No embalo de Pimentinha, Sampaio Corrêa bate o Vila Nova e “respira”

No embalo de Pimentinha, que mais uma vez foi o desafogo do time, o Sampaio Corrêa bateu o Vila Nova, por 2 x 0, subiu na tabela desta Série B e ganhou um alívio na competição. Essa vitória deste sábado (14), no Estádio Castelão, que teve gols de Gabriel Poveda e Pimentinha, tirou a Bolívia da Bolívia Querida da zona rebaixamento.

Sampaio “pegou o elevador” 

O triunfo do Sampaio Corrêa sobre o Vila tirou o time da zona de rebaixamento e o levou para a 9ª posição, pelo menos até o momento, antes do fim da rodada. O time maranhense agora soma oito pontos em sete partidas. São duas vitórias, dois empates e três derrotas.

Pedreira na próxima rodada 

O próximo compromisso do Sampaio será diante do Cruzeiro, time que briga pela liderança desta Série B. Essa partida diante da Raposa será no domingo (22), às 11h, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Poveda põe a Bolívia na frente 

Pressionado e com algumas mudanças o Sampaio Corrêa começou jogando para cima. Logo aos dois minutos, Eloir arriscou o chute, mas Georgemy defendeu. Apesar de mais bem postado em campo, o time da casa viu o Vila Nova cria a primeira boa chance. Aos 17 minutos, Vitor Andrade aproveitou uma saída de bola errada do Sampaio, entrou com bastante liberdade, mas errou o alvo. Apenas assustou Luiz Daniel.

Depois desse lance, a Bolívia Querida seguiu dando as cartas no jogo, mas sem efetividade. Somente ao 34, enfim, saiu o gol do desafogo. Rafael Vila recebeu a bola roubada em uma saída de bola lenta do time goiano, chegou na entrada da área e mandou um bom chute rasteiro. O goleiro Georgemy se atrapalhou na hora de fazer a defesa e Gabriel Poveda empurrou a bola com o peito e fez o primeiro no Castelão: 1 x 0 Sampaio.

Aos 45, o Vila Nova ainda chegou Moacir, que acertou o gol, mas Luiz Daniel, tranquilo, defendeu. Nade bom aconteceu até o fim do primeiro tempo.

Pimentinha é premiado com gol 

Mesmo na frente do placar, o Sampaio Corrêa voltou ainda mais empolgado para a etapa final. Depois de boas subidas ao ataque, aos 10 minutos, Pimentinha fez um “salseiro” na zaga do Vila, deu um bom drible em Formiga e bateu para boa defesa de Georgemy.

Aos 13 que quase marca foram os visitantes. Luiz Daniel deu rebote e Victor Andrade não conseguiu aproveitar a ótima oportunidade. Pressão do Vila. Aos 17 uma boa chegada novamente. Jean Silva recebeu uma ótima bola de Victor Andrade, mas errou na hora de finalizar.

Aos 22 Nilson Jr. recebeu bom cruzamento de Pimentinha em cobrança de falta e, por pouco, não aumentou o placar no Castelão. Depois de entrar, Maurício mostrou vontade, com um ótimo arremate de longe, que foi defendido por Georgemy.

Um dos melhores jogadores do Tubarão na partida, enfim, foi presenteado. Quando o cronômetro mostrava 39 minutos, Pimentinha escapou em velocidade e mandou uma bomba, que ainda desviou em Renato para morrer no fundo da rede: 2 x 0 e festa no Castelão.

Aí foi só esperar o apito do árbitro e celebrar a segunda vitória nesta Série B. deu Tubarão no Castelão: 2 x 0. Vitória e alívio na Bolívia Querida.

FICHA TÉCNICA 

SAMPAIO CORRÊA 2 X 0 VILA NOVA

Local: Estádio Castelão

Data: 14/05/2022

Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)

Assistentes: Vinicius Melo de Lima e Luís Carlos de França Costa (RN)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

SAMPAIO CORRÊA 

Luiz Daniel, Mateusinho, Alan Godói, Nilson Jr e João Victor; André Luiz, Eloir e Rafael Vila (Maurício); Ygor Catatau, Pimentinha e Gabriel Poveda

Imirante

Doloroso, diz Simon sobre grupo do MDB que apoia Lula

Decano do MDB, Pedro Simon, 92 anos, afirmou em entrevista ao Estadão que a ala do partido que apoia a eleição de Lula (PT) para a Presidência da República deixa uma marca “triste e dolorosa” na legenda.

“A marca que eles deixaram é triste e dolorosa. Lula deveria estar na cadeia e essas pessoas deveriam estar respondendo a seus processos. Esses nomes têm condenações graves e sérias, mas o Supremo fez uma espécie de troca-troca: um não mexe com o outro”, disse Simon, ex-governador do Rio Grande do Sul, ex-senador e ex-ministro da Agricultura de José Sarney.

 

Vigilhão da UMADEC atrai grande multidão de jovens, e pessoas são libertas na Igreja Assembleia de Deus em Codó

O templo sede da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Missão ficou pequeno para uma grande multidão de pessoas que participaram de uma grande vigília   na madrugada deste sábado para domingo (15). O evento foi organizado pela União de Mocidade da Assembleia de Deus – UMADEC e o departamento de Missões da igreja que teve o total apoio do Vereador Gracinaldo (PL).

Com o tema “Deus é espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”, João 4:24, a programação contou com louvores, momento de oração, apresentação de gestos de coreografia e o momento mais aguardado a ministração oficial da palavra de Deus que ficou por conta do Pastor Felipe Pereira do Rio de Janeiro.

A belíssima festa foi coordenada pelo pastor presidente José Gomes que falou da satisfação em ver muitos jovens sendo impactados pela palavra de Deus. “Nosso Deus é o mesmo de ontem e hoje, ele nunca falha e a sua palavra é fiel e verdadeira e hoje estamos sendo testemunhas viva desse grande momento em ver as pessoas e nossos jovens sendo transformados, libertos, salvos e impactos pelo poder de Deus”, enfatizou o pastor.

“Foi uma festa maravilhosa onde verdadeiramente vimos as bênçãos da parte de Deus, há muito tempo não se observava um avivamento tão grande como esses jovens, que estão de parabéns”, celebrou o vereador Gracinaldo que também é membro da Igreja e deu total apoio para realização do evento.

ASCOM/ Vereador Gracinaldo

Leitura de hoje será Deuteronômio 29 e 30

Deuteronômio 29

1 Estas são as palavras da aliança que o SENHOR ordenou a Moisés que fizesse com os filhos de Israel, na terra de Moabe, além da aliança que fizera com eles em Horebe.

2 E chamou Moisés a todo o Israel, e disse-lhes: Tendes visto tudo quanto o Senhor fez perante vossos olhos, na terra do Egito, a Faraó, e a todos os seus servos, e a toda a sua terra;

3 As grandes provas que os teus olhos têm visto, aqueles sinais e grandes maravilhas;

4 Porém não vos tem dado o Senhor um coração para entender, nem olhos para ver, nem ouvidos para ouvir, até ao dia de hoje.

5 E quarenta anos vos fiz andar pelo deserto; não se envelheceram sobre vós as vossas vestes, e nem se envelheceu o vosso sapato no vosso pé.

6 Pão não comestes, e vinho e bebida forte não bebestes; para que soubésseis que eu sou o Senhor vosso Deus.

7 Vindo vós, pois, a este lugar, Siom, rei de Hesbom, e Ogue, rei de Basã, nos saíram ao encontro, à peleja, e nós os ferimos;

8 E tomamos a sua terra e a demos por herança aos rubenitas, e aos gaditas, e à meia tribo dos manassitas.

9 Guardai, pois, as palavras desta aliança, e cumpri-as, para que prospereis em tudo quanto fizerdes.

10 Vós todos estais hoje perante o Senhor vosso Deus; os capitães de vossas tribos, vossos anciãos, e os vossos oficiais, todos os homens de Israel;

11 Os vossos meninos, as vossas mulheres, e o estrangeiro que está no meio do vosso arraial; desde o rachador da vossa lenha até ao tirador da vossa água;

12 Para entrardes na aliança do Senhor teu Deus, e no seu juramento que o Senhor teu Deus hoje faz convosco;

13 Para que hoje te confirme por seu povo, e ele te seja por Deus, como te tem dito, e como jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó.

14 E não somente convosco faço esta aliança e este juramento;

15 Mas com aquele que hoje está aqui em pé conosco perante o Senhor nosso Deus, e com aquele que hoje não está aqui conosco.

16 Porque vós sabeis como habitamos na terra do Egito, e como passamos pelo meio das nações pelas quais passastes;

17 E vistes as suas abominações, e os seus ídolos, o pau e a pedra, a prata e o ouro que havia entre eles,

18 Para que entre vós não haja homem, nem mulher, nem família, nem tribo, cujo coração hoje se desvie do Senhor nosso Deus, para que vá servir aos deuses destas nações; para que entre vós não haja raiz que dê veneno e fel;

19 E aconteça que, alguém ouvindo as palavras desta maldição, se abençoe no seu coração, dizendo: Terei paz, ainda que ande conforme o parecer do meu coração; para acrescentar à sede a bebedeira.

20 O Senhor não lhe quererá perdoar; mas fumegará a ira do Senhor e o seu zelo contra esse homem, e toda a maldição escrita neste livro pousará sobre ele; e o Senhor apagará o seu nome de debaixo do céu.

21 E o Senhor o separará para mal, de todas as tribos de Israel, conforme a todas as maldições da aliança escrita no livro desta lei.

22 Então dirá à geração vindoura, os vossos filhos, que se levantarem depois de vós, e o estrangeiro que virá de terras remotas, vendo as pragas desta terra, e as suas doenças, com que o Senhor a terá afligido;

23 E toda a sua terra abrasada com enxofre, e sal, de sorte que não será semeada, e nada produzirá, nem nela crescerá erva alguma; assim como foi a destruição de Sodoma e de Gomorra, de Admá e de Zeboim, que o Senhor destruiu na sua ira e no seu furor.

24 E todas as nações dirão: Por que fez o Senhor assim com esta terra? Qual foi a causa do furor desta tão grande ira?

25 Então se dirá: Porquanto deixaram a aliança do Senhor Deus de seus pais, que com eles tinha feito, quando os tirou do Egito;

26 E foram, e serviram a outros deuses, e se inclinaram diante deles; deuses que eles não conheceram, e nenhum dos quais lhes tinha sido dado.

27 Por isso a ira do Senhor se acendeu contra esta terra, para trazer sobre ela toda a maldição que está escrita neste livro.

28 E o Senhor os arrancou da sua terra com ira, e com indignação, e com grande furor, e os lançou em outra terra como neste dia se vê.

29 As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.

Deuteronômio 30

1 E será que, sobrevindo-te todas estas coisas, a bênção ou a maldição, que tenho posto diante de ti, e te recordares delas entre todas as nações, para onde te lançar o SENHOR teu Deus,

2 E te converteres ao Senhor teu Deus, e deres ouvidos à sua voz, conforme a tudo o que eu te ordeno hoje, tu e teus filhos, com todo o teu coração, e com toda a tua alma,

3 Então o Senhor teu Deus te fará voltar do teu cativeiro, e se compadecerá de ti, e tornará a ajuntar-te dentre todas as nações entre as quais te espalhou o Senhor teu Deus.

4 Ainda que os teus desterrados estejam na extremidade do céu, desde ali te ajuntará o Senhor teu Deus, e te tomará dali;

5 E o Senhor teu Deus te trará à terra que teus pais possuíram, e a possuirás; e te fará bem, e te multiplicará mais do que a teus pais.

6 E o Senhor teu Deus circuncidará o teu coração, e o coração de tua descendência, para amares ao Senhor teu Deus com todo o coração, e com toda a tua alma, para que vivas.

7 E o Senhor teu Deus porá todas estas maldições sobre os teus inimigos, e sobre os que te odiarem, que te perseguirem.

8 Converter-te-ás, pois, e darás ouvidos à voz do Senhor; cumprirás todos os seus mandamentos que hoje te ordeno.

9 E o Senhor teu Deus te fará prosperar em toda a obra das tuas mãos, no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto da tua terra para o teu bem; porquanto o Senhor tornará a alegrar-se em ti para te fazer bem, como se alegrou em teus pais,

10 Quando deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus, guardando os seus mandamentos e os seus estatutos, escritos neste livro da lei, quando te converteres ao Senhor teu Deus com todo o teu coração, e com toda a tua alma.

11 Porque este mandamento, que hoje te ordeno, não te é encoberto, e tampouco está longe de ti.

12 Não está nos céus, para dizeres: Quem subirá por nós aos céus, que no-lo traga, e no-lo faça ouvir, para que o cumpramos?

13 Nem tampouco está além do mar, para dizeres: Quem passará por nós além do mar, para que no-lo traga, e no-lo faça ouvir, para que o cumpramos?

14 Porque esta palavra está mui perto de ti, na tua boca, e no teu coração, para a cumprires.

15 Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal;

16 Porquanto te ordeno hoje que ames ao Senhor teu Deus, que andes nos seus caminhos, e que guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, para que vivas, e te multipliques, e o Senhor teu Deus te abençoe na terra a qual entras a possuir.

17 Porém se o teu coração se desviar, e não quiseres dar ouvidos, e fores seduzido para te inclinares a outros deuses, e os servires,

18 Então eu vos declaro hoje que, certamente, perecereis; não prolongareis os dias na terra a que vais, passando o Jordão, para que, entrando nela, a possuas;

19 Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,

20 Amando ao Senhor teu Deus, dando ouvidos à sua voz, e achegando-te a ele; pois ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; para que fiques na terra que o Senhor jurou a teus pais, a Abraão, a Isaque, e a Jacó, que lhes havia de dar.

TIMBIRAS: Homem é preso em após agredir e ameaçar esposa

No final da tarde deste sábado (14/05), a guarnição de serviço recebeu denúncia que na Rua Sete Casas – Timbiras-MA, havia uma vítima sendo agredida pelo seu companheiro.
Imediatamente a guarnição deslocou até o local e se deparou com a vítima, que já estava com várias lesões no rosto.
Verificando a situação os policiais acionoaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência- SAMU para prestar atendimento à vítima e em seguida iniciou-se as buscas para localizar o agressor.
Durante as diligências iniciais o acusado não foi encontrado.
Logo depois que os policiais saíram do local, o acusado retornou à residência para voltar a agredir a vítima.
Quando a guarnição chegou ao local, encontrou o acusado e a este foi dado voz de prisão e apresentado na delegacia de policia civil.

*17°BPM: SUA SEGURANÇA É NOSSA MISSÃO!*

Policial militar e comparsas são presos por roubos de cargas no Maranhão e Pará

Uma operação da Polícia Civil cumpriu oito mandados de prisão temporária e de busca e apreensão em desfavor de membros de uma organização criminosa interestadual envolvida com roubo de cargas de cigarros. Um dos presos é um policial militar do estado do Pará.

As capturas ocorreram entre quarta-feira (11) e sexta-feira (13), nas cidades maranhenses de Imperatriz, São Luís, Buriticupu, além de Santa Izabel no Pará.

De acordo com o delegado Jorge Pacheco, titular do Departamento de Combate ao Roubo de Cargas da Superintendência de Investigações Crimininais (Seic), as investigações contra o grupo ocorreram a partir de um roubo de uma carga de cigarros, avaliada em quase R$ 1,8 milhão pertencente à empresa Souza Cruz, em maio de 2020, no município de Açailândia.

“Fizemos os levantamentos e conseguimos identificar pelo menos dez criminosos que participaram da ação criminosa. Foi representado pela prisão temporária e busca e apreensão, e agora efetuamos a captura de oito. A organização atua de forma interestadual, aqui no Maranhão e Tocantins”, explicou.

O delegado destacou, ainda, que os presos possuem histórico criminal vasto. Alguns deles com passagens por roubos a bancos, a residências e outras cargas.

Durante a operação, foram apreendidos um automóvel, aparelhos celulares, notebook e a quantia de pouco mais de R$ 1 mil em espécie.

Após os procedimentos necessários, os presos foram encaminhados para o presídio, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Vereador Pastor Max entrega Moção de Congratulações e Aplausos pelos 41 Anos da Igreja do Evangelho Quadrangular em Codó

O vereador Pastor Max homenageou na última sexta-feira (13), a Igreja do Evangelho Quadrangular e o Pastor Rafael Sena com a Moção de Congratulações e Aplausos. A propositura de iniciativa do vereador Pastor Max foi aprovada pela Câmara Municipal na última terça-feira (10).

“É com muita alegria que entregamos essa homenagem ao nosso Pastor Rafael Sena, que ele sinta-se abraçado por toda a cidade de Codó pelos 41 anos que esse trabalho vem sendo desenvolvido em prol de nossa sociedade e que continuem firmes e constantes nessa missão, que Deus abençoe esse Ministério”, destacou o parlamentar.

O Pastor Rafael Sena também agradeceu a homenagem concedida em nome da Câmara Municipal. “Estou muito honrado em receber esta Moção. Agradeço a Deus por nos ter dado a oportunidade em poder levar a palavra do Senhor para tantas pessoas. Estou há quatro anos liderando a Igreja de Codó e me sinto muito feliz em levar a palavra de Deus a cada munícipe”, disse o Pastor.

Na ocasião, estiveram presentes, o Pastor Paulo Guilherme, presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular no Estado do Maranhão e comitiva, além de outras lideranças eclesiásticas da cidade de Codó. As festividades pelos 41 Anos da Igreja do Evangelho Quadrangular em Codó continuam com programação no sábado e domingo.

Comandante do 17º BPM realiza operação em antigo Posto Fiscal no Km-17 em Codó

O Comandante do 17°BPM de Codó, Tenente Coronel Joanilson Gusmão, foi nesta sexta-feira (13/05) até ao Distrito KM 17, às margens da BR-316 para apurar denúncias de que no antigo Posto Fiscal estava ocorrendo a incidência de crimes.
A ida do Tenente Coronel Joanilson até o KM 17, foi motivada por denúncias feitas por moradores e comerciantes daquele local, de que por lá haviam pessoas suspeitas de realizar arrombamentos, furtos e roubos e até consumo e tráfico de drogas.
O primeiro passo é receber a demanda e em seguida passaremos a montar uma estratégia e um plano de operação para combater os problemas, disse o Comandante.
Ir ao local buscar elementos que possam consubstanciar ações efetivas para a Segurança Pública, facilita no planejamento estratégico, recorçouo comandante, Tenente Coronel Joanilson.
Nos próximos dias, estaremos intensificando mais ainda as ações no KM 17, com a finalidade de oferecer mais Segurança àquela localidade, haja visto a importância que aquela BR tem para o país, finalizou.

*17°BPM: SUA SEGURANÇA É NOSSA MISSÃO.*

VAGA URGENTE! PRECISA SE DE UM CONFEITEIRO COM EXPERIÊNCIA

Ser responsável pela produção de bolos e doces confeitados, mantendo a limpeza e a ordem no seu ambiente de trabalho evitando desperdício de matéria-prima. Ter assiduidade, pontualidade e uso de manuseios de boas práticas. Ser dotado de muita criatividade e facilidade com trabalhos manuais, pois tudo é feito de forma artesanal.
Gestão do setor de panificação e confeitaria. Desejável experiência na área.

Interessados procurar por João no watzap (99) 98271-7411 ou no endereço abaixo.

Rua Afonso Pena Point do Bolo