Procura-se por Safira que está desaparecida

*Safira*
Sumiu 11/05 (Sábado)
Tivemos notícias dia 15/05 de que ela teria sido vista entre as Ruas do Cajueiro,Zota Bayma e mediações do Bairro Novo Milênio,fomos até o localização mas não encontramos e agora ela pode estar em qualquer lugar da cidade.😔

Ela tem está usando uma coleira repelente,tem mais de 20kg,orelhas levantadas,é dócil e provavelmente pode ter entrado no cio por que completou 7 meses logo após o seu desaparecimento.

Qualquer informação,por favor entrar em contato

(99) 98189-4003
(99) 98156-4031

Mais Imposto:Lula oficializa lei que institui a volta da cobrança do DPVAT

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou, com vetos, a Lei Complementar 207/2024, que institui a volta da cobrança obrigatória do seguro de Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT). A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (17) do Diário Oficial da União (DOU).

O novo seguro passará a se chamar Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT) e cobrirá indenizações por morte e por invalidez permanente, total ou parcial, além do reembolso de despesas com assistência médica, serviços funerários e reabilitação profissional das vítimas. Ainda não há previsão de qual será o valor cobrado.

Os vetos aplicados por Lula foram inseridos em dois artigos que classificavam o não pagamento do seguro no prazo estipulado pela lei como infração grave, com multa de R$ 195,23. Ao justificar a decisão, o chefe do Executivo declarou que a penalidade “contraria o interesse público, pois acarreta ônus excessivo pelo não pagamento”.

– Ressalte-se que o Projeto de Lei Complementar já prevê a obrigatoriedade de quitação do prêmio do SPVAT para fins de licenciamento anual, de transferência de propriedade e de baixa de registro de veículos automotores de vias terrestres – diz a justificativa.

O DPVAT tinha sido extinto em 2019 pelo então presidente Jair Bolsonaro (PL). Desde 2021, a Caixa operava o seguro de forma emergencial, após o fim do consórcio de seguradoras privadas que era responsável pelo fundo anteriormente. Os recursos arrecadados até a extinção do DPVAT foram suficientes para pagar indenizações e reembolsos até novembro de 2023. Desde então, os pagamentos estão suspensos.

Semana do Microempreendedor Individual vai ofertar ações gratuitas em dez cidades da Região dos Cocais

Promovida pelo Sebrae, a Semana MEI acontece entre os dias 20 e 24 de maio com mais de 300 ações em todo o Maranhão

Está chegando a Semana do Microempreendedor Individual 2024. Promovida pelo Sebrae, a Semana do MEI acontece de 20 a 24 de maio e é voltada para quem deseja formalizar-se como microempreendedor individual (MEI) e também para aqueles que já se formalizaram, mas querem melhorar seus negócios. A programação é gratuita, com mais de 300 ações, em 104 cidades maranhenses atendidas pelas 12 Unidades de Negócios do Sebrae.

Na Região dos Cocais, as ações da Semana MEI serão promovidas por meio da Unidade de Negócios do Sebrae em Caxias e acontecerão em dez municípios: Buriti Bravo, Caxias, Coelho Neto, Codó, Coroatá, Lagoa do Mato, São Francisco do Maranhão, Parnarama, Timbiras e Timon.

As ações da Semana têm a parceria das Salas do Empreendedor dos municípios. A programação contará com cursos, consultorias, palestras e oficinas voltados para Compras Governamentais, Acesso ao Crédito, Gestão Financeira, Mídias Digitais, Vendas, Fluxo de Caixa, Capital de Giro, entre outros temas.

As pessoas interessadas em participar, podem procurar o Sebrae, a Sala do Empreendedor do município e os canais digitais do Sebrae (Instagram e Facebook) para consultar a programação.

Narrador Silvio Luiz morre aos 89 anos em São Paulo

O narrador esportivo Silvio Luiz morreu nesta quinta-feira (16) às 9h40, aos 89 anos de idade, em decorrência de falência múltipla dos órgãos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Oswaldo Cruz.
O Hospital Alemão Oswaldo Cruz informa que o paciente, Sr. Sylvio Luiz Perez Machado de Souza, 89, faleceu nesta quinta-feira (16) às 9h40, em decorrência de falência de múltiplos órgãos.
O narrador esportivo e jornalista estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital desde o dia 8 de maio.
O Hospital Alemão Oswaldo Cruz lamenta o falecimento, a direção, equipe médica e assistencial se solidarizam com os familiares e amigos neste momento de dor.
Dr. Roberto Betti- Diretor Clínico Dr. Haggeas da Silveira Fernandes – Diretor executivo médico

Instantes antes, a morte foi anunciada nas redes sociais pelos amigos Everaldo Marques e Márvio Lúcio, o Carioca.

Pai de estudante saca arma de fogo e agride alunos dentro de escola durante Jogos Estudantis

Dados de testemunhas dão conta que a partida acontecia na segunda-feira, 13, entre atletas da Escola Théo Brandão e uma escola particular de Maceió quando um dos estudantes da unidade de ensino estadual passou a provocar o filho do acusado, que supostamente é policial.

O pai do atleta não teria gostado das provocações e segurou o adolescente pela gola da camisa. Com a situação, os colegas de time foram tomar satisfação com o homem, que acabou sacando a arma de fogo. Além disso, o homem teria agredido dois estudantes, causando confusão no local.

Por meio de nota, a Secretaria de estado da Educação (Seduc) informou que durante a confusão, adotou todas as providências no sentido de garantir a integridade física dos presentes no evento, acionando as polícias Militar e Civil – que já apuram as circunstâncias do fato e possuem imagens do sistema de videomonitoramento da unidade.

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso. O homem deve responder por ameaça e tentativa de lesão corporal dolosa.

Nota Seduc

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que a gestão da Escola Estadual Theotônio Vilela Brandão, localizada no bairro do Poço, em Maceió, adotou todas as providências no sentido de garantir a integridade física não só de estudantes e servidores, mas também dos visitantes, acionando as polícias Militar e Civil – que, por sua vez, já apuram as circunstâncias do fato, dispondo, inclusive, de imagens do sistema de videomonitoramento da unidade.

A Seduc reforça que o episódio não trouxe prejuízo à sequência dos Jogos Estudantis de Alagoas (JEAL), cuja realização conta com o permanente apoio do Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), reafirmando, em tempo, seu compromisso com a segurança e bem-estar de toda a comunidade escolar.

Entenda caso da pesquisadora que acusa Daniela Lima e Janja

As denúncias feitas pela ex-pesquisadora da USP, Michele Prado, contra a jornalista Daniela Lima e a primeira-dama Janja da Silva viraram pauta de análise na Câmara dos Deputados. O Pleno.News explica a escalada desse caso, que abrange demissão, cyberbullyng, suposta milícia digital e até mesmo a intervenção do deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MF).

Tudo começou na última sexta (10), quando Prado, até então pesquisadora no Monitor do Debate Político do Meio Digital da USP, corrigiu declarações feitas pela apresentadora Daniela Lima, da Globo News.

Na ocasião, Daniela havia dito que uma pesquisa feita pelo grupo da USP mostrou que 31% das publicações feitas entre 10h e 14h do dia 10 de maio no X com as palavras chave “Rio Grande do Sul” e “Tragédia” eram antigoverno e desinformativas.

Em publicação no X, Michele, que participou da pesquisa, disse que a fala da jornalista estava incorreta. Isso porque o estudo, na verdade, indica apenas que 31% das publicações sobre o RS eram críticas ao governo e as instituições, sem analisar quais delas eram desinformativas, opinativas ou factuais. Ou seja, não foi analisado o percentual de quantas dessas postagem foram enquadradas por agências de checagem.

Após a correção, Prado relata ter sido insultada via WhatsApp por Daniela Lima. Ela conta ter sofrido assédio moral e que acabou sendo demitida da USP, supostamente por esse motivo. Na entidade, ela pesquisava sobre prevenção/combate aos extremismos políticos.

A pesquisadora disse ainda estar sofrendo cyberbullying, o qual chamou de janjismo e movimento cultista. Ela afirma que a primeira-dama, Janja da Silva, teria criado uma “milícia digital” que estaria manipulando a opinião pública, em uma espécie de “gabinete do ódio”.

O caso ganhou repercussão, e o deputado federal Nikolas Ferreira convidou a pesquisadora a prestar esclarecimentos sobre as afirmações que fez, sob a justificativa de que é importante trazer luz sobre tais denúncias. Inicialmente, Michelle recusou o convite, mas posteriormente decidiu aceitar. Ela afirma que falará baseada na verdade dos fatos e se defenderá da campanha de cyberbulling feita contra ela.

O parlamentar informou que o requerimento para ouvir a pesquisadora será votado na reunião da próxima quarta-feira (22).

Nota de apoio e esclarecimentos sobre a greve dos docentes

Foto/Arquivo
Em face aos cenários vivenciados pelas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) do país na atualidade, a Administração Superior da Universidade Federal do Maranhão vem a público reafirmar seu apoio e solidariedade aos docentes e aos servidores técnicos-administrativos na luta por melhores condições de trabalho, reestruturação das carreiras, reajustes dignos, recomposições orçamentárias, entre outras pautas apresentadas pelos respectivos movimentos grevistas ao Governo Federal.
Desse modo, a UFMA reconhece o direito e a legitimidade da greve e respeita a autonomia de cada servidor técnico e docente em aderir ou não ao movimento grevista. Neste sentido, desde o início, a Gestão Superior da UFMA tem honrado seu compromisso em estabelecer e manter um diálogo aberto e propositivo na busca de soluções que possam assegurar a manutenção de serviços essenciais à comunidade acadêmica e garantir aos docentes, que não aderiram à greve, o direito de permanecer com a oferta dos componentes curriculares e demais atividades acadêmicas.Urge esclarecer que as decisões da gestão, tomadas em reuniões coletivas e instâncias colegiadas, com representatividade das categorias, estão sempre em observância aos dispositivos legais da Administração Pública que regem as IFES, entre eles, as orientações contidas nas Instruções Normativas SGP/SEDGG/ME Nº 54, de 20 de maio de 2021, e SRT/MGI Nº 49, de 20 de dezembro de 2023, que dispõem “sobre os critérios e procedimentos gerais a serem observados pelos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (SIPEC), nas situações de paralisação decorrentes do exercício do direito de greve”.

Importa reafirmar que a Administração Superior, por intermédio do Ofício nº 57/2024/PROGEP/UFMA, está cumprindo determinação legal quanto aos registros no Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos – SIGRH, uma ação que, antes de ser punitiva, é um mecanismo de proteção ao docente, direcionado somente ao acompanhamento das atividades em sala de aula, preservando os docentes da possibilidade do registro de faltas pelos discentes.

Com relação ao calendário acadêmico, é importante ressaltar que a suspensão resultará em uma série de prejuízos aos docentes, discentes e técnicos da UFMA, como: o cancelamento das bolsas, paralisação do restaurante universitário, da assistência à saúde e demais tipos de serviços direcionados à comunidade.

É importante ressaltar que, ao final da greve, será aprovado no CONSUN a prorrogação do Calendário Acadêmico para reposição das aulas.

Por fim e por oportuno, reafirmamos o posicionamento da instituição na valorização dos servidores docentes e técnicos administrativos, destacando a importância que eles têm para uma educação pública de qualidade, que efetive transformações sociais, por meio da formação de cidadãos éticos e críticos, bem formados e compromissados com o desenvolvimento do nosso país.

URGENTE: TJ-MA Ordena que Blogueiro Fantasma Marcos Silva Retire Todas as Matérias Infundadas e sem Provas de suas Redes Sociais e Blog contra o Deputado Estadual Francisco Nagib

 

O Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão no uso de suas atribuições Agora pouco deu um parecer para que o blogueiro Marcos Silva Retire as Matérias Caluniosas feitas em seu Blog e Rede Social, desferindo falsas acusações contra o Deputado Estadual Francisco Nagib.

A justiça ordenou que Marcos Silva Caso, não retire as matérias caluniosas pagará uma multa diária de 500 reais sobre pena de uma nova ação judicial em desfavor do blogueiro.

Intimação enviada via e-mail

Veja a decisão:

 

 

Por Ítalo de Sousa