Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Mulheres codoenses valorização e oportunidade na administração publica municipal

Cinthya Rolim Sec.de Ação Social

Cinthya Rolim Sec.de Ação Social


Cinthya Torres Rolim, Secretaria de Ação Social, Larissa Barros, Saúde e Rosina Benvindo, Educação. Três mulheres competentes e determinadas na gestão do atual prefeito de Codó/MA, Zito Rolim.
Em sua pasta, Cinthya Rolim, vem desenvolvendo importante trabalho no atendimento as famílias carentes, promovendo ações de combate a exclusão social e fortalecendo a aproximação das comunidades junto ao poder publico, para a solução de problemas com maiores prioridades.
Larissa Barros Se. de Saúde

Larissa Barros Se. de Saúde


Larissa Barros, assumiu recentemente a Secretaria Municipal de Saúde, e vem demostrando de forma eficiente, sua determinação para resolver as causas mais urgentes que existem na área da saúde pública de Codó e região.
IMG-20160607-WA0054

Rosina Benvindo Sec.de Educação


Na educação Municipal, é justo que se reconheça a dedicação e o empenho da professora Rosina Benvindo, a qual vem fazendo a diferença, no que diz respeito a melhoria na qualidade do processo ensino e aprendizado, fomentando reformas, construções de unidades escolares e a valorização de todo o Sistema Municipal de Ensino na cidade (sede e campo).
Prefeito Zito Rolim

Prefeito Zito Rolim


Em nenhuma outra administração, a mulher codoense foi tão valorizada como agora, uma prova e exemplo para gestores que ainda colocam as mulheres em segundo plano, quando o assunto é liderança nas mais importantes pastas do executivo. É com este firme propósito que o prefeito de Codó/MA, Zito Rolim, pretende concluir o seu mandato que encerra-se no dia 31 de Janeiro de 2016.
Qualificar e valorizar a mulher codoense, é uma das principais metas do Governo Cuidando da Nossa Gente.
Por:Messias Marquejane

Vereador fala sobre Semana Municipal de Combate às drogas e responde críticas de blog

maxO vereado Pastor Max iniciou sua fala na noite de ontem (6) dando ênfase aos trabalhos que serão desenvolvidos durante a I Semana Municipal de Prevenção, Conscientização e Combate às drogas no município de Codó, semana que antecederá a partir do dia 26 de junho, que é o Dia Internacional de Combate às Drogas. “Esta semana será muito importante, pois servirá para todos nós refletirmos sobre o maior problema de saúde e segurança que envolve nossa juventude. A cada dia, as drogas fazem mais vítimas em nossa cidade: jovens perdem o controle de suas vidas, famílias perdem seus filhos, a sociedade perde a Segurança.
Esta Casa, consciente do flagelo das drogas, principalmente a expansão assustadora do crack, aprovou em 2014 o Projeto de Lei de minha autoria instituindo essa semana, que foi sancionada pelo Prefeito Zito Rolim, se tornando a Lei nº 1.702/2014 e uma realidade em nosso município como marco das políticas e ações contra as drogas”. Comentou.
O edil informou que a semana é organizada e promovida pelo Instituto José Ribamar, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Secretaria da Juventude e Rede Codó contra as Drogas. “Tenho convicção de que proteger nossa juventude, é um dos grandes desafios de todos nós. A droga não prejudica apenas o dependente químico e suas famílias, ela contamina todo o tecido social e tem impactos em diversas áreas da administração pública, principalmente na segurança e na saúde. Precisamos nos unir e formar uma frente com pais, professores, profissionais de saúde, organizações não governamentais, poder público e demais setores da sociedade”.
Max também parabenizou o Instituto Maná pelos 10 anos de trabalhos prestados junto às crianças e adolescentes do município de Codó, trabalho que tem resgatado a dignidade de jovens através do acesso à música, a cultura, a educação.
Resposta à publicação no Blog do De Sá
Na segunda parte de sua fala, o vereador questionou a publicação feita pelo repórter e blogueiro Leandro de Sá, na qual fazia referências tendenciosas entre o legislador e secretarias de governo. “Estranho porque esse posicionamento. Eu poderia esperar de qualquer outro blog oposicionista, mas para alguém que se diz aliado do prefeito Zito, confesso que me causa estranheza. Porque infelizmente o que demonstra a matéria, mais uma vez, é uma tentativa de criar um cenário de discórdia, de brigas, de fragilidade entre nós e entre o governo, expondo de forma sarcástica esse factoide. Fico triste, porque a narrativa do factoide escolhe um lado (me coloca como bandido) e se vale de “achismos” de forma escancarada e danosa, baseando-se como fonte de informação boatos e conversas de rua”.
“Acreditamos na imprensa como órgão de fundamental importância para a sociedade. Este setor, quando utilizado com sabedoria, contribui com a coletividade ao trazer luz a verdade dos fatos, é lamentável verificar que de forma equivocada, se explora com maldade, um fato pequeno e já superado agredindo a honra e a moral de um homem publico de conhecida seriedade e respeito. Eu sempre elogiei o posicionamento imparcial e sério do blogueiro, mas pelo visto me enganei e muito”.
Critérios técnicos
O parlamentar esclareceu primeiramente que sua relação com o prefeito Zito Rolim é de respeito, amizade e compromisso e que em nenhum momento usou de artifícios para pressionar para se beneficiar ou ter melhor posição em seu governo. “O que foi colocado na verdade é um desrespeito aos profissionais que encabeçam aquelas secretarias, mesmo que tenham sido indicados por mim, o que não procedeu, foram escolhidos por critérios técnicos, habilidades e competência, e as suas ações fazem prova disso”.
Secretaria de Juventude
Max encerrou ponderando que compromissos políticos existem em todas as instâncias, mas servidores exercem suas funções por competência. “É necessário observar melhor o cenário nacional e estadual. Agora, tentar criar um cenário e colocar a opinião pública contra mim é uma atitude baixa. A secretaria da juventude não é formada só com companheiros de partido. Quase todos os seus membros continuaram na secretaria. Não foram substituídos além da Secretária”. Explicou.
Secretaria de Educação
Na educação, o edil afirmou ser funcionário há quase vinte anos e que construiu durante esse período amizades e uma história de trabalho na educação do município. “Coordenei todos os programas educacionais na gestão do prefeito Zito, onde elevamos o atendimento às escolas, implantamos e dinamizamos o Mais Educação e tantos outros programas. E tenho procurado contribuir como funcionário, cidadão e parlamentar sem qualquer ingerência nesses órgãos como tenta passar a matéria. Estou vereador, mas sou servidor público concursado e continuarei contribuindo com a educação como sempre fiz”.
Ascom

Janot pede prisão de Renan, Sarney e Jucá por tentarem barrar Lava-Jato

sarney-juca-renanBRASÍLIA — O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP) e do senador Romero Jucá (PMDB-RR). A informação é de um interlocutor de ministros do STF. Renan, Sarney e Jucá foram flagrados tramando contra a Operação Lava-Jato em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Os pedidos de prisão já estão com o ministro Teori Zavascki, do STF, há pelo menos uma semana.

Janot também pediu o afastamento de Renan da presidência do Senado, usando argumentos similares aos empregados no pedido de destituição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara e do mandato de deputado federal, o que acabou sendo atendido pelo STF.

Os indícios de conspiração, captados nas gravações e reforçados pelas delações de Sérgio Machado e de seu filho Expedito Machado, são considerados por investigadores mais graves que as provas que levaram Delcídio Amaral à prisão, em novembro do ano passado, e à perda do mandato, em maio. De acordo com a fonte, Delcídio tentou manipular uma delação, a do ex-diretor de Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, enquanto Renan, Sarney e Jucá planejavam derrubar toda a Lava-Jato.

A INFLUÊNCIA DE SARNEY

Para essa pessoa com acesso às investigações, não há dúvida de que, se a trama não fosse documentada pelas gravações de Sérgio Machado, a legislação seria modificada de acordo com o interesse dos investigados. Renan, Jucá e Sarney estão entre os políticos mais influentes do Congresso. Sarney, mesmo sem mandato, controla bancadas na Câmara e no Senado. Ele teria tido, inclusive, papel decisivo no processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. Jucá, logo depois que Michel Temer assumiu interinamente a presidência da República, foi alçado ao cargo de ministro do Planejamento, mas caiu após a divulgação das escutas.

Numa série de depoimentos que prestou, após firmar acordo de delação premiada, Machado disse que distribuiu R$ 70 milhões em propina para Renan, Sarney e Jucá, entre outros políticos do PMDB durante os 12 anos que esteve à frente da Transpetro, como revelou O GLOBO na sexta-feira. Nas conversas gravadas por Machado, Renan, Jucá e Sarney aparecem discutindo medidas para interferir na Lava-Jato.

Padrinho político de Machado e alvo central da delação do ex-presidente da Transpetro, Renan sugere mudar a lei para inibir a delação premiada. A delação tem sido usada em quase todos os inquéritos abertos na Lava-Jato, inclusive os instaurados contra o presidente do Senado. Mais ousado, Jucá descreve uma articulação política dele e de outros líderes para derrubar a presidente Dilma e, a partir daí, “estancar a sangria da Lava-Jato”.

Sarney sugere a escalação de dois advogados — Cesar Asfor Rocha, ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e Eduardo Ferrão — para uma conversa com Teori Zavascki, relator da Operação Lava-Jato no STF. Para a Procuradoria-Geral da República, está claro que a ação de Renan, Jucá e Sarney tinha como objetivo obstruir as investigações sobre a organização especializada em desviar dinheiro de contratos entre grandes empresas e a Petrobras.

A divulgação de parte das conversas de Machado já resultaram na demissão de Jucá do Planejamento e do consultor Fabiano Silveira, do Ministério da Transparência, em menos de um mês de governo Temer. Agora, caberá ao STF deliberar sobre o pedido de Janot. O pedido foi encaminhado a Teori, mas depende de decisão do plenário do tribunal. Nos últimos dias, Teori sondou colegas de tribunal sobre o assunto.

Esta é a primeira vez que um procurador-geral da República pede o afastamento e a prisão de um presidente do Senado. O pedido de afastamento de Renan foi noticiado pelo jornal “Valor Econômico” na semana passada. Caberá aos ministros decidirem se Renan, alvo de 12 inquéritos no STF, ainda preenche os requisitos para permanecer na presidência do Senado e na linha sucessória da presidência da República. Uma das bases para a futura decisão pode ser o caso Eduardo Cunha.

Cunha foi destituído da presidência da Câmara e do mandato de deputado por tentar atrapalhar a Lava-Jato e por ser portador de uma longa ficha de acusações de corrupção. Cunha foi citado como destinatário de propina por pelo menos sete delatores. Em razão das acusações, já responde a um processo e pelo menos quatro inquéritos no âmbito da Lava-Jato.

PROPINA DE R$ 70 MILHÕES

Nos depoimentos da delação premiada, Machado disse que arrecadou mais de R$ 70 milhões para Renan, Sarney e Jucá, entre outros líderes do PMDB que davam sustentação à permanência dele na presidência da Transpetro. Responsável pela indicação de Machado à presidência, ainda em 2003, Renan foi, segundo o ex-presidente, destinatário de R$ 30 milhões. Jucá e Sarney teriam recebido R$ 20 milhões cada um. Machado disse ainda que arrecadou dinheiro para o senador Edison Lobão (PMDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia, e para o senador Jader Barbalho (PMDB-PA).

Depois de confessar crimes cometidos em nome dele e dos padrinhos políticos, Machado se comprometeu com os investigadores da Lava-Jato a devolver aproximadamente R$ 100 milhões. Parte do dinheiro era administrado por Expedito, um dos quatro filhos dele, que vivia em Londres. As contas com o dinheiro ilegal estão num banco na Suíça. Outros dois filhos de Machado também fizeram delação.

Na sexta-feira passada, procurado pelo GLOBO para falar sobre a acusação de receber dinheiro de Machado, Renan disse que apenas mantinha relação institucional com o ex-presidente da Transpetro. Dias antes, quando as primeiras gravações vieram à tona, o senador disse que, na conversa com Machado, apenas expressou um ponto de vista sobre a Lava-Jato.

Também na semana passada, Jucá negou que tenha recebido qualquer dinheiro ou autorizado alguém a receber recursos em nome dele. O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, responsável pela defesa de Sarney, disse, também semana passada, após o noticiário sobre as gravações, que não poderia responder sobre fragmentos da delação. Antes de dar entrevista, ele quer ter acesso completos ao autos

Fonte: O Globo

Prefeito Zito Rolim recebeu ontem das mãos do Governador Flavio Dino o caminhão para agricultura familiar

received_1087669727994347O Prefeito Zito Rolim esteve ontem em São Luis com uma.comitiva a onde foi receber das mãos do Governador Flávio Dino as chaves do caminhão para a Agricultura Familiar .
O Prefeito disse está muito  feliz em conseguir mais esse grande benefil para os agricultores de nossa cidade .
Mesmo em seu último ano de governo não se acomodou e continua fazendo o que é melhor para a sua população.
“ESSA É MAIS UMA CONQUISTA DO NOSSO POVO” disse  o Prefeito Zito.
Dando continuidade à política de fortalecimento da produção no Estado, o governador Flávio Dino participou da entrega, fruto da parceria com o Governo Federal, de 19 equipamentos para a modernização de Unidades de Distribuição de Alimentos da Agricultura Familiar (Udaf), da adesão de mais sete municípios ao PAA do Leite, e da assinatura da parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) para assistência técnica e gerencial. A solenidade, realizada nesta segunda-feira (6), no Palácio Henrique de La Rocque, contou com a presença do secretário de segurança alimentar e nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), Caio Rocha.received_1087669831327670
O governador Flávio Dino ressaltou que as ações apresentadas fazem parte da política de priorização de investimentos no setor primário. Para ele, durante muito tempo, o Maranhão viveu em uma matriz econômica equivocada, em que se priorizaram grandes investimentos que pouco retorno trouxeram ao povo maranhense. “E nós estamos invertendo essa lógica. Acreditamos no pequeno produtor como aquele que grandemente produzirá os resultados que nós precisamos na geração de empregos, oportunidades e tributos, porque uma agricultura, pecuária, extrativismo e pesca fortes, é pré-condição para o desenvolvimento de outros setores econômicos”, ressaltou Flávio Dino.received_1087669881327665
Na ocasião, o Governo, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), assinou convênio de R$ 4 milhões com o Senar para assistência técnica e gerencial a 1550 propriedades/produtores, das cadeias de hortifruti, arroz, leite, carne e couro e aquicultura, em todo o estado. A parceria terá um ano de duração e os trabalhos serão iniciados no mês de julho.
“O conhecimento como elemento nuclear de uma política de desenvolvimento. O Senar vai fazer isto, mediante esse contrato para várias cadeias produtivas. São cinco cadeias de um total de 10 que nós estamos trabalhando como prioritárias, para que nosso Estado seja autossustentável no que se refere a produção de alimentos que é nosso objetivo principal”, finalizou o governador Flávio Dino.

Fabril e Pirapemas são os finalistas do Intermunicipal sub 18

IMG_20160526_195357No último sábado, aconteceram as semifinais do Intermunicipal de futebol sub 18 Miguel Lima Neto, no primeiro jogo, Fabril x Codo Esporte Clube se enfrentam, e logo nos primeiros minutos o Fabril abriu placar com um gol de cabeça. Mas não demorou muito, e poucos minutos depois Odair Jr de falta deixou 1×1 placar do jogo.
Nos minutos finais o Fabril voltou a ficar a frente do Placar, desta vez de pênalti, e com um jogador a mais, o goleiro Deir do Codo Esporte Clube foi expulso após cometer o pênalti.
O segundo tempo, mesmo com um jogador a menos, o Codo Esporte Clube teve melhor em campo, e chegou a empatar jogo, mas o Fabril sempre estava na cara do gol, aproveitando também falhas da defesa adversária. Ma o placar ficou final ficou mesmo em 2×2.
A decisão dos pênaltis, o goleiro Eduardo do Codo Esporte Clube, bateu pra fora a ultima cobrança e o Fabril em seguida converteu e garantiu a vaga para final da competição.
 
No segundo jogo, Pirapemas venceu a escolinhas Marcos Pimentel por 2×0, em um jogo que o time de professor Arizinho abusou de perder gols no primeiro tempo e permitiu o time de Pirapemas crescer na partida no segundo tempo e matar o jogo em dois contra ataques.
Fabril x Pirapemas continuam invictos e fazem a grande final, próximo sábado, dia 11 as  horas no Renê Bayma.
POR RM PROPAGANDA & MARKETING ESPORTIVO

Francisco Nagib ministra palestra sobre sustentabilidade e a importância da reciclagem

IMG_20160606_195657No último fim de semana, o empresário Francisco Nagib reuniu a classe de trabalhadores catadores de lixo para ministrar uma pequena palestra sobre sustentabilidade e a importância da reciclagem para o meio ambiente. O encontro aconteceu no auditório da sede do Grupo FC Oliveira, onde o empresário falou sobre temas como desenvolvimento sustentável e a reciclagem de embalagens. Na ocasião, também foram distribuídos aos catadores de lixo um kit de proteção para o trabalho, com luvas e mascara que irão proteger os trabalhadores durante sua atividade e evitar incidentes com objetos cortantes.IMG_20160606_195620
Uma nova empresa chegando
Durante a palestra, Francisco Nagib aproveitou para anunciar mais um novo empreendimento do Grupo FC Oliveira: uma empresa de reciclagem de resíduos sólidos, com capacidade de retornar ao mercado 450 toneladas de resíduos plásticos por mês. De acordo com o empresário, o objetivo é transformar a FC Oliveira em referência de atuação socioambiental no setor de material de limpeza. Ainda em fase de testes, a usina será mais um empreendimento pioneiro do Grupo FC Oliveira, que se tornará a única indústria no Brasil a possuir, dentro de sua planta industrial, uma usina de reciclagem de plástico.
Nagib afirma que o investimento em reciclagem é proveitoso em todos os sentidos, beneficiando empresa, trabalhadores e a população. “Nossa meta é crescer de forma sustentável e preservando o meio ambiente. A filosofia de reciclar as embalagens dos produtos que vendemos já faz parte de nossa história. Com a nova usina vamos tirar centenas de toneladas de resíduos do meio ambiente, além de gerar emprego e renda”. Explicou.
Ascom

Relator da CCJ dá parecer que pode evitar cassação de Cunha

cunha_waldirRelator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de consulta feita pelo presidente interino da Casa sobre o rito de cassação de parlamentares, o deputado Arthur Lira (PP-AL) apresentou nesta segunda-feira (5) parecer no qual defende que seja submetido ao plenário um projeto de resolução, em vez do relatório elaborado pelo Conselho de Ética.
Na semana passada, o presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), encaminhou a CCJ uma consulta questionando, genericamente, os ritos dos processos de quebra de decoro parlamentar de deputados federais que, teoricamente, pode vir a evitar a cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Segundo integrantes do Conselho de Ética ouvidos pelo G1, um dos objetivos da consulta de Waldir Maranhão é evitar, futuramente, que o plenário da Casa reverta eventual pena alternativa proposta pela maioria dos integrantes do colegiado e determine a cassação de Eduardo Cunha.
Cunha responde, no Conselho de Ética, a um processo de quebra de decoro parlamentar sob a acusação de ter mentido, no ano passado, à CPI da Petrobras quando disse que não possui contas bancárias no exterior.
Na consulta, o presidente em exercício questionou, entre outros pontos, se, na eventualidade de o Conselho de Ética rejeitar a recomendação original do relator e propor uma pena alternativa, mesmo assim a representação que pede a cassação tem de ser submetida à votação no plenário.
Na resposta a Maranhão, Arthur Lira disse que, na avaliação dele, por se tratar de um projeto de resolução, é possível que os deputados apresentem emendas ao projeto diretamente no plenário para tentar alterar o teor da proposta, desde que não tenham a intenção de prejudicar o alvo da ação.
Uma das estratégias traçadas por aliados de Eduardo Cunha é tentar amenizar a eventual punição ao peemedebista na votação do processo de cassação no plenário da Câmara para evitar que ele perca o mandato.
A consulta de Maranhão e a consequente resposta da CCJ abriria caminho para a apresentação de emendas propondo reverter a punição de cassação por outra mais branda, como censura ou suspensão.
O parecer apresentado por Arthur Lira ainda será submetido à votação no plenário da CCJ na sessão desta terça-feira (7).
Pena alternativa
Pelas regras atuais, mesmo que o Conselho de Ética recomende uma punição mais branda do que a perda do mandato, o plenário principal da Câmara é obrigado a analisar o pedido que originou o processo por quebra de decoro parlamentar.
No caso de Cunha, Rede e PSOL – autores da representação contra o presidente afastado da Câmara – pedem que ele perca o mandato.
Com a consulta feita por Waldir Maranhão, os aliados de Eduardo Cunha acreditam que a CCJ possa proibir que o plenário vote a cassação, pena máxima prevista para casos de quebra de decoro parlamentar.
O relatório do deputado Marcos Rogério (DEM-RO), que recomenda a cassação de Cunha, deve ser votado no Conselho de Ética nesta terça-feira (7).
Veja a íntegra das respostas de Arthur Lira aos questionamentos do presidente interino da Câmara:
a) Finalizado o processo político-disciplinar com a aprovação de parecer que conclua pela aplicação de penalidade, formalizado por meio de projeto de resolução do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, na forma dos arts. 13, caput, e 14, § 4º, IV, ambos do Código de Ética e Decoro Parlamentar (CEDP), o que é submetido à deliberação do Plenário: o projeto de resolução ou o parecer?
O Plenário delibera o projeto de resolução formalizado pelo Conselho de Ética, nos termos do artigo 13, caput, ou 14, §4º, IV, do Código de Ética e Decoro Parlamentar, conforme o caso.
b) Ao se apreciar em Plenário o aludido projeto de resolução, admitem-se emendas de Plenário?
Sim, nos termos do artigo 118, caput, combinado com o 138, I, “e”, do Regimento Interno.
c) As emendas podem se prejudiciais ao Representado?
Não, sob pena de violação da ampla defesa prevista no § 2º do artigo 55 da Constituição.
d) No caso de rejeição, pelo Plenário, do referido projeto de resolução, passa-se à deliberação originalmente oferecida ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar ou essa é considerada prejudicada?
Rejeitado, pelo Plenário, o projeto de resolução destinado à aplicação da penalidade, a respectiva proposição é simplesmente arquivada, com a consequente absolvição do parlamentar processado.

Por Fernanda Calgaro
Do G1, em Brasília

Grande multidão prestigiou o pré lançamento da candidatura de Nonato Pessoa a prefeito de Timbiras

IMG_20160606_130117O lançamento da pré-candidatura de Nonato pessoa à prefeito de Timbiras foi  um sucesso. Mais de 1.300 pessoas estiveram na tarde de sábado (04) no Iraque Show prestigiando o encontro político-partidário do PDT. Na oportunidade foram lançados, também, as pré-candidaturas à vereador de várias lideranças politicas, sindicais e comunitárias de Timbiras.

O presidente do Diretório Regional do PDT, deputado federal Weverton Rocha, e os deputados federais Fábio Macedo e Fábio Braga, prestigiaram o pré-lançamento da candidatura de Nonato Pessoa. O deputado Fábio Macedo visitou Nonato Pessoa na casa dele. O parlamentar não participou do encontro no Iraque Show, porque teve que viajar para outro município.IMG_20160606_130006

Na solenidade do lançamento da pré-candidatura de Nonato  Pessoa centenas de pessoas marcaram presença. Vereadores, suplentes de vereador, pré-candidatos a prefeito do PSDB, PDT e do PC do B, Dr. Borba, Anderson Morroe e Carlinhos Borba, respectivamente, marcaram presença.IMG_20160606_130027

Na oportunidade, o presidente do Diretório Estadual do PDT, deputado federal Weverton Rocha, falou para os presentes sobre a emoção do partido de ter um pré-candidato a prefeito de Timbiras, como Nonato Pessoa. O deputado estadual Fábio Braga (SD), também, fez uso da palavra.IMG_20160606_130059

Os pré-candidatos a prefeito de Timbiras, Carlinhos Borba (PC do B),  e Dr. Borba (PSDB) prestigiaram a pré-candidatura de Nonato Pessoa e fizeram pronunciamentos.

Nonato Pessoa, ao falar para os amigos que estavam no Iraque Show, agradeceu a presença de todos e afirmou que irá trabalhar com força e compromisso para esse desafio que está sendo convidado em ajudar a recuperar Timbiras do recesso e sofrimento que está sofrendo a cidade e a zona rural.

O lançamento da pré-candidatura de Nonato Pessoa deu uma demonstração que o PDT timbirense está forte para ganhar a prefeitura municipal.
Por Marcelo Rocha

Homem mata mulher com golpe de faca em Pedreiras neste domingo veja o video

2a95d243-2647-476e-8001-f062c154d417No final da manhã deste domingo (05), uma mulher de 31 anos, identificada como Aindene Ferreira da Conceição, foi assassinada com golpes de faca desferidos pelo seu esposo, Antônio José Soares da Silva, de 57 Anos. O feminicídio aconteceu no Conjunto Porto Seguro, próximo ao Clube Chacal, bairro do Engenho, em  Pedreiras (MA).2e7ea218-e5cc-4ba1-8abd-dad23dbeefe9
De acordo com informações, a vítima foi morta dentro de casa, quando o marido chegou, iniciou uma discursão com ela e, logo em seguida, deferiu os golpes de faca. Cristiane ainda tentou se esquivar do autor, que em determinado momento acabou desferindo um golpe contra a barriga da mulher.
A população chamou a polícia, a casa foi cercada pela PM do 19º Batalhão de Pedreiras e a Polícia Civil; cercado, o agressor tentou contra sua própria vida, no entanto, acabou dominado pela polícia que precisou invadir a casa. Com vários ferimentos pelo corpo, produzidos contra si mesmo, Antônio foi inicialmeinte encaminhado para o hospital para receber os primeiros socorros, depois de liberado para ser apresentado na DP de Pedreiras, onde se encontra preso a disposição da justiça.
O corpo foi levado para o necrotério do Hospital Geral de Pedreiras. O caso foi registrado como feminicídio e violência doméstica e familiar.
Aindene Ferreira da Conceição ganhou a motocicleta Pop no sorteio realizado pela Prefeitura de Trizidela do Vale no evento de homenagem ao Dia das Mães deste ano.
“No dia do bingo ela estava muito feliz, disse que a chegada dessa moto era uma bênção na vida dela, pois ia facilitar bastante a vida dela, pois iria deixar os filhos dela na escola de moto”, disse uma testemunha.
Há versões que afirmam que o marido dela estava obrigando a mesma vender o veículo e repartir o dinheiro com ele.

Fonte :Blog do Carlinhos filho