Servidores do Detran-MA realizam paralisação nesta terça-feira (24)

O Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Sinsdetran) no Maranhão anunciou uma paralisação de advertência que terá início na terça-feira, 24 de outubro, em uma tentativa de pressionar por reajustes salariais que estão pendentes há quase uma década.

A decisão foi tomada durante uma assembleia geral extraordinária realizada na última sexta-feira, 22 de outubro, onde os membros do sindicato discutiram a possibilidade de paralisação devido ao embargo do processo referente à pauta de reivindicações da categoria pela Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan).

O processo de negociação salarial vem se arrastando há um ano, durante a gestão do Governador Brandão, e tem afetado diretamente os servidores públicos do Detran no Maranhão. A principal demanda do sindicato é a extensão e equiparação da Gratificação por Atividade de Trânsito, juntamente com um reajuste do auxílio-alimentação.

Segundo informações do sindicato, os salários dos servidores estão congelados há quase 10 anos para assistentes de trânsito e 9 anos para funcionários da Administração Geral, analistas e examinadores de trânsito. Esta situação tem gerado insatisfação crescente entre os servidores, que agora optaram por uma paralisação de advertência.

Na assembleia, a categoria votou unanimemente a favor da paralisação, estabelecendo como prazo final para uma resposta concreta da Seplan a segunda-feira, 23 de outubro. A fim de evitar surpresas para a população e dar mais tempo às autoridades competentes para encontrar uma solução, a paralisação foi adiada para terça-feira, 24 de outubro, com início marcado para as 8h30.

A paralisação afetará todos os serviços do Detran em todo o Maranhão, incluindo a sede, os Ciretrans, os Postos Avançados e os Vivas, impactando diretamente os cidadãos que dependem desses serviços.

O seu endereço de e-mail não será publicado.