Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Série Antes e Depois mostra feitos da administração municipal de Codó nos últimos anos

IMG_20160317_063833O site Codó Notícias irá fazer uma grande retrospectiva das obras do atual governo municipal, no intuito de mostrar todos os feitos, benfeitorias e ações da atual gestão e, ao mesmo tempo, compará-las a períodos anteriores, quando outros governos eram responsáveis por fazer aquilo que criticam hoje. Durante semanas, o leitor do Codó Notícias irá recordar tudo que já foi feito, as obras, reformas e ampliações e todo o trabalho no município realizado em todas as áreas. No entanto, o foco principal serão as obras realizadas na administração Zito Rolim, período de maior número de inaugurações de obras entregues ao povo.
Em nossa matéria de estreia vamos pegar o exemplo de uma quadra no Conjunto Vereda, comunidade localizada no Bairro São Francisco e que conta com grande número de moradores. Na imagem, mostramos a foto de como era a “quadra” na época do ex-prefeito Biné Figueiredo, e de como ficou após a obra feita no Governo da Nossa Gente. Para lembrar ao leitor a quadra foi inaugurada com toda a estrutura adequada para a prática de esporte. Inúmeros campeonatos já foram realizados na quadra poliesportiva. Na sequencia da série Antes e Depois vamos continuar mostrando quantas obras foram realizadas, áreas revitalizadas e a infraestrutura da cidade recuperada. Aguardem.
Da redação do Codó Notícias

Deputado Cesar Pires depois de largar o DEM se filia ao PEN

cesar-1O deputado César Pires (DEM) anunciou, hoje (16), sua filiação ao Partido Ecológico Nacional (PEN). Segundo o deputado, sua decisão de deixar o DEM foi motivada por questões meramente pessoais.
O DEM, ex Partido da Frente Liberal (PFL), foi o primeiro partido do parlamentar, cujo ingresso deu-se no ano 2000, e pelo qual conquistou quatro mandatos de deputado estadual. “Reconheço e agradeço ao DEM todas as conquistas por mim alcançadas ao longo dos mais de 30 anos de vida pública. Sou grato a todos os correligionários do DEM que direta e indiretamente contribuíram para tanto”, ressaltou.
O parlamentar pontuou que chega para somar ao novo partido.
“Chego ao PEN com muita humildade e a determinação de reconstruir minha trajetória política sempre pautada em critérios, valores e crenças. Coloco-me, no PEN, na condição de mais um que se soma aos que lá já estão com a tarefa de construir um partido comprometido com as transformações do Estado do Maranhão e focado na construção de uma sociedade mais justa e solidária”, enfatizou.
Diretório em Codó
Tivemos informações de que o Deputado já está tentando tomar a direção do partido em Codo que está nas mãos do secretário de meio ambiente Ferdinando Rocha.

José Sarney e Edison Lobão são citados em deleção de Delcídio

IMG_20160317_062500O Supremo Tribunal Federal (STF) homologou nesta terça-feira (15) a delação premiada do senador Delcídio do Amaral, ex-líder do governo Dilma Rousseff no Senado. Na delação, Delcídio narra inúmeras acusações de corrupção, propina e irregularidades.
Um dos pontos da delação diz respeito a usina hidrelétrica de Belo Monte, maior obra do governo federal, com forte impacto ambiental na floresta amazônica e no rio Xingu. Belo Monte já recebeu a licença final e deve começar a gerar energia ainda este mês – ela terá potência para gerar 4 mil MW por ano, com picos de 11 mil MW.
Segundo Delcídio, as irregularidades começam no leilão da usina, em 2010. Três dias antes do leilão, as grandes empreiteiras que pretendiam tocar a obra, como a Andrade Gutierrez, decidiram abandonar o certame. Com medo do fracasso no leilão, o governo mobilizou empresas de médio porte que formaram um consórcio e apresentaram uma proposta. Foi a única proposta recebida e esse consórcio venceu o leilão. Poucos meses depois, as empreiteiras que tinham abondanado a proposta entraram para o consórcio como sócios e, na prática, passaram a controlar a obra. A leitura de Delcídio é que as empresas de médio porte não tinham condições de tocar a obra, e as grandes que desistiram da obra o fizeram para tentar influenciar o governo para aumentar seus lucros.
A segunda irregularidade aparece nos contratos de equipamentos para a usina. Segundo Delcídio, dois grupos disputavam os contratos para fornecer equipamentos para Belo Monte – um deles formado por empresas chinesas, outro por empresas nacionais. A delação diz que uma intervenção feita por Silas Rondeau, Erenice Guerra e Antonio Palocci resolveu a disputa a favor das empresas nacionais. Desses contratos, foram retiradas propinas para o PT e para o PMDB.
“Delcídio, pelo acima relatado, acredita que a contratação de equipamentos girou em torno de R$ 15 milhões e R$ 20 milhões de contribuições ilícitas para as campanhas do PMDB e do PT”, diz o texto da delação. Segundo Delcídio, o valor do PT foi destinado para campanha eleitoral da presidente Dilma, e o do PMDB para o “grupo do Sarney”, que tem vários nomes do PMDB, incluindo o senador José Sarney e o então ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. A denúncia diz que quem pagou a propina foi a empreiteira Andrade Gutierrez.

Ex-prefeito de Davinópolis é preso pela PRF

fe37cac2-cb17-44d7-be7d-fe91d361fc2d-768x547O ex-prefeito de Davinópolis, Juscelino de Sousa Vieira, foi preso, na manhã desta quarta-feira (16), na BR-010, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em virtude um mandado de prisão preventiva.
Segundo informações, a ordem judicial foi expedida pelo juiz Delvan Tavares, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Imperatriz, e diz respeito ao crime de improbidade administrativa, pois constatado que houve irregularidades nas prestações de contas e licitações do município de Davinópolis, enquanto Vieira era gestor.
No momento da prisão, Juscelino conduzia o veículo FORD/CARGO 1317 placas MVP-7035, pertencente a uma transportadora sediada no Maranhão., quando foi parado em blitz da PRF na rodovia. Nesse momento, policiais consultaram o sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e descobriram que havia um mandado de prisão em aberto em desfavor do ex-prefeito, desde de abril de 2015.
A sentença contra o ex-gestor, que ficou a frente da Prefeitura de Davinópolis entre os anos de 2000 e 2004, foi proferida em 31 de julho de 2013 e a ordem judicial tem validade até 2025. Pesa contra Juscelino Vieira, cearense de Guaraciaba do Norte, a prática de crime previsto no artigo 89 da Lei 8.666 c/c art. 71, caput, do Código de Processo Penal.
Após a verificação, Juscelino foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil em Imperatriz, para serem tomadas as medidas cabíveis.
Fonte:Neto Ferreira
 

Sérgio Moro divulga grampo telefônico de Lula com Dilma

moroO juiz Sérgio Moro retirou nesta quarta-feira (16) o sigilo de interceptações telefônicas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As conversas gravadas pela Polícia Federal incluem diálogo desta quarta com a presidente Dilma Rousseff, que o nomeou como ministro chefe da Casa Civil. (Ouça gravação no vídeo acima).

No despacho em que libera as gravações, Moro afirma que, “pelo teor dos diálogos degravados, constata-se que o ex-Presidente já sabia ou pelo menos desconfiava de que estaria sendo interceptado pela Polícia Federal, comprometendo a espontaneidade e a credibilidade de diversos dos diálogos”.
Moro afirma, ainda, que alguns diálogos sugerem que Lula já sabia das buscas feitas pela 24ª fase da Operação Lava Jato no início do mês. Leia a íntegra do despacho.
O advogado de Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin Martins, disse que a divulgação do áudio da conversa entre a presidente Dilma Rousseff com Lula é uma ‘arbitrariedade’ e estimula uma ‘convulsão social’.
Conversa com Dilma
– Dilma: Alô
– Lula: Alô
– Dilma: Lula, deixa eu te falar uma coisa.
– Lula: Fala, querida. Ahn
– Dilma: Seguinte, eu tô mandando o ‘Bessias’ junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!
– Lula: Uhum. Tá bom, tá bom.
– Dilma: Só isso, você espera aí que ele tá indo aí.
– Lula: Tá bom, eu tô aqui, fico aguardando.
– Dilma: Tá?!
– Lula: Tá bom.
– Dilma: Tchau.
– Lula: Tchau, querida.
O Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo, disse que o diálogo de Dilma, ao contrário da interpretação da oposição, não estava dando a Lula um documento para ele se livrar de possível ação policial.
Segundo o ministro, a presidente estava enviando a Lula o documento chamado termo de posse, para ele assinar. Isso porque Lula, de acordo com Cardozo, estava com problemas para comparecer à cerimônia de posse marcada para quinta-feira (17).
O Planalto emitiu nota em que afirma que vê ‘afronta’ a direito de Dilma na divulgação do telefonema. Leia na íntegra.
Cargo de ministro
Em outro trecho, Lula afirma que jamais iria para o governo para se proteger. Ele conversa com Valmir Moraes da Silva e com o governador do Piauí Wellignton Dias.
– Wellington Dias: O Brasil precisa nesse instante de você aqui. Sei que não é uma operação que não é fácil para você. Há, pelo que eu sei, disposição dela [Dilma] e acho que vale a pena, viu presidente?
– Lula: Mas deixa eu te falar, eu vou ter uma conversa com ela, porque não é fácil. Não é uma tarefa fácil. Veja, eu jamais direi ao governo para me proteger.
– Wellington Dias: Não, eu sei. Mas não é para isso. Isso que você está fazendo é uma coisa excepcional. É uma coisa fantástica que você está fazendo se caminhar nas duas direção [sic] o que você está fazendo, essas duas medidas que a gente tá tratando da economia. To aqui para falar com ela [Dilma] sobre isso. Oito partidos, 21 governadores, que dão sustentação às mudanças que ela precisa fazer para a economia. Não tem jeito. Ela tem que aumentar um pouco o endividamento para poder ter dinheiro para fazer esse país.
– Lula: Eu acho, eu acho, eu acho. A coisa mais simples que ela tem que fazer.
Influência
O juiz diz que algumas em algumas conversas se fala, aparentemente, “em tentar influenciar ou obter auxílio de autoridades do Ministério Público ou da Magistratura em favor do ex-Presidente”. Moro ressalta, porém, que não há nenhum indício nas conversas, ou fora delas, de que as pessoas citadas tentaram, de fato, agido “de forma inapropriada”.
“Em alguns casos, sequer há informação se a intenção em influenciar ou obter intervenção chegou a ser efetivada”, observa o juiz.
Um dos casos citados por Moro faz referência à Ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal (STF), “provalvemente para obtenção de decisão favorável ao ex-Presidente na ACO 2822”. Na ocasião, Weber negou pedido apresentado pela defesa do ex-presidente para suspender duas investigações sobre um triplex em Guarujá (SP) e um sítio em Atibaia (SP) ligados a ele.
“A eminente Magistrada, além de conhecida por sua extrema honradez e retidão, denegou os pleitos da Defesa do ex-Presidente”, afirmou Moro.
Outro ministro que também aparece nos diálogos é Ricardo Lewandowski. “Há diálogo que sugere tentativa de se obter alguma intervenção do Exmo. Ministro Ricardo Lewandowski contra imaginária prisão do ex-Presidente, mas sequer o interlocutor logrou obter do referido Magistrado qualquer acesso nesse sentido”, consignou o juiz.
A ministra Rosa Weber e a presidência do STF informaram que não iriam comentar o caso.
Moro afirma também que há menção ao recém nomeado Ministro da Justiça Eugênio Aragão, sobre quem Lula diz que “parece nosso amigo”, mas de quem reclama porque “este não teria prestado qualquer auxílo”. “Eu às vezes fico pensando até que o Aragão deveria cumprir um papel de homem naquela porra, porque o Aragão parece nosso amigo, parece, parece, mas tá sempre dizendo ‘olha…’.”, diz trecho da conversa. (Ouça a gravação acima)
Eugênio Aragão informou que não iria se manifestar.
O juiz registra no despacho que registrou essas referências “apenas para deixar claro que as aparentes declarações pelos interlocutores em obter auxílio ou influenciar membro do Ministério Público ou da Magistratura não significa que esses últimos tenham qualquer participação nos ilícitos”. Para Moro, porém, isso “não torna menos reprovável a intenção ou as tentativas de solicitação”.
Campanha de 2018
Logo após deixar o aeroporto de Congonhas, onde prestou depoimento para a força-tarefa da Operação Lava Jato no início do mês, Lula criticou as investigações em conversa telefônica com Dilma. O ex-presidente diz para Dilma que irá aproveitar a militância e antecipar a campanha para 2018.
“Eu, estou dizendo aqui pro PT, Dilma que não tem mais trégua, não tem que ficaracreditando na luta jurídica, nós temos que aproveitar a nossa militância e ir pra rua. Eu sinceramente, que tô querendo me aposentar, eu vou antecipar minha campanha pra 2018, eu vou acertar de viajar esse país a partir da semana que vem, sabe?! E quero ver o que vai acontecer. É, lamentavelmente, vai ser isso, querida. Eu não vou ficar em casa parado”, afirmou Lula.
Espetáculo
Na mesma conversa, o ex-presidente afirma que o juiz Sérgio Moro “quis fazer um espetáculo, antes da decisão daquele negócio que tá no Supremo pra decidir, a gente não sabe se é contra ou a favor, mas ele precisava fazer um espetáculo de pirotecnia. As perguntas foram as mesmas que eu já respondi ao MP e a dois delegados da PF”, disse
Lula
Ele segue criticando as apreensões nas casas dos filhos e dos membros do Instituto Lula, como Clara Ant. “A Clara tava dormindo sozinha quando entrou cinco homens lá dentro, ela pensou que era presente de Deus, era a Policia Federal, sabe? então…(risos)”.
Dilma respondeu: “Ela pensou que era um presente de Deus? (risos)”
“Então é isso Dilma, eu acho que foi um espetáculo de pirotecnia. A tese deles é de que tudo que tá acontecendo foi uma quadrilha montada em 2003 e que portanto, sabe, ela perdura até hoje, sabe? E dentro do Palácio, é a tese deles, é a tese deles. Então eles não precisam de explicação, como a teoria do domínio do fato não precisava de explicação, o crime estava dado, agora é o seguinte a imprensa diz que é criminoso e eles colocam em prática”, criticou Lula.
Janot
Em relatório feito a partir dos áudios, a PF traz trecho em que Lula comenta com Luiz Carlos Sigmaringa que Rodrigo Janot, procurador-geral da República, recusou quatro pedidos de investigação do senador Aécio Neves, mas aceitou um único contra ele.
“Em seguida, Lula sugere que Janot, como forma de gratidão por ter sido nomeado por ele, não poderia ter aceitado o pedido de investigação: ‘Essa é a gratidão…Essa é a gratidão dele por ele ser Procurador’”, afirmou Lula, segundo a PF.
Conforme os investigadores, Sigmaringa sugere utilizar a imprensa para constranger Janot, ao que Lula responde: “Então conversa com o Cristiano”. A conversa termina em seguida.
Fim do sigilo
Segundo Moro, o “levantamento [do sigilo] propiciará assim não só o exercício da ampla defesa pelos investigados, mas também o saudável escrutínio público sobre a atuação da Administração Pública e da própria Justiça criminal”. “A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras”, escreveu.
Ainda conforme o magistrado, o sigilo também não se justifica em razão de a “prova ser resultante de interceptação telefônica”. “Sigilo absoluto sobre esta deve ser mantido em relação a diálogos de conteúdo pessoal inadvertidamente interceptados, preservando-se a intimidade, mas jamais, à luz do art. 5º, LX, e art. 93, IX, da Constituição Federal, sobre diálogos relevantes para investigação de supostos crimes contra a Administração Pública”, argumentou.
Envio ao STF
Ao fim do despacho, Moro informa que, diante da notícia de que Lula aceitou convite para ocupar o cargo de ministro chefe da Casa Civil, as investigações serão enviadas ao Supremo Tribunal Federal. O material deve ser enviado após a posse, que está marcada para terça-feira (22).
 

Caxias sedia abertura do Brasil Nordeste e Campeonato Maranhense de Enduro de Regularidade no fim de semana

IMG_20160316_063247Mais uma vez a Princesa do Sertão sedia a abertura do Brasil Nordeste e do Campeonato Maranhense de Enduro de Regularidade, no VIII Enduro Rally do Leste. A competição ocorrerá no próximo fim de semana.
Os organizadores Constantino Castro, Antônio Carlos (Netão), Alancardex Júnior e Paolo Mussalém, prometem abrir o campeonato da melhor forma possível, com muita adrenalina, emoção e um belo roteiro para os pilotos e navegadores.
Na oitava edição estão sendo esperados cerca de 100 participantes. Já confirmaram inscrição competidores dos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Bahia, Pará, Minas gerais, Espírito Santo e Pernambuco.
Na sexta-feira, dia 18, das 17h às 19h, pilotos e navegadores confirmam inscrição e recebem material no Hotel Alecrim. Logo após, os competidores irão para a frente da Prefeitura de Caxias para a “Largada Promocional”, onde eles se apresentarão para o público presente.
Um campeonato homologado pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, o Enduro Rally do Leste terá os moldes do “brasileiro”, com provas de dois dias (19 e 20), sendo uma etapa em cada dia.
No sábado, dia 19, competem motos, carros, quadriciclos e UTV’s. A largada oficial será às 8h da manhã, em frente a Prefeitura Municipal. O resultado oficial dos carros, quadriciclos e UTV’s será divulgado às 15h, no Posto Leste, no Centro.
Domingo, dia 20, a disputa será apenas entre as motos, com largada às 7h da manhã, novamente na Prefeitura. O resultado oficial será apresentado às 16h, no Posto Leste.
A festa de encerramento está marcada para às 16h30, com o SUNSET no Marília Eventos, na animação de Fabrícia & Banda, Bill Martins e Paredão do Galinha. Todos os competidores são convidados para a comemoração.
Categorias
As categorias que disputarão o Enduro Rally do Leste 2016 são as seguintes:
* Motos (Máster/ Sênior/ Over/ Júnior/ Novato)
* Carros 4×4 (Graduado/ Turismo/ Iniciante)
* Utv’s (categoria única UTV’s)
* Quadriciclos (Graduado/ Novato)
Inscrições
Para participar o competidor deve cumprir alguns critérios:
* Ser filiado a uma federação;
* Possuir equipamentos de navegação;
* Possuir equipamentos de segurança: capacetes, joelheiras e roupas apropriadas.
As inscrições acontecem na internet até a véspera da competição. O endereço é: www.enduroma.com.br.

Vereador Leonel Filho pondera sobre as limitações de orçamento para a infraestrutura de Codó

leo11 - CópiaCom a voz bastante comprometida, devido a uma rouquidão nas cordas vocais, o vereador Leonel Filho não utilizou seu tempo de 20 minutos na tribuna da câmara municipal. Todavia, o líder do governo na câmara ponderou sobre recursos e obras e pontuou alguns assuntos para serem debatidos na próxima sessão. Considerações como convênio com o Detran, Projeto de Resolução e respostas a alguns colegas vereadores foram passados para uma próxima oportunidade.
No entanto, o vereador fez questão de esclarecer sobre recursos destinados a recuperação das ruas do município, declarando que os 20 milhões de reais destinados a essas obras seriam dados equivocados. “Não quero ofender ninguém, mas quero dizer que esse números inverídicos. Codó não recebe vinte milhões por mês. O município está com uma carga muito grande e remando praticamente só”, disse.
Secretaria de infraestrutura continua trabalhando
Leonel explicou que apesar da crise em todo país e paralisação de repasses de recursos e convênios, a administração municipal continua lutando bravamente para manter tudo funcionando. “As ações do estado estão querendo engrenar agora com o município. Problemas com ruas ainda temos muitos, devido a paralisação dos recursos, convênios e contrapartidas. Sabemos que o tráfego está muito difícil em algumas ruas e a operação tapa buracos não consegue resolver todos os casos. Nos temos várias ações sendo desenvolvidas pelo secretário Márcio Esmero, mas não temos condições de executá-las todas simultaneamente, pois sabemos que a crise em nosso país atingiu a todos os municípios”.
O líder do Governo na câmara encerrou sua participação dizendo que mesmo com o FPM, recursos municipais e contrapartida do Estado reduzidos, o município encontra-se limitado em suas ações, mas que continua trabalhando para equilibrar as contas, em todas as áreas. Da saúde à educação, da infraestrutura ao governo. “Estamos mantendo em funcionamento a saúde e todas as áreas do município, porque temos pessoas competentes e compromissadas à frente das pastas. Sabemos que nossas ruas precisam de recapeamento e colocação de asfalto, pois a tapa buracos não resolve tudo, mas o custo de um km de asfalto é caríssimo, mas o prefeito continuará se esforçando para cumprir todas as demandas”.
Esta semana o vereador informou que estará com o secretário de infraestrutura e urbanismo para saber quais são as prioridades da pasta para o município, que será repassada a população na próxima sessão. e que os vereadores continuarão lutando e cobrando aos governos do estado e do município para o melhor atendimento as necessidades da população.
Ascom

Vereador Expedito Carneiro destaca apoio do município ao grande evento desportivo de MMA em Codó

IMG_20160316_062820Na sessão dessa semana, o vereador Expedito Carneiro agradeceu a presença da população, que foi assistir o trabalho parlamentar e a cobertura dada pela imprensa aos trabalhos da Casa do Povo. O edil declarou sentir muita satisfação em continuar no PSDC e garantiu sua permanência por mais tempo na legenda. “Sinto-me a vontade e muito bem no PSDC, com autonomia no partido e bom relacionamento com seu diretório, e a presidência, na pessoa do Dr. Aragão, bem como o secretário geral, Alam Kardec, que sempre nos recebe muito bem em São Luís e pretendo permanecer por mais tempo no partido”, disse.
Conclusão da Ponte em Cajazeiras
Expedito ressaltou a conclusão da ponte que liga o Distrito de Cajazeiras a cidade de São João do Soter, e a contribuição dos parlamentares codoenses para a celeridade das obras. “Quero parabenizar toda a população de Cajazeiras e o trabalho do edis, pois foi uma luta de todos. Tive a oportunidade de estar lá e levar também as reivindicações ao prefeito Zito, que prontamente realizou a obra. Graças a Deus a obra já foi concluída, facilitando o acesso dos moradores da Cajazeira ao município vizinho”.
Presença na zona rural
O vereador falou sobre a necessidade de sua ausência na sessão anterior, por motivo de viagem, mas disse que logo ao retornar voltou a realizar suas visitas a extensa zona rural de Codó, no intuito de saber das demandas e urgências das comunidades. “Estivemos de volta as comunidades que compõe a nossa zona rural. Devido ao período chuvoso, já existem inúmeras demandas por conta disso. Estradas que precisam ser recuperadas, trechos de manutenção, e levar as reivindicações das comunidades até o executivo municipal.
MMA em Codó
Expedito não deixou de comentar sobre o grande acontecimento desportivo realizado em Codó, no último sábado (12). O edil parabenizou a iniciativa do evento de MMA, que levou mais de mil admiradores e fãs do esporte ao ginásio Carlos Fernando, e o apoio dado pela administração municipal, tanto na disponibilização de um local apropriado e com grande espaço, tanto na divulgação publicitária das lutas, com produção de material gráfico, confecção e espaço de outdoors e carro de som.
“Foi um evento muito bonito e bem organizado, pelo empresário do ramo da luta, Maravalho e os codoenses da academia Casa da Luta, e que ainda contou com grande apoio do prefeito Zito. Com isso foi feita uma boa divulgação e o público pode prestigiar um grande evento de MMA em nossa cidade, que contou com um representante daqui de Codó”.
O parlamentar encerrou informando que esteve na secretaria de infraestrutura e urbanismo para reivindicar a conclusão da operação tapa buracos, na rua do Puraque e imediações.
Ascom

TV Palmeira do Norte mantém sua tradição de responsabilidade social com o quadro Solidariedade

IMG_20160316_061936Em pouco mais de um ano de retomada das suas atividades, a TV Palmeira do Norte vem conseguindo preencher de forma bem variada a sua grade de programação local. A filiada da BAND em Codó investiu de forma consistente no ano de 2015 para poder apresentar ao exigente telespectador codoense uma boa gama de opções na programação local, com programas de variedades, telejornais, novelas e programas de entrevistas. A qualidade da programação não demorou em se transformar em sucesso comercial, com parcerias e anunciantes que somam forças na hora de se pensar novas opções para o público.IMG_20160316_061951
No entanto, mesmo com o sucesso comercial, a direção da TV Palmeira do Norte não deixou a tradição de dedicar parte de sua programação à responsabilidade social. O quadro solidariedade vem sendo levado ao ar mensalmente no Programa do Povo desde a reabertura da TV Palmeira do Norte. De acordo com o diretor da TV, Andreh Araújo, o quadro é uma forma de utilizar a concessão publica do canal e a TV para prestar um serviço à sociedade, filosofia adotada pela Palmeira do Norte desde os tempos de seu pai, o médico e político Antônio Joaquim.
“O quadro é uma ponte entre a sociedade, cidadãos codoenses e a parcela da população que é menos favorecida, ou famílias que estão passando por algum momento de dificuldade, ou até quando acontece uma tragédia, como incêndios, enchentes. É uma forma de levar a ajuda da união de todos aos que mais precisam. Essas ações, por maio do quadro solidariedade, sempre foi uma marca da TV Palmeira do Norte, desde a época em que meu pai, Antônio Joaquim, estava a frente da TV. Como médico e figura humana, sempre foi preocupado com o bem estar das pessoas, bem como minha mãe, que como assistente social sempre procurou ajudar ao próximo”, explicou Andreh
O quadro Solidariedade.
Em 2015, no ano de retomada da TV Palmeira do Norte, o quadro Solidariedade foi ao ar por várias vezes no Programa do Povo, apresentado por Veridiano Sousa. A direção explica que, mediante as ligações, e-mails ou uma situação de emergência, as pessoas entram em contato com a produção da TV, explicam o caso, e o canal inicia a campanha, que leva de duas a três semanas. Na quarta semana do mês, a produção do programa, com a própria participação do diretor Andreh Araújo, realiza a entrega das doações feitas durante a campanha. Itens como roupas, alimentação e até mobília já foram entregue as famílias codoense em estado de crise ou necessidade.
“Quero parabenizar toda a nossa equipe, que realiza o quadro de forma bastante aguerrida e com boa vontade e também agradecer o grande coração e o sentimento de solidariedade e amor ao próximo da cada cidadão de Codó, que se comove com a situação de um semelhante e doa alguma coisa que possa ajudar na reconstrução de vida de uma família. Faço questão de ir e realizar a entrega com minha equipe e conhecer as famílias e informar que a tv sempre estará a serviço da nossa população e dos que mais precisam”, finalizou o diretor.
Ascom

Autoridades participam do aniversário de quatro anos da UPA de Codó

DSC_0561Na manhã desta terça-feira (20) autoridades municipais, representantes do Estado, profissionais da saúde e colaboradores da Unidade de Pronto Atendimento de Codó celebraram os quatro anos de serviços prestados a população. No café da manhã de aniversário estavam presentes os diretores da UPA, Wellington Oliveira e Antônio Braúna, o gestor da Regional da Saúde, Ribamar Oliveira, Secretário Municipal de Saúde, Ricardo Torres, o Prefeito de Codó, Zito Rolim, além de representantes do governo do estado no município, e representantes do legislativo, como o vereador Pedro Belo.DSC_0488

Durante a solenidade, o secretário de Saúde de Codó falou sobre os avanços alcançados pela complementação de serviços gerados pelas unidades de saúde em Codó. “A distância entre essas duas inaugurações, HGM e UPA mostra o quanto tempo passamos sem o devido valor para a assistência médica de média a alta complexidade. O objetivo da administração era um hospital para o Codó novo. E a UPA foi a oportunidade de suprir a demanda, justamente pela determinação e sensibilidade do gestor.  A duplicidade de serviços entre a UPA e o HGM se mostra mais valorosa no atendimento a nossa população. Dois hospitais não seriam tão apropriados como um hospital e uma unidade de pronto atendimento, incluindo também os serviços do SAMU, complementando o serviço de maneira inteligente na rede de saúde”, explicou.DSC_0513

Na ocasião, o vereador Pedro Belo lembrou a luta pela vinda da UPA e o esforço do prefeito Zito Rolim para a implantação da unidade no município de Codó. “Quero parabenizar a todos pelo aniversário da UPA e parabenizar o prefeito Zito Rolim, que na época empreendeu grande esforço para que esta unidade de saúde fosse construída e entregue para a população codoense

Vereador Pedro Belo

Vereador Pedro Belo 

Para o prefeito Zito Rolim, o aniversário do quarto aniversário de existência da UPA de Codó representa a união e a luta conjunta em prol da saúde dos munícipes. “É uma alegria poder estar presente no aniversário de uma instituição que tão bem vem servido a população de Codó. Mesmo com as dificuldades encontradas, e com as crescentes demandas da população, conseguimos implantar essa conquista para o  bairro Codó Novo e pra toda a cidade. Hoje, quatro anos depois, celebramos os bons atendimentos a toda comunidade e a parceria com o HGM e SAMU, o que nos possibilita atender melhor a população nos serviços de saúde. Parabéns aos que fazem a UPA de nosso município um serviço de qualidade, criado pela a união da classe politica, dos profissionais da saúde e dos cidadãos de nossa cidade. Parabéns a todos”.

Secretario de Saúde Dr. Ricardo Torres

Secretario de Saúde Dr. Ricardo Torres

Ascom