação da organização criminosa que financiou a ida de moradores daquele estado até Brasília, onde as manifestações aconteceram.

– Se vamos seguir os financiadores, por que quando é uma facção criminosa – que se constatou que teria financiado de alguma forma as pessoas para virem pra cá, não há um interesse? – questionou.

Assista:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *