Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Site Codó Notícias fará uma série de entrevistas com os ‘prefeitáveis’ de 2016

IMG-20160215-WA0038O Site Codó Notícias já começou sua cobertura para a campanha eleitoral de 2016. Bem antes de outubro chegar, no mesmo ritmo em que os pré-candidatos a prefeito de Codó vão fazendo suas costuras políticas, o Codó Notícia também vai acompanhando de perto as novidades dos prefeitáveis.
Para a população ter a oportunidade de conhecer o perfil dos pré-candidatos, saber de suas pretensões e planos para o município, o Codó Notícias fará uma série de entrevistas com todos aqueles que querem chegar à cadeira de chefe do executivo municipal. Nas próximas semanas, os principais pretendentes estarão dando suas entrevistas e fazendo suas análises e considerações aqui, com exclusividade para o Codó Notícias. Aguardem

ISTO É INCRIVEL: Deputado propõe reducao do auxilio-moradia

pedro_fernandes-e1448018499250-300x225O deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA) apresentou nesta semana uma emenda à Medida Provisória nº 711/2016 que deve desagradar seus colegas parlamentares, além de membros do Legislativo e do Judiciários em todo o país.
O objetivo do maranhense é limitar o valor do auxílio-moradia pago a agentes público em todas as esferas de poder do Brasil a 8% do salário, para todos os cargos.
A MP nº 711/2016 abre crédito extraordinário de R$ 419,4 milhões em favor de diversos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, da Defensoria Pública da União e do Ministério Público da União. É desse dinheiro que sai o pagamento do benefício.
No texto apresentado na Câmara, Pedro Fernandes justifica que não há critérios de equivalência explicitados em lei para o estabelecimento do auxílio-moradia nos casos dos cargos em comissão ou função de confiança.
Para ele, há ofensa ao princípio da isonomia. “Crê-se haver ofensa ao princípio da isonomia, com evidente discriminação, se os outros cargos, não expressos na lei, não tiverem o mesmo tratamento”, destaca.
Havendo fixação do percentual do benefício, argumenta Fernandes, “haverá o estabelecimento critério de igualdade entre os servidores que têm auxílio moradia”.
Valores
Atualmente, os deputados federais, por exemplo, recebem auxílio-moradia de R$ 4.253,00. Se aprovada a emenda do petebista maranhense, esse valor cairia para R$ 2.701,04 uma redução de mais de R$ 1,5 mensais no orçamento de cada um dos parlamentares.
A medida, se aprovada, terá repercussão, ainda, no valor do benefício pago aos deputados estaduais – que recebem auxílio-moradia vinculado a 75% do pagão pela Câmara Federal.
Atualmente, no caso do Maranhão, o auxílio é de R$ 3.189,75 – o valor foi reajustado no início do ano, seguindo aumento dado aos representantes em Brasília (veja mais). Com a mudança ele seria equivalente a R$ 2.025,78, redução de um pouco mais de R$ 1,1 mil.
Os valores do auxílio-moradia
Deputados federais
Hoje – R$ 4.253,00
Após aprovação da emenda – R$ 2.701,04
Deputados estaduais
Hoje – R$ 3.189,75
Após aprovação da emenda – R$ 2.025,78

Prefeito Zito poderá apoiar Dr Wellignton para ser o seu sucessor

IMG_20160204_124622Meus amigos leitores, o Blog do Bezerra, ao contrário do que muitos políticos pensam, surgiu pela necessidade de oferecer ao público, uma nova forma de noticiar fatos com responsabilidade, mesmo que essa forma desagrade a alguns.
Durante essa semana uma bomba vai abalar as estruturas da política local, pois diferentemente do que muitos pensam os três pré-candidatos ( Chiquinho do SAAE, Francisco Nagib e Pedro Belo) não têm a confiança e simpatia de Zito Rolim e podem ter seus interesses pessoais jogados ao vento, principalmente por conta da grande possibilidade de nenhum dos três ser escolhido por Zito para ser seu candidato e com seu apoio aumentar a possibilidade de sair vitorioso nas urnas.
Os três sabem da força e carisma que Zito tem em Codó, e quem for apoiado por ele deve abocanhar um número considerável de votos, daí vem a estratégia de um jogo de xadrez: ” No momento em que for divulgado quem o prefeito vai apoiar, é natural que os dois restantes formem uma chapa agregando o máximo de lideranças possíveis, pois de forma isolada, a derrota é quase certa.
O surgimento de um novo nome nesse momento, deve colocar para escanteio os três, que juntos podem formar um Chapão para derrotar Zito Rolim.
Com a notória crise instalada na UPA de Codó, entre o diretor clínico e o grupo liderado pelo pré – candidato Pedro Belo tem feito com que ambos tenham se afastado nos últimos dias, criando a possibilidade de cada um seguir seu rumo político. E como consequência esse rompimento entre os dois, fez com que o médico Francisco Wellington de Oliveira, diretor clínico da UPA se sentir desprestigiado com seus correligionários do PC do B de Codó, há rumores de que ele possa deixar a legenda comunista a qualquer momento por conta desta falta de prestígio interno.
Francisco Wellington de Oliveira é um dos médicos de maior respeito e credibilidade junto ao seu rol de eleitores, a imagem dele está associada a um incansável trabalhador que hoje tem a UPA como sua segunda casa.
Esse carisma tem despertando um ciúme pelas pessoas próximas ao grupo liderado por Pedro Belo e Arlindo Salazar.
O nome do Dr Wellington decolou, desde o momento em que ele escolheu concorrer a uma vaga no Legislativo municipal. Essa popularidade do médico despertou em Zito Rolim, a possibilidade de ser ele o escolhido e vou explicar por que:
a – Apesar de ter sido apoiado em 2009 pelo grupo FC Oliveira, Zito representou naquele momento a quebra da sequencia que vinha sendo obedecida pela alternância de poder entre as famílias tradicionais da cidade, como prova disso o povo disse não a elas na sua reeleição;
b – Dr Wellington tem a seu favor a ausência de rejeição popular, o fato de nunca ter concorrido a nada faz com que seu nome esteja limpo para qualquer disputa e o que chegou ao meu conhecimento é que o médico poderá chegar a qualquer momento a um acordo com Zito;
c – Se tiver o apoio de Zito para disputar as eleições para prefeito, Dr Wellington se torna praticamente imbatível, essa notícia foi gerada pelo próprio prefeito que viu no médico a pessoa ideal e sem vícios políticos para comandar a cidade de Codó;
d – O médico Dr Wellington, deve ser o candidato de Zito sem muitas alianças perigosas e pode ter a chance de realmente representar o NOVO, pois estaria mandando para escanteio numa jogada só: Belo, Oliveira, Archer, Figueiredo e Araújo. Aí o desespero vai ser grande e apenas a união de todos poderia, eu disse poderia pelo menos ameaçar o candidato de Zito Rolim.
Portanto, o carnaval não será tão tranquilo para os três pré-candidatos, essa ameaça da escolha do médico como o possível sucessor de Zito vai deixar as festividades de Momo ainda mais emocionante e onde Zito pisar até a quarta-feira de cinzas, poderá soar como pista para confirmar o que estou dissertando.Fonte: blog do Bezerra

CODÓ-MA PRESENTE NO PRIMIERO ENCONTRO NACIONAL/2016 DO PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE EM BRASILIA-DF

Evannildo Rodrigues, Marina Silva e Dep. Federal/Rio Alexandre Molon

Evannildo Rodrigues, Marina Silva e Dep. Federal/Rio Alexandre Molon


Reunidos em Brasília nos dias 16 e 17 de janeiro 2016, os integrantes do Elo Nacional do Partido Rede Sustentabilidade, onde discutiram de forma aprofundada a conjuntura política do país. As conclusões obtidas no debate resultaram no documento “Desafios da Conjuntura Política no Brasil”, que expressa os posicionamentos do partido neste momento.
No encontro, dentre as presenças ilustre, estavam presentes a ex-senadora Marina Silva, e o Deputado Federal do Rede pelo Rio de Janeiro Alexandre Molon, como registrado na foto em destaque.
UM CODOENSE POLITIZADO NESSE GRANDE PROJETO PARA O BRASIL
EVANNILDO DE LIMA RODRIGUES nasceu na cidade de Codó – MA, em 24 de julho de 1974, no Hospital da Fundação do Serviço Especial de Saúde Pública do Governo Federal (FSESP), atual sede do SAAE. É o primeiro dos quatro filhos de ABDIAS RODRIGUES, lavrador e comerciante; e de ANA RODRIGUES DE LIMA, dona de casa.  Hoje está com 41 anos, é casado, com uma professora também filha de Codó-MA.
Em 1979, com seis anos de idade iniciou sua jornada estudantil, onde foi matriculado diretamente na alfabetização da Escola do Sindicado da Associação Profissional dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil e Conexos de Codó – MA, mantida pela Prefeitura, entretanto, concluiu o antigo primeiro grau na escola Senador Archer em Codó/MA.
No ano de 1995, trabalhando no CBMMA, em São Luís, o rapaz se matriculou, à noite, no antigo segundo grau da Escola CIPE, no Programa Educação de Jovens e Adultos, diplomado, em 1997, como Técnico em Administração de Empresas.
Possui graduação Licenciatura em Geografia – pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA em 2003); e é Bacharel em Direito – pela Faculdade do Vale do Itapecuru (FAI 2011).
Cursou algumas pós-graduações, como: Especialista em Docência Superior – pela Faculdade do Vale do Itapecuru (FAI em 2004, Caxias/MA); Especialista em Geografia – pela Universidade Federal do Piauí para atuar em Planejamento e Gestão Territorial; Meio Ambiente e Turismo (UFPI em 2006, Teresina/PI); e, Especialista em Direito Público – pela Faculdade Fortium em 2014, Brasília/DF. www.fortium.com.br/asa_sul/.
No ano de 2012, ingressou como aluno especial no Mestrado em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde cursou algumas disciplinas, e na oportunidade integrou o Grupo de Pesquisa de Direito Ambiental na Sociedade de Risco (GPDA).www.gpda.ufsc.br.
No âmbito profissional, foi Professor de Geografia no Serviço Social da Indústria – em Caxias/MA (SESI-MA). Atuou como professor substituto junto ao Departamento de Pedagogia do CESTI-UEMA, com a disciplina Metodologia Científica; Metodologia da Pesquisa em Educação, Educação Ambiental, e Gestão Ambiental. Foi Diretor Administrativo do Polo de Capacitação Tecnológica do Maranhão – CETECMA -UNIVIMA.
Atualmente é professor de Direito Constitucional e Teoria da Constituição da Faculdade Fortium Grupo Educacional (http://fortium.com.br/asa_sul/), em Brasília-DF. Mas já entregou sua carta de rescisão contratual para retonrar para Codó-MA.
Hoje, foi convidado para ser o Presidente da Comissão de Proteção de Meio Ambiente da OAB Subseção de Codó/MA. Professor e Advogado atuante, no Maranhão, Piauí e Brasília-DF.
Ao longo da vida acadêmica adquiriu habilidades e competências para trabalhar em equipe, produzir resultados na área da educação, geografia, ambiental, direitos humanos e jurídica com autoestima, e compromisso técnico-profissional.
Aprovado em diversos concursos pelo Brasil, optou em viver em sua terra natal, para onde retorna com sua família agora em no inicio de  fevereiro/2016, para o nascimento de sua filha e fixar residência.
Atualmente é membro fundador do Comitê Nacional de Direitos Humanos da Segurança Pública, e integra o Conselho Nacional da entidade, e tá com a responsabilidade de montar o comitê do estado do maranhão agora no primeiro semestre de 2016.
Deixa claro que não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo, pois seu perfil é fazer parte da base, e assim, politizar a comunidade de seu papel nos rumos da sociedade através da cidadania efetiva.
RESULTADOS DO ENCONTRO DA REDE – APROVAÇÃO DE RESOLUÇÕES INTERNAS
Durante o encontro, o Elo Nacional definiu questões importantes da vida partidária. A direção Nacional homologou as convenções estaduais regulares que ocorreram no ano passado. Estas convenções escolheram as direções estaduais e os delegados estaduais para o 2º Congresso Nacional da REDE.
O PRÓXIMO CONGRESSO NACIONAL
Outro ponto importante abordado na reunião foi a realização do 2º Congresso da REDE, que acontecerá em Brasília entre os dias 3 e 6 de março, com a participação de mais de 250 delegados. Durante o congresso haverá a escolha dos novos membros da Comissão Executiva Nacional e discussões temáticas, que vão nortear a atuação da REDE em 2016.
O PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE NOS MUNICÍPIOS
O Elo Nacional também aprovou a resolução acerca da estruturação dos Elos Municipais. De acordo com a Resolução, os municípios poderão criar comissões provisórias, que terão mandato de 120 dias, para que possam dar andamento ao processo eleitoral deste ano, com a escolha de candidatos e a formação de coligações.
O PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE EM CODÓ-MA
O Partido Rede Sustentabilidade é representado em Codó por alguns membros dentre eles, o Jovem advogado e professor Evanildo de Lima Rodrigues, que levou em abril de 2015 para Codó-MA, o partido, reunindo um pequeno grupo, que vem crescendo desde então.
Evannildo militou na construção do Partido em Brasília-DF. Seu primeiro contato com o projeto foi em 2012, na cidade de Florianópolis-SC. Sempre estudando a proposta da Rede, e em 2014, passou a militar com o grupo de formação na capital federal, em Brasília-DF.
Além de ser da Rede em Codó-MA, também é membro do Elo Estadual no Maranhão. Como membro do Elo estadual esteve presente no congresso em janeiro com representantes de todo o Brasil.
Desde os primeiros trabalhos em abril de 2015, em Codó, A “REDE SUSTENTABILIDADE” está se fortalecendo no município, formando um grupo sólido com diversas pessoas simpatizantes dos ideais, os quais, tem se movimentado para que o partido faça a diferença nas eleições desse ano no município.
Em Codó-MA, o PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE, tem também outras pessoas que fazem a frente do partido, um deles é o jovem Gerson Maia, que está sendo um dos batalhadores para o crescimento do partido. Dentre outros membros como, Augusto Serra, Alcimar, Diego Frota, e outros.
Ainda em fevereiro de 2016 o coletivo rede Codó-MA fará uma reunião para traçar os próximos passos do partido, como reza a Resolução Nacional alinhado com o Elo Estadual, com a presença de todos os membros do partido no município.
 

Pesquisa falsa para prefeito de Caxias sera investigada pelo MP

(Foto: Divulgação Internet)

(Foto: Divulgação Internet)


Um esquema criminoso de venda de pesquisas eleitorais parece ter desembarcado em Caxias. O “esquema” consiste em requerer o registro de uma pesquisa eleitoral na Justiça Eleitoral e depois vender os “resultados” fabricados ao agrado do comprador. Em Caxias a manobra foi capitaneado por uma nebulosa  MBO Agency, empresa fantasma, com endereço fictício na Praça Thales Castelo, antigo Largo de Santa Luzia, na cidade de Caxias, Maranhão.
Na casa onde consta o endereço da mencionada MBO agency funciona na verdade uma lavanderia pertencente a Jacy Leite. A Pesquisa de Caxias beneficia o candidato Fábio Gentil, em detrimento de outras candidaturas. O proprietário da MBO, conhecido como Marcos Roberto, tem página no facebook com o endereço da MBO agency na cidade de Belém do Pará.  Recentemente, Marcos Roberto foi visto em Caxias reunido com o pré-candidato Fábio Gentil, o que leva a suposição da participação do vereador e pré-candiato a prefeito na tramoia. Fábio seria em tese o único beneficiado pela pesquisa eleitoral divulgada.
Marcos Roberto proprietário da empresa MBO agency (Foto: Dilvulgação Facebook)

Marcos Roberto proprietário da empresa MBO agency (Foto: Dilvulgação Facebook)


A pena para divulgação de pesquisas falsas é de reclusão e a multa ultrapassa a quantia de R$ 50.000,00. Blogueiros, blogs, e afins que divulgaram a falsa pesquisa também serão alvo da investigação e poderão responder por crimes de divulgação de pesquisa falsa, alem do pagamento de multa a Justiça Eleitoral. Uma reunião para avaliação das medidas a serem aplicadas aos responsáveis ocorreu, segundo fonte desse Portal, na tarde de hoje.
 
 
 

Fonte: Wendel Oliveira/ Direto da Redação.

PDT desbanca comunistas e oferece Ciro Gomes ao PT como “plano B” em 2018

JC_Presidente-Dilma-Rousseff-na-convencao-nacional-do-PDT-em-Brasilia_22012016004-e1453908365723-940x540Em crise com o partido camarada na disputa pela filiação de nomes importantes em São Paulo e no Maranhão para o pleito deste ano, o PDT saiu na frente e desbancou o PCdoB já na corrida presidencial de 2018. Enquanto a presidente nacional do Partido Comunista do Brasil, a deputada federal Luciana Santos (PE) – bem como seu ex-presidente, Renato Rabelo – não tem coragem de embarcar na insinuação desavergonhada do governador do Maranhão, Flávio Dino, o presidente nacional do PDT, o carioca Carlos Lupi, se antecipou e ofereceu o ex-ministro da Fazenda do governo Itamar Franco e da Integração Nacional do governo Lula, Ciro Gomes, como “plano B” aos petistas.
O pulo do gato aconteceu na quinta-feita passada 21, na sede do PDT em Brasília, durante evento em que a Diretório Nacional do partido fechou questão contra o impedimento da presidente Dilma Rousseff – que tem uma relação especial com os pedetistas, já que antes de entrar no PT, ela foi filiada à legenda.
Apesar da odisseia movida por Dino, também contra o pedido de impeachment aberto contra a presidente pelo presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Dilma retribuiu o aceno do PDT e afagou o ex-ministro Ciro Gomes. “A gente não briga com uma pessoa que, ao longo do tempo, mostrou imensa lealdade e capacidade de luta. Estou à disposição”.
Um dia antes, Lupi já havia afirmado que “parcela significativa” dos lideres petistas apoia o nome de Ciro para presidente em 2018.

Prefeito e vice de Coelho Neto permanecem nos cargos

Membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, reunidos na tarde desta terça-feira (26 de janeiro), decidiram, por 4 x 2, manter Soliney de Sousa e Silva e Sergio Ricardo Viana Bastos como prefeito e vice da cidade de Coelho Neto ao julgarem a Ação de Investigação Judicial Eleitoral 855/87-12, tal como já havia sentenciado o juízo da 28ª zona.
O relator do processo, juiz Sebastião Bonfim, votou pela cassação dos diplomas de ambos, sendo acompanhado pelo juiz federal Clodomir Reis, mas o desembargador Ricardo Duailibe (substituto), a juíza Alice de Sousa Rocha e os juristas Daniel Blume e Daniel Leite (em voto-vista) divergiram deste entendimento.
Em parecer, o Ministério Público Eleitoral reconheceu o abuso de poder político, opinando pela cassação de Silva e Bastos, além de pedir decretação da inelegibilidade deles por 8 anos. SOLINEY-01
Outros 5 processos constavam na pauta jurisdicional: a AIJE 368/92/12 e a AIME 527-35/12 de Governador Nunes Freire e a AIJE 323-40/12 de Viana, que foram adiados para a primeira sessão de fevereiro (a ser marcada) devido à ausência justificada do relator, jurista Eduardo Moreira; e as Prestações de Contas 404/50/12 (aprovadas) e 1373-93/14 (desaprovadas).
Na sessão administrativa, o desembargador Raimundo Barros (relator) deferiu os pedidos de propagandas partidárias feitas pelos PT do B (PP 101-30/15), PMN (PP 126-43/15), DEM (PP 134-20/15), PTB (PP 138-57/15), PRP (PP 157-63/15), PTN (PP 158-48/15), PHS (PP 159-33/15), PV (PP 161-03/15), PC do B (PP 164-55/15) e PR (PP 167-10/15), sendo acompanhado pelos demais membros.
ASCOM – Assessoria de Imprensa e Comunicação Social