Lira diz que governo Lula planta mentiras e Padilha é incompetente

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), elevou o tom das críticas contra o ministro Alexandre Padilha (Secretaria de Relações Institucionais) e afirmou neta quinta-feira (11) que o petista é seu “desafeto pessoal” e “incompetente”.

As declarações foram dadas à imprensa em um evento do agronegócio no Paraná, um dia após o plenário da Câmara ter aprovado a manutenção da prisão do deputado federal Chiquinho Brazão (sem partido-RJ), suspeito de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL).

Lira foi questionado por jornalistas sobre a tese de que ele teria saído enfraquecido após a votação na quarta (10). Como a Folha mostrou, a avaliação de parlamentares é que o presidente da Casa saiu enfraquecido, uma vez que seus principais aliados encabeçaram as articulações pela derrubada da detenção.

“Essa notícia hoje, que você está tentando verbalizar, porque os grandes jornais fizeram, foi vazada do governo e basicamente do ministro Padilha, que é um desafeto, além de pessoal, incompetente. Não existe partidarização, eu deixei bem claro que ontem a votação é de cunho individual, cada deputado é responsável pelo voto que deu. Não tem nada a ver”, disse Lira.

Desde o fim do ano passado, Lira tem criticado a atuação de Padilha, que é o principal articulador do Executivo no Congresso Nacional. Ele chegou a levar essas queixas ao próprio presidente Lula (PT) e a indicar que, sem a troca do ministro, a pauta do governo na Câmara não avançaria.

Desde então, o diálogo entre os dois foi rompido —Lira, agora, trata diretamente com o ministro da Casa Civil, Rui Costa, após acordo firmado com Lula.

Em fevereiro, em um sinal de pacificação, Lira e lideranças da Câmara foram recebidos pelo presidente Lula no Palácio da Alvorada. O encontro contou com a participação de Padilha. No entanto, a relação permaneceu tensa entre os dois.

Nesta quinta, Lira também criticou o que considera “vazamento” do governo federal à imprensa, classificando isso como “lamentável”.

“É lamentável que integrantes do governo interessados na estabilidade da relação harmônica entre os Poderes fiquem plantando essas mentiras, essas notícias falsas que incomodam o parlamento. E depois, quando o Parlamento reage, acham ruim”, disse Lira.

Segundo relatos de líderes da Casa feitos à reportagem, Lira se incomodou com o que considerou uma interferência do Executivo na votação na Câmara no caso da prisão de Brazão. A interlocutores ele teria se queixado especificamente de declarações públicas de Padilha de que o governo orientaria sua base pela manutenção da detenção.

Um aliado do presidente da Câmara afirmou ainda que Lira deverá reagir nos próximos dias para dar um recado ao governo.

Folhapress

Brasil: Polícia erra endereço e aponta arma no rosto de mulher em Goiás

Agentes da Polícia Civil de Goiás (PC-GO) erraram de endereço enquanto tentavam cumprir mandados de prisão e assustaram uma família, em Aparecida de Goiânia, na manhã desta quinta-feira (11/4).

O vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que a policial aponta a arma para uma moradora, que contesta a presença dos agentes na residência.

Nas imagens, é possível ouvir a mulher reclamando da ação dos policiais. Ela alega que os filhos pequenos foram acordados pelos agentes. A discussão acalorada é amenizada após eles descobrirem que seria outra pessoa alvo do mandado de busca e apreensão.

Os policiais são da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) e tentavam cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Confira o momento da discussão:

Cenas fortes: mulher morre atropelada em calçada por ônibus; veja

Uma mulher de 40 anos morreu após ser atropelada por um ônibus quando caminhava em uma calçada, na zona leste da capital paulista, no início da semana.

O acidente, ocorrido na Rua Paulo Gracindo, no bairro Fazenda do Carmo, foi captado por uma câmera de monitoramento (assista abaixo).

A vítima, cuja identidade não foi informada, morreu ainda no local, conforme constatado pelo Corpo de Bombeiros.

Registros da polícia mostram que o condutor do ônibus, da empresa Pêssego Transportes, teria tido um mal súbito. Antes de atropelar a mulher, o coletivo teria batido contra um caminhão.

O ônibus fazia a linha Cohab Prestes Maia/Metrô Itaquera.

A SPTrans, responsável pela administração das linhas municipais na capital paulista, acompanha os desdobramentos da investigação feita pela Polícia Civil.

 

Vídeo: mulher luta com bandido e foge para dentro de ônibus no ABC

Câmeras de segurança flagraram uma tentativa de assalto na Avenida Vivaldi, no bairro Rudge Ramos, na cidade de São Bernardo do Campo, região do ABC Paulista, na Grande São Paulo, no fim da madrugada desta quinta-feira (11/4).

As imagens mostram o suspeito escondido perto da entrada de um estabelecimento por volta das 5h45. A mulher andava pela calçada e foi abordada assim que passou pelo local.

O criminoso a agarrou, e ela fugiu na direção de um ônibus que passava pela via. O motorista abriu a porta enquanto a vítima tentava se desvencilhar do bandido. A mulher conseguiu entrar no coletivo, e o agressor fugiu pela rua. Um dos passageiros chegou a descer do ônibus para ir atrás dele, mas logo voltou ao veículo.

A Polícia Militar informou que não foi registrada nenhuma ocorrência na Avenida Vivaldi. Já a Polícia Civil disse que está à disposição da vítima para que a ocorrência seja formalizada, e as investigações sejam iniciadas. O órgão frisou a importância do registro da ocorrência, inclusive pela Delegacia Eletrônica. Segundo a corporação, a medida é fundamental para mapear os locais de maior incidência criminal e reorientar o policiamento ostensivo realizado pela PM.

Homem embriagado leva bronca e mata a mãe prensada na parede com carro

Um homem de 44 anos foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (11/4) por atropelar e matar própria mãe enquanto manobrava o carro na garagem de casa, no Jardim Cila Bauab, em Jaú, interior de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito estava embriagado e raspou a lateral do carro na parede da garagem ao chegar na residência, por volta das 8h30.

Então, Nair da Silva Bueno, de 80 anos, mãe do motorista, lhe deu uma bronca. Com raiva, o homem fez uma manobra em marcha à ré e acabou prensando a mãe contra a parede da casa.

Nair chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu no local. Já o filho foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) e levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú.

O caso foi registrado como feminicídio e embriaguez ao volante. O corpo da idosa foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e a polícia aguarda o resultado do exame necroscópico.

Partido Novo e PSD confirmam chapa completa para vereadores e reforçam a pré-candidatura de Yuri Corrêa em Codó

O Partido Novo em Codó anunciou oficialmente a formação da chapa completa para as eleições municipais com seus pré-candidatos a vereador para as eleições 2024. O partido está sob a liderança do presidente, José Francisco Mota Castro, conhecido como Irmão Vida e tem como vice-presidente Francisco de Assis. A legenda aposta na renovação da política codoense, na defesa de propostas de cunho liberal e confirmou o apoio a pré-candidatura de Yuri Corrêa (PSD) 55.

Durante o evento, que aconteceu na última quarta-feira (10) no Parque de Exposição Walter Zaidan, foram apresentados todos os pré-candidatos a vereador. Para o presidente Irmão Vida, o Partido Novo tem ganhado destaque no cenário político codoense e vem fortalecendo seu compromisso com uma política transparente e eficiente. “Estamos muito confiantes, pois o Novo apresentou sua nominata completa, com nossos 18 pré-candidatos a vereador, estaremos caminhando juntos com PSD, com o objetivo de proporcionar uma renovação no Legislativo e um parlamento mais moderno e eficiente, que represente os interesses da população. Tivemos um grande apoio do amigo e nosso pré-candidato a prefeito pelo PSD, Yuri Corrêa”, destacou o presidente.

De acordo com Yuri Corrêa, que é pré-candidato a prefeito de Codó pelo PSD, a confirmação das nominatas completas e a coligação do NOVO e PSD em Codó reforçam um time forte e competitivo para representar o Legislativo e a formação de uma frente ampla e coesa para sua pré-candidatura ao Executivo Municipal. “O Diretório Municipal do Novo, através do presidente Francisco Mota, se reuniu com todos os pré-candidatos a vereador, onde o partido já tinha o meu nome como pré-candidato, contudo, depois de uma conversa com a direção estadual do partido e com o pré-candidato a governador Lahesio Bonfim, ficou acordado que nós estaríamos indo para o PSD 55, por conta da conjuntura local, e o partido continuaria dando total apoio à nossa pré-candidatura. Desta forma, o Novo caminhará conosco, juntamente com o PSD. A formação das duas chapas completas do PSD e NOVO para vereador foi uma grande vitória, tendo em vista toda conjuntura em torno da formação das chapas locais”, explicou Yuri Corrêa.

Corpos de quatro jovens desaparecidas no Ceará são encontrados

Corpos de quatro jovens desaparecidos foram encontrados com sinais de violência nas cidades de Tianguá e Itarema, no interior do Ceará. Um dos corpos foi encontrado na última sexta-feira, 5, e os outros três foram localizados nesta quarta-feira, 4.

As vítimas foram identificadas como Ana Vitória, cuja idade não foi divulgada; Eveline Souza Mendes, de 18 anos; Marina Nascimento Souza, prima de Eveline, com 15 anos; e Júlia Rafaela, de 17 anos.

Ana Vitória também havia desaparecido em Tianguá, em 23 de março. Testemunhas relataram que ela foi levada da casa do namorado por dois homens, conforme informações do portal G1.

Eveline e Marina desapareceram em 1º de abril, em Tianguá, mas sob circunstâncias distintas. Eveline teria sido abordada por um casal que a conduziu até um mototáxi. Marina desapareceu depois de sair da residência do namorado, também em um mototáxi.

As primas foram encontradas juntas após nove dias de busca, enterradas em uma cova na área rural de Tianguá. Elas apresentavam sinais de tortura, e uma das vítimas estava com uma corda amarrada ao pescoço.

Dois adolescentes de 15 anos foram levados para a Delegacia Regional de Tianguá, suspeitos de ato infracional semelhante ao homicídio.

Júlia Rafaela, de 17 anos, foi à praia no domingo, 7, e não retornou para casa, no Loteamento Novo, no município de Itarema. Seu corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira, 10, com ferimentos causados por disparos de arma de fogo.