Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

IFMA oferta 6640 vagas em cursos técnicos de nível médio para Codo e mais 26 cidades do Estado

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) publicou, nesta sexta-feira (17), o edital para o processo seletivo aos cursos técnicos de nível médio para o ano de 2019. No total, 6640 vagas estão sendo ofertadas para ingresso nas modalidades Integrada, Concomitante e Subsequente. O prazo para solicitação de isenção será de 20 de agosto a 03 de setembro. Já as inscrições regulares ocorrem de 05 de setembro até 05 de outubro. A aplicação das provas ocorrerá no dia 02 de dezembro.

Acesse aqui o edital.
Podem participar da seleção candidatos que já concluíram ou estão cursando, em 2018, a 8ª ou 9ª série do Ensino Fundamental (para a modalidade Integrada); Estudantes que estão cursando, em 2018, a 1ª série ou 2ª série do Ensino Médio (para a modalidade Concomitante); e candidatos que já concluíram ou estão concluindo, em 2018, o Ensino Médio (modalidade Subsequente).

As oportunidades estão disponíveis nos 29 campi do IFMA em 27 cidades do Estado, sendo eles: Açailândia, Alcântara, Araioses, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Buriticupu, Carolina, Caxias, Codó, Coelho Neto, Grajaú, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Porto Franco, Rosário, Santa Inês, São José de Ribamar, São João dos Patos, São Luís – Centro Histórico, São Luís – Maracanã, São Luís – Monte Castelo, São Raimundo das Mangabeiras, Timon, Viana e Zé Doca.

Provas
Com aplicação agendada para o dia 02 de dezembro, a prova terá duração de quatro horas e constará de 40 questões de múltipla escolha, sendo 20 de Língua Portuguesa e 20 de Matemática. Cada questão apresentará cinco alternativas, com uma única opção correta. Os programas para estudo constam no edital. O resultado tem previsão de divulgação em 09 de janeiro de 2019, no portal do IFMA.

Sistema de cotas
Em cada curso, 50% das vagas serão destinadas aos candidatos egressos de escola pública. Dessas vagas, metade serão reservadas aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita; e a outra metade será reservada aos candidatos com renda familiar bruta superior a um salário mínimo e meio per capita. Das vagas de cada grupo, 77% delas serão reservadas para os que se declararem pretos, pardos e indígenas. Conforme o sistema de cotas, a porcentagem a ser aplicada para pretos, pardos e indígenas deve seguir os dados do censo do IBGE. Realizado em 2010, o último censo informa que esse índice populacional no Maranhão é de 77%.

O Instituto reserva também, em cada curso, 5% das vagas para candidatos com deficiência.

Acesse aqui o Edital

Dúvidas ou informações suplementares poderão ser solicitadas pelo e-mail proen@ifma.edu.br ou telefone (98) 3215-1701.

Primeira-dama Agnes Oliveira visita Mutirão de Saúde para terceira idade do SCFV

A cada encontro com os idosos participantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos no Clube da SUCAM, o governo Mais Avanço, Mais conquista busca realizar importantes atividades. A Secretaria de Desenvolvimento Social, que tem a frente a primeira-dama Agnes Oliveira, promoveu, em parceria com a Secretaria de Saúde, um Mutirão de Saúde especifico só para terceira idade.

No evento foram oferecidos diversos atendimentos para prevenção e promoção em saúde, como teste de glicemia, acompanhamento da pressão arterial, consultas medicas e de enfermagem, com a entrega de remédios. “É uma oportunidade de atender a demanda por serviços médicos, fazer prevenções, consultas e fazer a entrega de medicamentos, tudo com exclusividade e conforto para o público da terceira idade”, explicou Rosa Vasconcelos, Coordenadora da Atenção Básica.

A ação conjunta das secretarias de desenvolvimento social e de saúde facilita, e muito, a vida dos idosos, que já nem precisam ir ao posto de saúde, pois recebem no mutirão os atendimentos e orientações para continuar cuidando da saúde, seja pelo controle de doenças com remédios, ou mudanças na alimentação e pratica de atividade física.

Proporcionar longevidade, mas com qualidade de vida é o que a secretária Agnes Oliveira tem buscado fazer pelo público idoso, que tem encontrado no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos todas as atividades necessárias para que eles cuidem da saúde e divertiram-se nos momentos de lazer. “Sempre realizamos muitas ações com o público idoso do SCFV. E este mutirão é muito importante, pois é o dia para ele cuidarem da saúde, recebendo todos os atendimentos necessários e os cuidados e carinho de nossas equipes”, concluiu a Secretária.

Ascom – PMC

Nota Informativa Secretaria Municipal de Saúde

A Prefeitura Municipal de Codó, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa a toda população que o Centro de Atendimento Médico – CAM passará por reformas e melhorias na sua estrutura física, visando um novo perfil de atendimento, com serviços de especialidades clínicas.

Neste sentido, o Centro de Atendimento Médico – CAM funcionará com os mesmos serviços temporariamente na UBS da Vila Fomento – Travessa do Cajueiro, S/N, bairro São Benedito (ao lado da CMEI Aldenora Salazar). É o Governo Mais Avanços e Mais Conquistas trabalhando para oferecer sempre o melhor para a população Codoense.

Nota: Ascom – PMC

Forte tempestade arrasa vários pontos de cidade e deixa feridos no Maranhão

As consequências do fenômeno foram catastróficas. Vários pontos da cidade de Santa Quitéria ficaram destruídos. O posto de combustível local teve seu teto arrancado, a escola municipal ficou totalmente destruída, telhados voaram, prédios públicos atingidos, comércios rachados e carros avariados.

Além dos danos matérias, a houve registro de vários feridos e a cidade se encontra em estado de calamidade, hospitais locais estão lotados de pessoas que ficaram feridas por conta dos desabamentos.

O prefeito da cidade de Santa Quitéria, Noberto Rocha, já decretou estado de calamidade e pede a ajuda da Defesa Civil.

Aguardem mais informações…

Fonte  Luís Cardoso

Flávio Dino e população lotam ruas de Imperatriz em grande caminhada

No segundo dia de campanha eleitoral, o governador e candidato à reeleição Flávio Dino escolheu a cidade de Imperatriz – considerada a segunda capital do Maranhão – para mais uma caminhada com os moradores. Adultos, jovens e crianças lotaram as ruas para acompanhar e conversar com Flávio nesta sexta-feira (17) no município.

“Dino é o governador da educação e criou a UemaSul aqui na Região Tocantina. Por isso nós votamos Flávio Dino”, afirmou o líder estudantil Júlio César. A universidade já tem dois campi e mais dois estão em construção.

Flávio esteve acompanhado por moradores, líderes políticos e também pelos candidatos ao Senado Eliziane Gama e Weverton Rocha.

“Que Deus nos conduza a mais uma grande vitória no dia 7 de outubro, uma vitória em nome da Justiça, da esperança e da fé. Quero ser governador porque as mudanças precisam continuar, a UemaSul precisa se fortalecer, Escolas Dignas, Restaurante Popular, Viva/Procon, Beira Rio, a Praça da Bíblia, o Hospital Macrorregional, mais policiais, mais viaturas, mais escolas de tempo integral”, disse Flávio ao citar algumas das obras que levou à Região Tocantina desde 2015.

Ele acrescentou que o trabalho precisa continuar para concretizar a construção do novo Socorrão de Imperatriz e a instalação do curso de Medicina na UemaSul.

“Em todas as cidades da região, nas 22 cidades, tem a presença do Governo do Maranhão.”

Obras em Imperatriz

Durante a caminhada e a conversa com os moradores, o governador falou um pouco sobre as mudanças pelas quais o Maranhão tem passado desde 2015. Foram, por exemplo, mais de 800 Escolas Dignas construídas ou reformadas. Ou mais de 2.600 quilômetros de Mais Asfalto em ruas, avenidas e rodovias de quase 200 cidades.

Também foram entregues oito grandes hospitais em diversas regiões do Maranhão, incluindo Imperatriz, que ganhou uma unidade macrorregional.
Ainda nesta sexta-feira, Flávio também esteve em Senador La Rocque e João Lisboa.

AGENDA

Neste sábado, Flávio Dino tem presença marcada em cinco cidades. Veja abaixo:

8h30 – Carreata em Santa Luzia do Tide – Concentração em frente ao Estádio Francisco Paixão, Arena Macacão

11h30 – Reunião em Pindaré-Mirim

15h30 – Carreata em Santa Inês – Concentração em frente à Loja Maçônica, na BR-222

18h – Carreata em Igarapé do Meio – Concentração no povoado Fazenda Nova, BR-222

20h – Carreata em Monção – Concentração na entrada da cidade, MA-330

No domingo, às 8h30, está marcada uma carreata em Bacabal.

Fonte: Vermelho

Roseana realiza grande ato no primeiro dia de campanha, em Timon

Uma multidão deu uma calorosa recepção à candidata a governadora Roseana (MDB) e sua comitiva em Timon, encerrando o primeiro dia de campanha que incluiu também visitas aos municípios de Parnarama e Matões, onde atraiu centenas de moradores ao lado de seu vice Ribinha Cunha. Sob aplausos, Roseana destacou que, se eleita, vai retomar o desenvolvimento econômica e social do Maranhão.

“Escolhi começar nossa campanha pela Região dos Cocais. Há tempos, onde tenho andado, percebo o povo triste. Por isso gostaria de governar mais uma vez este estado que amo, e venho pedir seu voto. Temos uma chapa experiente, que já fez pelos maranhenses e podemos fazer mais”, disse Roseana.

Em Parnarama, com os candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão, e os candidatos a deputados Adriano Sarney, César Pires, Carlos Filho e Edilázio Júnior, Roseana foi recepcionada pelo ex-deputado JJ Pereira, 44 anos de vida pública e liderança da Região dos Cocais. “Vou votar em Roseana, porque ela respeita a classe empresarial, não cria impostos, não persegue. Roseana é humana, sensível às causas dos mais necessitados, tem obras em todo o estado do Maranhão”, enfatizou JJ Pereira.

Dentre as principais ações realizadas pelo governo Roseana em Parnarama, citadas pelas lideranças Valdemar Junior e José Henrique, estão a pavimentação de 4 km de vias urbanas, melhoramento de estradas vicinais, pagamento de 10.230 contas de luz pelo Governo do Estado e assistência técnica e extensão rural gratuita, beneficiando 2.414 agricultores familiares, pescadores artesanais e aquicultores.

“Estamos com ela pelo trabalho que Roseana fez aqui na região, e também basta olharmos as diversas obras em todas as áreas feitas pela ex-governadora em todos os municípios”, justificou Gabriel Tenório. “Estamos ligados ao Sul graças a Roseana”, completou José Henrique.

Todas as lideranças que falaram, em um palanque improvisado devido a quantidade de correligionários que foram ao local, ressaltaram a importância das obras e planejamento feito por Roseana na Região dos Cocais. Algumas citadas foram a transferência de mais de R$ 390 mil para fundo de saúde do município; recuperação da MA-026, no trecho Matões/Parnarama; serviços de melhoramento e pavimentação das rodovias MA-262/MA-034, trecho Matões/entroncamento; MA-034/entroncamento da BR-226 (Baú) – extensão de 71,50 km e serviços de pavimentação de vias urbanas na sede. Além de 17.430 contas de luz pagas pelo Governo do Estado.

Em Timon, a ex-prefeita Socorro Waquim, candidata à deputada estadual pelo MDB, enfatizou o “verdadeiro descaso do atual governo com o Polo Industrial, ferramenta que poderia estar gerando emprego e renda para pessoas de todas as faixas etárias, inclusive os jovens”. Ela lembrou das 7.000 casas que entregou no município durante sua gestão com o apoio do Governo Roseana, o que, segundo ela, beneficiou mais de 30 mil cidadãos timonenses.

Ainda em Timon, na reunião organizada pela vereadora Professora Cláudia, Roseana foi recebida por agentes de saúde do município, membros de 22 grupos culturais, pastores de igrejas evangélicas, professores e grupos de estudantes.

Fonte : Gilberto Leda

Presos cinco suspeitos de participarem de roubo a banco em Buriticupu

BURITICUPU – A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), prendeu cinco pessoas suspeitas de participação no roubo ao banco do Bradesco da cidade de Buriticupu, o qual foi realizado no dia 1º de agosto de deste ano.

Relembre o caso:

Os cinco suspeitos de roubar o banco do Bradesco foram presos nesta sexta-feira (17), em Buriticupu. Eles foram identificados como: Renato dos Santos Silva; Pedro Alves da Silva Neto; José Ribamar Araújo Gomes; Jocel Lucena de Sousa, com o qual a polícia apreendeu uma espingarda calibre 12 que foi empregada na ação criminosa, além de munições e roupas camufladas; e Jaime dos Santos Almeida.

Segundo a Polícia Civil, durante a noite do dia 1º de agosto, um grupo de assaltantes, fortemente armado, invadiu a agência bancária do Bradesco e a explodiu utilizando duas dinamites, deixando o local destruído. Os criminosos, que estavam em quatro caminhonetes, fizeram vários moradores como reféns. A ação durou aproximadamente 40 minutos e ninguém ficou ferido. Após o crime, os bandidos fugiram pela BR-222 em direção a Açailândia.

A polícia deu início às investigações na tentativa de identificar e prender os assaltantes, sendo que as equipes do Departamento de Combate ao Roubo e a Instituições Financeiras (DCRIF) efetuaram inúmeras diligências na cidade de Buriticupu. Depois de identificar cinco envolvidos no roubo ao Bradesco, a polícia pediu à Justiça que fossem expedidos os mandados de prisão preventiva contra os suspeitos. O pedido foi aceito pelo Poder Judiciário, sendo que os mandados de prisão foram cumpridos nesta sexta.

A Polícia Civil continua as investigações no intuito de prender os demais envolvidos no roubo ao Bradesco, pois o assalto foi cometido por um grupo de 12 a 15 pessoas. Além disso, a polícia espera apreender o restante do armamento utilizado no assalto.

Fonte: Imirante

Prefeito Nagib visita Mutirão da Saúde e vistoria obras de escola na zona rural

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, realizou visita em localidades da zona rural de Codó. Acompanhado do secretário de desenvolvimento urbano e rural, Roberto Albuquerque, do secretário de governo João dos Plásticos e do vereador André Jansen, o prefeito foi até o povoado Penha, onde acontecia mais uma etapa do Mutirão da Saúde, com atendimentos médicos para a comunidade, vacinação e atendimento de gestantes.

“O nosso prefeito, sensibilizado com as demandas de saúde na zona rural, fez esse projeto para levar os serviços onde os acessos aos atendimentos são mais restritos. Colocamos toda essa estrutura a serviço da população e iremos chegar a todos povoados e comunidades”, comentou o secretário João dos Plásticos.

O projeto Mutirão da Saúde é uma iniciativa da prefeitura de Codó, em parceria com as Unidades Básicas de Saúde, levando a todos os bairros e localidades da zona rural serviços de saúde, como Consulta médica, consulta de enfermagem, distribuição de medicação, aferição de pressão arterial e glicemia capilar, além de Consulta de pré-natal e puerpério.

Benfeitorias e obras para região

O prefeito ainda fez a vistoria das obras de colocação de iluminação pública, de construção da Escola Denerval Sales, na Lagoa do Sales, e da recuperação da estrada que liga o povoado Penha à comunidade Lagoa do Sales. “Estamos muito felizes de ver tanta coisa acontecendo em nossa zona rural. Fico feliz em ter a certeza que nossas políticas públicas estão chegando a essas comunidades, com mutirão de saúde, obras de estradas vicinais, a colocação de iluminação pública e a construção de uma escola Pólo dessa região. São as ações da nossa gestão chegam para as comunidades do campo, com mais infraestrutura, saúde, educação, mobilidade e qualidade de vida”, concluiu o prefeito Nagib.  

Ascom – PMC

POSSE DE ARMA REDUZ CRIMINALIDADE, AFIRMA HARVARD

Os acontecimentos em Ottawa, Canadá, comprovam, pela enésima vez, que controle de armas serve apenas para deixar uma população pacífica ainda mais vulnerável.O desarmamento não apenas deixa uma população menos livre, como também a deixa menos segura. E não existe liberdade individual se o indivíduo está proibido de se proteger contra eventuais ataques físicos. Liberdade e autodefesa são conceitos totalmente indivisíveis. Sem o segundo não há o primeiro.

Respeitar o direito de cada indivíduo poder ter armas de fogo ainda é a melhor política de segurança, como os fatos listados abaixo mostrarão. Já restringir, ou até mesmo proibir, o direito de um indivíduo ter uma arma de fogo o deixa sem nenhuma defesa efetiva contra criminosos violentos ou contra um governo tirânico.

A Universidade de Harvard, que não tem nada de conservadora, divulgou recentemente um estudoque comprova que, quanto mais armas os indivíduos de uma nação têm, menor é a criminalidade. Em outras palavras, há uma robusta correlação positiva entre mais armas e menos crimes. Isso é exatamente o oposto do que a mídia quer nos fazer acreditar. Mas o fato é que tal correlação faz sentido, e o motivo é bem intuitivo: nenhum criminoso gostaria de levar um tiro.

Se o governo de um país aprova um estatuto do desarmamento, o que ele realmente está fazendo é diminuindo o medo de criminosos levarem um tiro de cidadãos honestos e trabalhadores, e aumentando a confiança desses criminosos em saber que suas eventuais vítimas — que obedecem a lei — estão desarmadas. A seguir, 20 fatos pouco conhecidos que comprovam que, ao redor do mundo, mais armas deixam uma população mais segura.

01) Um estudo publicado pela Universidade de Harvard — Harvard Journal of Law & Public Policy — relata que países que têm mais armas tendem a ter menos crimes

02) Ao longo dos últimos 20 anos, as vendas de armas dispararam nos EUA, mas os homicídios relacionados a armas de fogo caíram 39 por cento durante esse mesmo período. Mais ainda: “outros crimes relacionados a armas de fogo” despencaram 69%.

03) Ainda segundo o estudo da Harvard, os nove países europeus que apresentam a menor taxa de posse de armas apresentam taxas de homicídios que, em conjunto, são três vezes maiores do que as dos outro nove países europeus que apresentam a maior taxa de posse de armas.

04) Quase todas as chacinas cometidas por indivíduos desajustados nos Estados Unidos desde 1950 ocorreram em estados que possuem rígidas leis de controle de armas.

Com uma única exceção, todos os assassinatos em massa cometidos nos EUA desde 1950 ocorreram em locais em que os cidadãos são proibidos de portarem armas. Já a Europa, não obstante sua rígida política de controle de armas, apresentou três dos seis piores episódios de chacinas em escolas.

05) Os EUA são o país número 1 do mundo em termos de posse de armas per capita, mas estão apenas na 28ª posição mundial em termos de homicídios cometidos por armas de fogo para cada 100.000 pessoas.

06) A taxa de crimes violentos nos EUA era de 757,7 por 100.000 pessoas em 1992. Já em 2011, ela despencou para 386,3 por 100.000 pessoas. Durante esse mesmo período, a taxa de homicídios caiu de 9,3 por 100.000 para 4,7 por 100.000. E, também durante esse período, como já dito acima, as vendas de armas dispararam.

07) A cada ano, aproximadamente 200.000 mulheres nos EUAutilizam armas de fogo para se proteger de crimes sexuais.

08) Em termos gerais, as armas de fogo são utilizadas com uma frequência 80 vezes maior para impedir crimes do que para tirar vidas.

09) O número de fatalidades involuntárias causadas por armas de fogo caiu 58% entre 1991 e 2011.

10) Apesar da extremamente rígida lei desarmamentista em vigor no Reino Unido, sua taxa de crimes violentos é aproximadamente 4 vezes superior à dos EUA. Em 2009, houve 2.034 crimes violentos para cada 100.000 habitantes do Reino Unido. Naquele mesmo ano, houve apenas 466 crimes violentos para cada 100.000 habitantes nos EUA.

11) O Reino Unido apresenta aproximadamente 125% mais vítimas de estupro por 100.000 pessoas a cada ano do que os EUA.

12) Anualmente, o Reino Unido tem 133% mais vítimas de assaltos e de outras agressões físicas por 100.000 habitantes do que os EUA.

13) O Reino Unido apresenta a quarta maior taxa de arrombamentos e invasões de residências de toda a União Europeia.

14) O Reino Unido apresenta a segunda maior taxa de criminalidade de toda a União Europeia.

15) Na Austrália, os homicídios cometidos por armas de fogo aumentaram 19% e os assaltos a mão armada aumentaram 69%após o governo instituir o desarmamento da população.

16) A cidade de Chicago havia aprovado uma das mais rígidas leisde controle de armas dos EUA. O que houve com a criminalidade? A taxa de homicídios foi 17% maiorem 2012 em relação a 2011, e Chicago passou a ser considerada a “mais mortífera dentre as cidades globais“. Inacreditavelmente, no ano de 2012, a quantidade de homicídios em Chicago foi aproximadamente igual à quantidade de homicídios ocorrida em todo o Japão.

17) Após essa catástrofe, a cidade de Chicago recuou e, no início de 2014, voltou a permitir que seus cidadãos andassem armados. Eis as consequências: o número de roubos caiu 20%; o número de arrombamentos caiu também 20%; o de furto de veículos caiu 26%; e, já no primeiro semestre, a taxa de homicídios da cidade recuou para o menor nível dos últimos 56 anos.

18) Após a cidade de Kennesaw, no estado americano da Geórgia, ter aprovado uma lei que obrigava cada casa a ter uma arma, a taxa de criminalidade caiu mais de 50% ao longo dos 23 anos seguintes. A taxa de arrombamentos e invasões de domicílios despencou incríveis 89%.

19) Os governos ao redor do mundo chacinaram mais de 170 milhões de seus próprios cidadãos durante o século XX (Stalin, Hitler, Mao Tsé-Tung, Pol Pot etc.). A esmagadora maioria desses cidadãos havia sido desarmada por esses mesmos governos antes de serem assassinados.

20) No Brasil, 10 anos após a aprovação do estatuto do desarmamento — considerado um dos mais rígidos do mundo —, o comércio legal de armas de fogo caiu 90%. Mas as mortes por armas de fogo aumentaram 346% ao longo dos últimos 30 anos. Com quase 60 mil homicídios por ano, o Brasil já é, em números absolutos, o país em que mais se mata.

Quantas dessas notícias você já viu na mídia convencional, que dá voz apenas a desarmamentistas?

Armas são objetos inanimados, tão inanimados quanto facas, tesouras e pedras. Costumes, tradições, valores morais e regras de etiqueta — e não leis e regulações estatais — são o que fazem uma sociedade ser civilizada. Restrições sobre a posse de objetos inanimados não irão gerar civilização.

Essas normas comportamentais — as quais são transmitidas pelo exemplo familiar, por palavras e também por ensinamentos religiosos — representam todo um conjunto de sabedoria refinado por anos de experiência, por processos de tentativa e erro, e pela busca daquilo que funciona. O benefício de se ter costumes, tradições e valores morais regulando o comportamento — em vez de atribuir essa função ao governo — é que as pessoas passam a se comportar eticamente mesmo quando não há ninguém vigiando. Em outras palavras, é a moralidade a primeira linha de defesa de uma sociedade contra comportamentos bárbaros.

No entanto, em vez de se concentrar naquilo que funciona, os progressistas desarmamentistas querem substituir moral e ética por palavras bonitas e por leis de fácil apelo.
Por último, vale um raciocínio lógico: quem é a favor do desarmamento não é contra armas, pois as armas serão necessárias para se desarmar os cidadãos. Logo, um desarmamentista nunca será contra armas — afinal, ele quer que a polícia utilize armas para confiscar as armas dos cidadãos.

Consequentemente, um desarmamentista é necessariamente a favor de armas. Mas ele quer que apenas o governo (que, obviamente, é composto por pessoas honestas, confiáveis, morais e virtuosas) tenha armas.

Conclusão: nunca existiu e nem nunca existirá um genuíno ‘desarmamento’. Existe apenas armamento centralizado nas mãos de uma pequena elite política e dos burocratas fardados que protegem os interesses dessa elite.