Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Chegou em Codó a Central do Óleo, tudo que você precisa em termo de óleo automotivo em um só lugar

Chegou em Codó a Central do Óleo, trabalhando com veículos nacionais e importados, de linha leve, linha pesada, máquinas agrícolas e industriais, sempre com profissionalismo em busca do melhor atendimento e do melhor resultado.

Temos Óleos, lubrificantes, graxas, filtros, fluidos automotivos, tendo como parceiros clientes de diversos segmentos: indústrias, transportadoras, postos de combustíveis, trocas de óleo, terraplanagens,oficinas mecânicas e de autopeças, entre outros.

A Central de Óleo esta situada na Avenida Santos Dumont 2886B ao lado da Megapizza Bairro São Sebastião Codó Maranhão

WhatsApp: (99) 98139-1505 falar com Messias

 

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

A interpretação do STF no caso Silveira pode atingir figuras da esquerda?

Depois da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), personalidades da direita resgataram nas redes sociais vídeos com casos de ofensas a autoridades proferidas por figuras da esquerda. Houve um clamor pela isonomia na aplicação da lei: se Silveira foi preso com base na Lei de Segurança Nacional (LSN), por que isso não deve acontecer também com outras figuras que proferiram ameaças a ministros do STF, ao presidente da República ou aos presidentes da Câmara e do Senado?

Na esteira dessa polêmica, o vereador de Belo Horizonte Nikolas Ferreira (PRTB) elaborou uma notícia-crime contra o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Ciro Gomes, por publicações disponibilizadas na internet em que eles teriam proferido palavras de ameaça contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Ferreira pediu a prisão em flagrante de Gomes e Freixo com base na interpretação que Alexandre de Moraes fez da noção de flagrante delito permanente da LSN. Na visão de Moraes, enquanto um vídeo continuar disponível na internet, é possível prender em flagrante aquele que proferiu declarações consideradas criminosas.

Na opinião de Andrew Fernandes, advogado criminalista e sócio do Bayma e Fernandes Advogados Associados, a decisão de Moraes abriu precedente para que, a partir de agora, declarações do passado sejam resgatadas para incriminar políticos. Sobre os casos específicos das declarações pinçadas pelo vereador de BH, ele considera que não seria fácil enquadrá-las na LSN.

PUBLICIDADE

A única dessas falas que poderia ter alguma consequência do ponto de vista penal, a depender da interpretação, seria um tuíte em que Freixo diz: “Impeachment ou morte”. “Pode ser interpretada como se ele quisesse incitar a subversão à ordem política, à ordem social, e colocar em xeque o regime democrático e a figura do chefe do Poder Executivo”, avalia Fernandes, ressalvando que não está claro se essa foi a intenção de Freixo com o tuíte. O próprio deputado, em tuíte posterior, explicou sua declaração: “Para quem não sabe ler ou sofre de mau caratismo, repito: ou fazemos agora o impeachment de Bolsonaro ou mais brasileiros morrerão.”

Fernandes considera que a decisão do STF sobre Silveira foi tão frágil do ponto de vista jurídico que acabou abrindo precedente para reivindicações que beiram o absurdo. “Se a gente se afasta do Direito, sobra a barbárie. Tudo perde o sentido, perde a lógica. Porque não é crime permanente. A grande verdade é essa. Você faz um vídeo, e aí cinco, dez, quinze anos depois alguém vai querer responsabilizá-lo por aquilo? Não me parece a melhor interpretação.”

Caso a notícia-crime de Ferreira resulte em algum processo, a competência para julgar esse tipo de caso seria da Justiça Federal, e não do STF, como sugeriram alguns sites ao divulgarem o fato. O documento precisaria, portanto, ser encaminhado para o Ministério Público Federal. “Como se trata de um crime que seria julgado pela Justiça Federal, quem faz a persecução penal na Justiça Federal é o Ministério Público Federal”, explica Fernandes.

O jurista Benedito Villela, professor de Direito do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec) São Paulo, também considera que algumas declarações de parlamentares feitas no passado poderiam ser trazidas à tona com um objetivo revanchista. Para ele, mesmo que declarações do passado não tenham sido tão incisivas como a de Silveira, a lógica inaugurada pelo STF poderia abarcá-las.

“O que o Daniel Silveira fez é sem precedentes em termos de abordagem, de seriedade e até de falta de decoro parlamentar, mas não é sem precedentes no sentido de um parlamentar estar abusando de suas prerrogativas, inclusive de impunidade parlamentar ou mesmo do direito da fala. Sob essa ótica, não é novidade”, afirma Villela.

PUBLICIDADE

O ex-deputado-federal Wadih Damous (PT-RJ), por exemplo, afirmou em um vídeo de 2018 publicado em uma rede social: “Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal”. Villela considera que, pela interpretação de Moraes, isso seria suficiente para colocar o ex-deputado em risco.

“Sob a ótica atual que vem sendo adotada para esse tipo de coisa, sem dúvida alguma ele poderia ser enquadrado. Esse enquadramento é dado por uma analogia, por uma interpretação extensiva de uma série de critérios usados pelo Alexandre de Moraes. Como penalista que é, ele se baseou na conjugação de uma série de artigos para construir essa verdade”, avalia o jurista.

Veja os casos de ofensas ao STF e outros Poderes que foram comparados com o de Daniel Silveira

“Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal”, disse Damous em 2018

Entre os casos que foram resgatados pela direita, o mais semelhante ao de Daniel Silveira foi um vídeo de 2018 publicado no Facebook pelo então deputado federal do PT Wadih Damous. “Nós temos que redesenhar o Poder Judiciário e o papel do Supremo Tribunal Federal. Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal. Nós temos que criar uma Corte Constitucional, de guarda exclusiva da Constituição, com seus membros detentores de mandato”, disse Damous.

Freixo ataca o presidente Bolsonaro

Em abril e outubro de 2020, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) chamou o presidente Bolsonaro de “genocida” via Twitter. A LSN prevê prisão de 1 a 4 anos para quem “caluniar ou difamar o Presidente da República, o do Senado Federal, o da Câmara dos Deputados ou o do Supremo Tribunal Federal, imputando-lhes fato definido como crime ou fato ofensivo à reputação”. Em janeiro deste ano, Freixo ainda tuitou: “Impeachment ou morte”. Depois, apagou o tuíte e se explicou: “Para quem não sabe ler ou sofre de mau caratismo, repito: ou fazemos agora o impeachment de Bolsonaro ou mais brasileiros morrerão.”

PUBLICIDADE

Ciro Gomes sobre Bolsonaro: “Daremos a ele o destino que teve Mussolini”

Em janeiro de 2021, Ciro Gomes (PDT) fez uma declaração que também foi interpretada por muitos como uma incitação à violência contra o presidente. “Se ele tentar um golpe no futuro ou a qualquer momento, nós daremos a ele o destino que teve Mussolini. Eu, Ciro Gomes, assumo como palavra de honra: estarei na luta de um, de dez, ou de mil para dar a ele o destino de Mussolini se ele tentar algum golpe no Brasil”, afirmou o ex-candidato à Presidência. Benito Mussolini (1883-1945), ditador italiano, morreu assassinado por opositores políticos em 1945.

Lula disse em 2016 que STF e STJ estavam “acovardados”

Em conversas telefônicas interceptadas pela Polícia Federal em 2016, o ex-presidente Lula fez críticas ao Poder Judiciário e insinuou que o STF e o STJ agiam com conivência ao não barrarem algumas ações da Operação Lava Jato. Em uma delas, com a ex-presidente Dilma Rousseff, Lula disse que o STF estava “acovardado”. “Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada, nós temos uma Superior Tribunal de Justiça totalmente acovardado”, afirmou.

Dirceu em 2018: “Deveria tirar todos os poderes do Supremo”

O ex-deputado federal e ex-presidente do PT, José Dirceu, também já fez críticas pesadas ao STF. Em uma entrevista de 2018 ao site 180 Graus, ele afirmou: “O problema é que o Supremo Tribunal Federal… Eu não sei por quê esse nome de Supremo… Corte Constitucional deveria chamar. Primeiro, deveria tirar todos os poderes do Supremo e ser só Corte Constitucional”.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

Enquanto a saúde de Codó está um caos, prefeito planeja contruir mais um morgue

Em época de eleições, os candidatos a prefeito às vezes acabam prometendo o que não podem cumprir, seja por má-fé, seja porque não sabem os limites da atuação de um prefeito. Como em todos os âmbitos mais importantes da atuação pública, as promessas em torno da saúde foram muitas durante a campanha do atual Prefeito Zé Francisco, incluindo a que ele resolveria todos os problemas da saúde em 90 dias.

No entanto, 60 dias já se passaram e a atual gestão está perdida e a saúde um verdadeiro caos. Nos últimos cinco dias foram sete mortes por covid em Codó, o HGM está sem médicos e profissionais da saúde suficientes, os que têm não estão recebendo em dia. Também não há testes para covid. Além disso, Codó não tem Hospital de campanha, apenas uma pequena área do HGM para tratar dos acometidos pela pandemia.

Para piorar, o município nunca enviou ao Governo dos Estado os dados sobre a atual situação da pandemia do coronavirus em Codó. Em meio a tudo isso, o prefeito, ao invés de salvar vidas está pensando em construir mais um morgue. Realmente, em meio a esse caos, essa é a única opção em que o prefeito consegue pensar. Lamentável.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

Soldado da Polícia Militar é encontrado morto em casa no município de São José de Ribamar

Um soldado da Polícia Militar de 23 anos, identificado como Pedro Lucas Limas Santos, foi encontrado morto na manhã deste domingo, 28/02, em sua residência, no condomínio no Parque do Sol, localizado na Maiobinha, no município de São José de Ribamar.

De acordo com a polícia, uma ligação anônima informou sobre o ocorrido. Uma guarnição foi deslocada até o local e comprovou a veracidade dos fatos. O soldado foi encontrado com um disparo de arma na cabeça, efetuado por uma pistola Taurus PT840, carga da PMMA.

A polícia ainda informou que, por volta das 05h45min da manhã, o PM enviou uma mensagem, via wattsapp, para sua ex-companheira, se despedindo. De imediato, ela se dirigiu até o local e encontrou o policial já sem vida, com uma lesão na cabeça e a arma de fogo ao lado do corpo.

Os dois moraram juntos por oito meses, e estavam separados há uma semana. Então, a ex-companheira saiu de casa e estava no apartamento de uma amiga nesse período de separação.

Ainda de acordo com a ex-companheira, o PM apresentava quadros de depressão. O casal não tinha filhos.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

Prefeito Dr. Júnior garante kits de feira e de irrigação para a Agricultura Familiar de Peritoró

Na última sexta-feira (26) o prefeito de Peritoró, Dr. Júnior, e o secretário municipal de agricultura, Sandro Rangel, estiveram reunidos com o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Rodrigo Lago, na sede da (SAF) em São Luís. Na ocasião, o prefeito conseguiu para o município de Peritoró 10 kits de feira e instalação de 5 kits de irrigação. Com a entrega dos equipamentos, famílias de agricultores e agricultoras familiares terão condições de melhorar a produção e a produtividade.

O secretário de agricultura de Peritoró, Sandro Rangel, destacou importância da aquisição dos kits para incentivar a produção da agricultura familiar. “Hoje estamos recebendo 10 kits de feira e 05 kits de irrigação, o que irá fortalecer a produção dos agricultores do município. É uma busca constante do prefeito Dr. Júnior e uma ação muito positiva, da qual agradecemos ao secretário Rodrigo Lago e ao governador Flávio Dino,” destacou o secretário.

Para o prefeito Dr. Júnior, os kits de feira e irrigação são importantes ferramentas para fazer crescer a geração de renda dos agricultores familiares do município. “Peritoró é uma cidade com grande potencial para a produção agrícola e precisa desse estímulo e de incentivo para fortalecer a agricultura familiar. Essa parceria entre a SAF e a Prefeitura é importante para que nossos agricultores possam obter uma produção maior e ter canais para fornecer e comercializar sua produção, gerando renda para estas famílias. Portanto, é com muita satisfação que recebemos esses kits de feira e irrigação e estamos muito felizes. Meus agradecimentos especial ao secretário Rodrigo Lago e ao nosso governador Flávio Dino por olharem com toda atenção por Peritoró”, agradeceu o prefeito.

Nota: Asscom – PMP

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

Policiais do 17° BPM participa de ação integrada para fiscalização do decreto Municipal em Codó

Iniciou na noite desta sexta-feira (26), a Operação Integrada para fiscalização do Decreto Municipal que prevê novas medidas de prevenção ao COVID-19, no município de Codó.
A Operação é composta pela Polícia Militar 17º BPM, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Saúde e tem como objetivo a fiscalização de bares e estabelecimentos da cidade, verificando o cumprimento de medidas de prevenção e combate ao COVID-19.

*17º BPM, SUA SEGURANÇA É NOSSA MISSÃO!*
*⚠️☎️ DISQUE DENÚNCIA: 98857-2387*

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

Vereador Delegado Rômulo participa do lançamento do Projeto CT Maranhão/Pé de Asa 2021 em Codó

O lançamento oficial do Projeto CT Maranhão/Pé de Asa 2021 foi realizado na manhã desta sexta-feira, dia 26 de fevereiro na Câmara Municipal de Codó. A solenidade contou com a presença do Secretário de Estado de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Warlindo Carneiro Filho, o prefeito de Codó, Dr. Zé Francisco, o secretário municipal de Juventude e atleta olímpico, José Moreira, do vereador delegado Rômulo, entre outras autoridades municipais.

O CT Maranhão/Pé de Asa vai contar com recursos captados através da lei estadual de incentivo ao esporte. Vão ser quatro bases voltadas à formação de atletas nas cidades maranhenses de São Luís, Timon, Caxias e Codó.

“É um projeto genial e de grande valia para o desenvolvimento do atletismo em nosso Estado, para a formação de atletas de base, para a inclusão social, para o apoio dos atletas de alto desempenho e a revelação de novos talentos em Codó e todo Maranhão. Parabéns pela iniciativa do secretário da juventude, atleta e medalhista olímpico, José Moreira, a CBA, ao governo do Maranhão e todas as autoridades envolvidas”, parabenizou o vereador delegado Rômulo.

Nota: Asscom

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.

IFMA divulga resultado final do Processo Seletivo 2021

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) divulgou, nesta sexta-feira (26), o resultado final do Processo Seletivo 2021 para ingresso nos cursos da Educação Profissional Técnica de Nível Médio, nas formas integrada, concomitante e subsequente. O IFMA ofereceu 5995 vagas distribuídas em 27 municípios do Estado. Neste ano, a seleção ocorreu por sorteio eletrônico público, realizado na quarta-feira (24) e transmitido pelo canal da TV IFMA no YouTube.

Edital e demais documentos referentes ao Seletivo Unificado de Alunos aos Cursos da Educação Profissional Técnica de Nível Médio nas formas Integrada, Concomitante e Subsequente para ingresso no ano de 2021 do Instituto Federal do Maranhão.

Os candidatos sorteados pelo sistema de cotas (pretos e pardos) passarão pelo procedimento de heteroidentificação antes da matrícula. A verificação ocorrerá com o candidato comparecendo pessoalmente nos endereços dos campi, informados no Anexo I do Edital. Os campi organizarão os espaços para a realização do processo de heteroidentificação seguindo todos os protocolos sanitários de combate à Covid-19. Os candidatos deverão seguir impreterivelmente as recomendações desse protocolo, assim como, fazer o uso obrigatório da máscara. A data da heteroidentificação é o mesmo período da matrícula informado abaixo.

O candidato convocado para o procedimento deverá apresentar documento original de identificação com foto no ato da heteroidentificação juntamente com a sua autodeclaração étnico-racial, disponível no Anexo II do Edital. A verificação será realizada por uma Comissão de Validação criada especificamente para esta finalidade, que avaliará as características fenotípicas o candidato. Os membros da Comissão irão verificar se os aspectos físicos do candidato autodeclarado negro (preto ou pardo) o caracterizam como pertencente ao grupo racial negro.

Logo após a verificação, o candidato receberá uma cópia do parecer, contendo a informação do deferimento ou indeferimento da autodeclaração. Quem tiver sua autodeclaração deferida, estará apto a efetuar a efetuar a matrícula de forma online no portal do IFMA ou presencial nos campi e campi avançados, nos seus respectivos setores de Registro Escolar. O candidato cuja autodeclaração não seja confirmada pela comissão de heteroidentificação terá sua autodeclaração indeferida. O candidato que tiver sua autodeclaração indeferida pela comissão de heteroidentificação poderá encaminhar recurso.

Acesse o Edital com normas e procedimentos para Heteroidentificação e Matrícula

 

Matrículas

A matrícula dos candidatos selecionados em primeira chamada e o procedimento de heteroidentificação para os candidatos aprovados no sistema de cotas e que se autodeclaram pretos/pardos no momento da inscrição serão realizados no período de 01 a 12 de março. As matrículas serão efetuadas de forma online OU presencial, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17h. No ato da matrícula, o candidato ou seu responsável legal (em caso de candidato menor de idade) deverá assinar o termo de autorização ou não de gravação de voz e imagem que ocorrerá no decorrer das Atividades Pedagógicas Não Presenciais.

O prazo para recorrer do indeferimento da autodeclaração étnico-racial será de 01 a 16 de março. Dentro desse prazo, o candidato tem até 2 dias úteis para interpor recurso contra o resultado, a contar do recebimento do indeferimento da sua autodeclaração como preto ou pardo. O resultado dos recursos será divulgado no dia 18 de março.

Matrículas online – O candidato aprovado deverá ter ou criar sua conta no “gov.br” antes de iniciar os procedimentos de matrículas online. Para realizar a matrícula online, os candidatos deverão anexar, após o preenchimento do formulário de matrícula, a documentação exigida no item 7 do Edital, conforme modalidade da vaga e cota, se for o caso. A documentação apresentada será submetida à análise de uma equipe do Campus correspondente e serão confirmadas as matrículas dos candidatos cuja a documentação atenda às exigências do Edital.

Matrículas presenciais – Os candidatos poderão realizar as matrículas de forma presencial, comparecendo ao respectivo campus (conforme endereços do anexo I do Edital) correspondente ao curso que foi classificado, levando toda a documentação referente à vaga para a qual foi classificado e comparecendo nas datas dispostas no cronograma do item 2 do Edital, no horário das 08h às 12h e de 14h às 17h. Para a realização da matrícula presencial do candidato menor de idade, se faz necessária a presença obrigatória do seu responsável legal. A matrícula presencial poderá ser feita por Procuração com firma reconhecida, no caso da impossibilidade do comparecimento do candidato e/ou do seu responsável legal.

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.