Sampaio Corrêa goleia Salgueiro e mantém vice-liderança no Grupo D do Nordestão

SÃO LUÍS – Único representante maranhense na fase de grupos da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa deu mais um passo importante em busca da inédita classificação para as quartas de final da competição regional. Jogando ao lado de seu torcedor, no Estádio Castelão, em partida válida pela segunda rodada do Nordestão e disputada na noite desta quinta-feira (8), a Bolívia Querida fez a sua melhor atuação neste início de temporada e não teve dificuldades para derrotar o Salgueiro por 4 a 0, resultado que mantém a invencibilidade do Tricolor no ano.

Precisando da vitória para continuar na zona de classificação para as quartas de final do Nordestão, o Sampaio Corrêa pressionou o Salgueiro desde o começo de jogo e rapidamente abriu o placar no Castelão. Aos três minutos, César Sampaio cobrou falta, o goleiro Luciano deu rebote, e Reginaldo Junior anotou o primeiro gol do Tubarão. Ainda na etapa inicial, aos 33, o Sampaio ampliou a vantagem com um gol contra do zagueiro Maurício, que desviou cruzamento de Marlon para a grande área. O artilheiro Uilliam, aos cinco minutos do segundo tempo, fez o terceiro gol, enquanto Rodrigo Fumaça, já aos 35, fechou o placar para a equipe maranhense.

Com a vitória em casa, o Sampaio Corrêa se consolidou na segunda colocação do Grupo D da Copa do Nordeste, com quatro pontos em duas rodadas. O líder Ceará tem dois pontos a mais que a Bolívia Querida. Já o Salgueiro, com duas derrotas, está na última posição da chave e complicou as suas chances de classificação para as quartas de final da competição regional.

Em ótima situação na Copa do Nordeste, a equipe do Sampaio Corrêa volta agora as suas atenções para o duelo adiado contra o Santa Quitéria, ainda pela segunda rodada do Campeonato Maranhense. O jogo entre a Raposa e o Tubarão será neste sábado (10), às 15h45, no Estádio Rodrigão. O Salgueiro, por sua vez, só volta a campo no próximo domingo (18), para enfrentar o Flamengo de Arcoverde no Estádio Cornélio de Barros, pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano.

O jogo

O Sampaio Corrêa precisou de apenas três minutos para mostrar as suas credenciais ao Salgueiro. Após cobrança de falta de César Sampaio, o goleiro Luciano deu rebote, e Reginaldo Júnior não perdoou, abrindo o placar a favor da Bolívia Querida. Mesmo com a vantagem, o Tricolor não diminuiu o ritmo e teve a chance de ampliar a vantagem aos 16 minutos, com Marlon, que chutou por cobertura e quase surpreendeu Luciano.

Enquanto o Salgueiro tentava se organizar, o Sampaio Corrêa permanecia no ataque. Aos 20 minutos, Uilliam chutou forte, para grande defesa de Luciano. Pouco depois, aos 33, o Tubarão ampliou a vantagem: após cobrança de falta de Marlon, o zagueiro Maurício se atrapalhou e desviou de cabeça para o fundo das redes do Salgueiro.

Em uma situação amplamente favorável, a equipe do Sampaio Corrêa diminuiu um pouco o ritmo e quase foi surpreendido pelo Salgueiro aos 41 minutos, mas Andrey fez grande defesa em finalização de Dadá. O susto acordou o Tricolor, que ainda teve duas chances para marcar o terceiro gol, com Reginaldo Junior, em chute defendido por Luciano, e Junio Rocha, que mandou a finalização para fora.

Sampaio mantém ritmo e transforma vitória em goleada

Mesmo com dois gols de vantagem e com a forte chuva que caía no Estádio Castelão, o Sampaio Corrêa voltou do intervalo com a mesma intensidade no campo de ataque, diante de um atônito Salgueiro. Logo aos cinco minutos, Fernando Sobral fez boa jogada pela esquerda e serviu o artilheiro Uilliam, que anotou o terceiro gol do Bolivão.

Com os 3 a 0, o Sampaio Corrêa valorizou a posse de bola e trocou passes no meio-campo, enquanto o Salgueiro sofria para chegar ao ataque. Em uma das raras tentativas do Carcará, aos 27 minutos, Dadá aproveitou a sobra de uma cobrança de falta e chutou forte, para fora. Pouco depois, o Sampaio mostrou como se faz: aos 35, Junio Rocha fez jogada pela direita, cruzou para a grande área, Marlon deixou a bola passar, e Rodrigo Fumaça chutou forte, decretando a goleada tricolor no Castelão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Junio Rocha, Joécio, Maracás e Kaike; César Sampaio (Silva), Yuri, Marlon (Marcelinho) e Fernando Sobral; Reginaldo Junior (Rodrigo Fumaça) e Uilliam. Treinador: Francisco Diá

SALGUEIRO: Luciano; Maurício, Luís Eduardo e Marlon; Marcos Tamandaré (Néverton), Neto, Peu (Alexon), Dadá e Juninho; Piauí e João Paulo (Laércio). Treinador: Paulo Junior.

Fonte: Imirante

Sobre Jeferson Abreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *