Crossfit, calistenia, funcional e musculação: Qual a diferença?

Equipe de Funcional do Projeto Social Amigos de Sempre

Praticar exercício é necessário para manter não só a boa forma, mas também a saúde em dia. Esse assunto é reforçado dia após dia, principalmente com o aumento do número de pessoas obesas. Apesar da musculação ser o exercício mais tradicional, existem centenas de outras modalidades que abrangem todos os gostos. Algumas, como a calistenia, não são tão conhecidas, e outras, como o crossfit, divide opiniões. Há também o funcional, que pode confundir a cabeça de muita gente.

Os quatro exercícios citados são benéficos para saúde. O crossfit, modalidade de alto impacto e performance, é a junção de três esportes: levantamento de peso olímpico, ginástica e cardio. Sua principal influência é na melhora do condicionamento físico e na resistência. Outros pontos positivos na modalidade são melhora da flexibilidade, aumento de força, fortalecimento da estrutura muscular, melhora da saúde óssea e da aptidão cardíaca.

A calistenia, por sua vez, usa o preso do próprio corpo para gerar resistência, força e desenvolver massa muscular. O foco é movimentar e desenvolver os grupos musculares de forma natural, sem adicionar peso extra. O músculo acaba tendo um foco de forma isolada e melhora a capacidade de definição.

O funcional, muitas vezes praticado em locais como praia, tem foco na estabilidade, mobilidade, equilíbrio e coordenação. Ele colabora para a melhora do condicionamento físico, na função cardiorrespiratória e, claro, no aumento de massa muscular.

E o mais conhecido e mais escolhido, claro, é a musculação. Essa modalidade concentra o levantamento de peso para o desenvolvimento de massa muscular. Ela ajuda no fortalecimento dos músculos e é possível treiná-los de forma isolada. As academias de musculação recebem tanto alunos que buscam aumentar o físico quanto os que querem emagrecer. Quem faz musculação corre menos risco de se fraturar, tem a saúde óssea melhorada, evolução na função cardiorrespiratória, no controle de peso e melhora a flexibilidade nas articulações.

Hondatar Advogados fortalece compromisso social com doações ao Rio Grande do Sul pelo Instituto Hondatar 

Espaço localizado na Vila Mariana será destinado a oferecer cursos a pessoas em situação de vulnerabilidade para promover a inclusão social. O presidente da instituição, Helcio Honda, foi homenageado por seu trabalho social pela Câmara Municipal de São Paulo

 

O escritório Honda, Teixeira, Rocha – Advogados (Hondatar), reconhecido por sua excelência em serviços jurídicos e compromisso com a comunidade, anuncia uma nova fase em seu engajamento social e lança oficialmente o Instituto Hondatar, que nasce com a missão de ser um catalisador para redução das desigualdades ao promover a inclusão social.

 

Apesar do envolvimento da banca com causas sociais estar presente no seu cotidiano há mais de uma década, o Instituto foi criado para intensificar as práticas ESG tanto internamente como para atender à sociedade.

 

Já em funcionamento desde fevereiro, o Instituto Hondatar realizou algumas atividades, como o Mutirão Social do Bem, com cursos de culinária e costura, atendimentos psicológicos e outros na área de saúde, beleza e socioassistencial. Também realizou um evento em comemoração ao dia da Mulher, com diversas palestras sobre saúde, e fez a alegria das crianças da Comunidade Márcio Cardim, com a entrega de ovos de Páscoa.

 

Agora, o Instituto está se mobilizando para ajudar as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Desde a semana passada, instalou dois pontos de coleta no escritório Hondatar Advogados, sendo um interno e o segundo no condomínio onde está situado, por onde circula um grande contingente de pessoas, diariamente. Serão arrecadados donativos como roupas de inverno, água, produtos de higiene e alimentos não perecíveis. O Instituto Hondatar se encarregará de enviar as contribuições a entidades gaúchas. Ao mesmo tempo, para complementar a ação, os colaboradores estão sendo estimulados a doar valores em espécie diretamente para contas oficiais.

 

“Queremos ser propositivos e aproveitar o espírito de solidariedade dos colaboradores do escritório, que integram o Instituto, para realizar ações em prol da população atingida pelas chuvas no estado gaúcho”, diz Hélcio Honda, presidente do Instituto e fundador do escritório Hondatar.

 

Situado na Vila Mariana, o Instituto Hondatar foi concebido para realizar atividades e cursos para pessoas em situação de vulnerabilidade, por meio de atividades de ensino e educação em parceria com a Associação Beneficente e Comunitária do Povo (ABCP); e executar projetos de cidadania e diversidade.

 

Medalha Cadete PM Ruytemberg Rocha

Por sua trajetória no campo social à frente da ABCP, Hélcio Honda recebeu a Medalha Cadete PM Ruytemberg Rocha, em 14 de maio, na Câmara Municipal de São Paulo. A condecoração foi criada para homenagear personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que tenham prestado serviços relevantes à sociedade. É uma forma de reconhecer e destacar o mérito e o compromisso dessas pessoas em fazer a diferença em suas comunidades ou em suas áreas de atuação. A medalha foi concedida pelo vereador Coronel Salles.

 

A união com a ABCP

O Instituto Hondatar já foi idealizado para atuar em colaboração com a ABCP, uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, fundada em 2007, sediada em São Paulo/SP e tem como presidênte Helcio Honda. A Associação promove o amparo e a reinserção social de adultos, crianças e adolescentes com ênfase na recuperação de pessoas em situação de rua, dependentes químicos, mediante a execução de projetos focados na distribuição de refeições por meio de abordagem social, acolhimento, atendimento psicossocial, reabilitação, estadia nas repúblicas e capacitação profissional para garantir autonomia após o término do seu tratamento, sempre visando o resgate da dignidade humana.

Informe FAEMA/SENAR e SINCODÓ: garanta a sua inscrição nos cursos gratuitos durante o período da Expocodó 2024

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (FAEMA), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Codó (SINCODÓ) e a ACRIVI estão ofertando cursos, vitrines e palestras durante a 50ª edição da Expocodó, que será realizada no Parque de Exposição Walter Zaidan, entre os dias 27 de julho a 04 de agosto de 2024, no município de Codó-MA.
Os cursos, palestras e Vitrines serão promovidos pelo Sistema FAEMA/SENAR e SINCODÓ, em parceria com a ACRIVI durante os dias de realização dos 50 ANOS DE EXPOCODÓ. Todos os cursos palestras e Vitrines serão realizados de forma presencial e totalmente gratuitos. Garanta a sua vaga! Contato para mais informações e inscrições pelo telefone (98) 8704-4153, falar com Elias Araujo, mobilizador do SINCODÓ.

Confira os dias, carga horária e os horários dos cursos e escolha o seu.
Cursos EXPOCODÓ 2024
1 – Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas. Dia: 29/07 a 02/08, carga horária 40h, a partir de 18 anos, 10 vagas.
2 – Pilotagem de Drone. Dia: 31/07 a 02/08, carga horária 24h, a partir de 18 anos, 12 vagas
3 – Análise e Classificação de Grãos de Soja e Milho. Dia: 29/07 a 01/08, carga horária 32h, a partir de 18 anos, 10 vagas.
4 – Aproveitamento Integral de Produtos de Origem Vegetal – babaçu. Dia: 29/07 a 01/08, carga horária 32h, a partir de 18 anos, 15 vagas.
5 – Artesanato de Fibras Naturais- Babaçu. Dia: 29/07 a 02/08, carga horária 40h, a partir de 14 anos, 15 vagas
Obs: Todos cursos começam 8hs da manhã no Parque de Exposição Walter Zaidan
Além dos cursos, durante a Expocodó 2024 serão realizadas vitrines sobre Silagem, Piscicultura e Hidroponia e palestras sobre Suplementação Estratégica de Bovino, Regularização Fundiária, Importância da Gestão no atual cenário da agropecuária, Resultado da Rede ATEC e ENCONTRO DE PRODUTORES.

Malafaia anuncia parceria para doar eletrodomésticos para vítimas do RS

O líder religioso declarou, por meio de um vídeo, que irá comprar geladeiras, fogões, mesa para quatro pessoas e um jogo de panelas. A varejista fará a venda a preço de custo, isto é, reduzindo os valores do lucro, para que a Avec possa pagar mais barato.

A Associação está recebendo doações via Pix para a campanha solidária para as famílias gaúchas. A campanha vai até o dia 21 de maio e os interessados em participar podem fazer a doação através da chave Pix avec@vitoriaemcristo.org.

O pastor Malafaia faz a prestação de contas com todos os valores doados e os valores gastos para que as pessoas possam acompanhar o que está sendo feito.

Assista:

Crime brutal: Adolescente matou os pais por ter celular ‘confiscado’

O adolescente de 16 anos que confessou ter matado seus pais adotivos disse que o fez porque teve seu computador e celular “confiscados”. Ele ainda matou a irmã, que também tinha 16 anos.

O jovem cometeu o crime na última sexta-feira (17), na casa onde a família vivia, na Vila Jaguara, Zona Oeste da capital paulista. O próprio adolescente ligou para a polícia neste domingo (19) para confessar os assassinatos.

Segundo seu relato, o menor teria sido chamado de “vagabundo” pelos pais adotivos na noite da última quinta (16), tendo em seguido o celular e computador apreendidos. Ele alega que isto o atrapalhou nas atividades escolares, o deixando revoltado.

No dia seguinte, na sexta, o adolescente aproveitou que estava sozinho em casa e pegou a arma do pai, um guarda civil municipal aposentado, e fez testes com o armamento, uma pistola Taurus 9mm.

Por volta das 13h, o pai chegou em casa. Ao se debruçar sobre a pia da cozinha, foi atingido com um tiro na nuca, disparado pelo filho adotivo. Em seguida, ele subiu as escadas, se deparando com a irmã, que questionou o barulho do tiro. Sem pensar duas vezes, o jovem atirou no rosto dela.

O adolescente disse ainda que almoçou na cozinha, ao lado do corpo do pai e depois foi para a academia. A mãe chegou em casa apenas à noite, e o algoz estava a sua espera. Ela deu um grito ao ver o corpo do marido e, quando se debruçou sobre ele, levou um tiro nas costas.

Na manhã seguinte, sábado (18), o menor enfiou uma faca nas costas da mãe, já morta. Segundo os policiais, o adolescente não demonstrou nenhum remorso pelos seus atos, os detalhando friamente.

O adolescente prestou depoimento no 87º Distrito Policial, e foi encaminhado para a Fundação Casa.

O caso foi registrado como “ato infracional de homicídio – feminicídio, ato infracional de posse ou porte ilegal de arma de fogo e ato infracional – vilipêndio a cadáver (ofensa grave que viola o respeito aos mortos)” no 33° DP (Pirituba).

Ex-ator da Globo testemunha sua fé em Jesus: “Ninguém é inconvertível”

O ator Carlos Machado, conhecido por atuar nas novelas da rede Globo, está compartilhando seu testemunho de conversão nas redes sociais.

Em um vídeo, Carlos, de 59 anos, contou que só aceitou Jesus porque a falecida atriz Inalda de Carvalho orou pela sua salvação.

“Pensa numa pessoa inconvertível, numa pessoa que não tem jeito. Que quando falava-se das coisas de Deus, da Bíblia, levantava e dizia: ‘Isso é história da carochinha. Por favor, não quero participar disso’. Eu era assim”, disse Carlos no Instagram.

“Sabe por que eu conheci de verdade Jesus Cristo e entreguei minha vida para Ele? Porque alguém orou por mim e porque alguém me convidou para conhecer a Palavra de Deus, para me aprofundar nesse sentido do conhecimento da Palavra”, acrescentou.

Então, Carlos encorajou os internautas: “Ore por alguém, convide alguém, ninguém é inconvertível”.

‘Qual é o seu propósito?’

No vídeo, Carlos citou a passagem bíblica em Romanos 8:28, que diz: “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito”.

“O propósito Dele [do Senhor]. Eu acredito que o meu propósito é falar do amor de Deus e da salvação através do único caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai a Deus a não ser por Ele, Jesus Cristo”, destacou ele.

Nesse momento, Carlos perguntou: “Qual é o seu propósito?”. E concluiu com uma mensagem de encorajamento para os internautas:

“Descubra o seu propósito porque o melhor lugar para estar, na sua vida, é debaixo do seu propósito. Deus te abençoe, pensa nisso”.

Nos comentários, muitos aproveitaram a oportunidade para compartilhar seus testemunhos:

“Fico tão feliz quando Deus toca no coração de alguém, assim como Ele fez na sua vida Carlos, em 2013 eu ouvia falar de Jesus, mas não conhecia. Hoje, eu ando com Cristo, e a minha vida foi transformada”, escreveu uma mulher.

E outra comentou: “Carlos, eu era assim. Mas, há 16 anos conheci o Senhor Jesus”.

“Não sei quem orou por mim, mas hoje agradeço a Deus, nosso Senhor por conhecer de verdade o seu Evangelho. Cristo vive”, testemunhou outra

Viva a esperança: O que esperamos em Cristo?

Hoje eu quero falar de um tema essencial na vida de qualquer pessoa: esperança! A esperança é mais que uma palavra ou um sentimento, é uma verdadeira força que nos motiva a seguir em frente, especialmente em tempos de dificuldades.

Mesmo sendo cristãos, muitos de nós por vezes ficamos desesperançados. E isso é muito triste. Mas quero te exortar a jamais perder a esperança, principalmente a esperança em Cristo!

Mas o que é esperança?

A palavra “esperança” tem uma origem interessante e significativa. Ela deu origem ao nosso verbo “esperar”, que vem do verbo latino sperare, que significa “aguardar, ter esperança”. Da mesma raiz latina, surgiu também o verbo, que eu particularmente gosto muito (risos): “esperançar”. Ele que significa nutrir ou ter esperança. Essa ligação mostra como a ideia de esperança está sempre associada a esperar por algo bom no futuro.

A esperança é um dos pilares fundamentais da fé cristã. Em um mundo repleto de desafios e incertezas, medo e solidão, tragédias e perdas, a esperança em Cristo oferece um alicerce firme que nos sustenta.

A Bíblia nos ensina que esta esperança não é uma expectativa vaga, mas uma confiança sólida na promessa de Deus. O apóstolo Paulo escreveu em Romanos 15:13: “Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo.”

Esta esperança é alimentada pelo amor e pela graça de Deus, que se manifestam através de Jesus.

Esperar em Cristo significa confiar em Suas promessas de vida eterna e redenção, no futuro. E enquanto estamos aqui, significa ter Sua presença, através do Espírito Santo, e contar com Sua ajuda em cada desafio. Jesus disse que não nos deixaria sozinhos. Somos filhos, e nosso Pai não nos abandonou!

A esperança em Cristo também nos dá força para enfrentar as tribulações diárias. Como Jesus disse em João 16:33: “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo.” Saber que Cristo venceu o mundo nos encoraja a perseverar, sabendo que não estamos sozinhos e que nossas lutas têm um propósito maior.

Do ponto de vista psicológico, a esperança é um fator crucial para o bem-estar mental e emocional. O psicólogo Charles Snyder, conhecido por seu trabalho sobre teoria da esperança, afirmou: “A esperança é a soma das capacidades percebidas para produzir rotas para os objetivos desejados, juntamente com a motivação percebida para usar essas rotas.”

Na Teologia, a esperança é Jesus. O pastor Charles Spurgeon escreveu: “Não olhe para a sua esperança, mas para Cristo, a fonte da sua esperança.” Esta esperança transforma a nossa perspectiva e nos permite viver de acordo com os valores do Reino de Deus.

Por fim, a esperança em Cristo nos convida a olhar além das circunstâncias presentes e a confiar no amor e na fidelidade de Deus. Como está escrito em Hebreus 10:23: “Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel.”

Viver a esperança em Cristo é viver com a certeza de que, independentemente dos desafios que enfrentamos, Deus está conosco e Sua promessa de vida eterna permanece firme. Então, avancemos, vivendo cada dia com esperança renovada, confiando no amor e na graça do Pai, que ama você.

Darci Lourenção é psicóloga, pastora, coach, escritora e conferencista. Foi Deã e Professora de Aconselhamento Cristão. Autora dos livros “Na intimidade há cura”, “A equação do amor”, “Viva sem compulsão” e “Devocional Minha Família no Altar”.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Pedrinho oferece o controle do Vasco para o marido de Leila Pereira, presidente do Palmeiras. Casal pode dominar os dois clubes

Com fortuna de R$ 8 bilhões, Leila e José Roberto Lamacchia têm a chance de algo inédito na história do Brasil. Controlarem dois gigantes. Leila comanda o Palmeiras, eleita presidente. E Lamacchia tem, de sobra, os R$ 990 milhões que a 777 pede pela SAF vascaína.

O marido, dono do Vasco da Gama.

A esposa, presidente, centralizadora, do Palmeiras.

Um casal dominando dois gigantes do futebol brasileiro.

A situação inédita, e que abriria inúmeras discussões, só depende de José Roberto Lamacchia.

O ex-jogador Pedrinho é o atual presidente do Vasco.

E liderou uma rebelião jurídica contra o controle da 777 Partners, que assumiu a SAF do clube carioca.

A empresa norte-americana havia prometido investir R$ 700 milhões, em 2022, para ter 70% das ações vascaínas.

Só que, até agora, só colocou R$ 310 milhões.

Ou seja 31% das ações.

O departamento jurídico de Pedrinho entrou na justiça alegando que a 777 Partners está sendo processada nos Estados Unidos.

Por fraude.

E conseguiu travar o pagamento de compra de novas ações.

O Vasco passou a ter 69% do controle do clube.

Pedrinho não perdeu tempo.

Ele tem relacionamento muito próximo do casal Leila e José Roberto Lamacchia.

E ofereceu ao empresário a chance de controlar o Vasco.

Teria prioridade absoluta, caso quisesse comprar as ações da 777 Partners e as que restam, para ter 70% do controle do clube.

A oferta vazou.

E já provocou inúmeras reações.

A mais barulhenta delas, da oposição palmeirense, que estava adormecida, diante do controle total de Leila Pereira.

Conselheiros já articulam se juntar para alegar, junto ao Conselho Deliberativo, conflito de interesses.

Como é que o casal poderia se dividir controlando dois clubes que disputam torneios como Brasileiro e Copa do Brasil?

Pedrinho está empolgado com a reconstrução de São Januário.

Já tem um projeto para aumentar a capacidade do estádio de 21.800 para 47 mil pessoas.

Para isso será necessário um aporte de R$ 500 milhões.

Está tramitando a Lei do Potencial Construtivo, que poderia emprestar esse dinheiro ao clube.

Mas o presidente vascaíno vê três possibilidades outras.

E todas envolvem Lamacchia.

A primeira é torná-lo dono da SAF do Vasco.

A segunda, incentivá-lo a assumir São Januário, prometendo fazer a reforma.

Algo como a Crefisa fez com Barueri.

A terceira é convencê-lo a comprar os naming rights do estádio.

O que adiantaria muito dinheiro para a reforma.

Alguns veículos de comunicação publicaram que ele teria ido à Nova York para fechar a compra da SAF do Vasco, junto à 777 Partners.

Lamacchia ficou irritadíssimo com o vazamento da notícia.

Do alto dos seus 78 anos foi absolutamente ríspido com a ESPN/Brasil.

“Eu não tenho p… nenhuma com isso!

“Não estou fazendo negócio (com o Vasco).

“Eu tenho apartamento há 10 anos em Nova York.

“E não me encha o saco!.”

Só que Pedrinho deixou claro para a mídia carioca.

Tudo depende da decisão do empresário.

As ofertas estão na mesa.

Leila Pereira não fala sobre o assunto.

Mas há duas vertentes.

Se o negócio for fechado, ela enfrentaria questionamentos no Palmeiras.

Mas ela tem cerca de 80% de apoio dos conselheiros, dos sócios, não corre perigo algum.

E a segunda é o casal ter controle de dois gigantes brasileiros.

Não há nada na legislação que impeça, como pessoas físicas.

Dinheiro não falta aos donos da Crefisa e das Faculdades da América.

Muito pelo contrário….