Prefeitura de Caxias fará sorteio de barraqueiros e isoposeiros, nesta terça-feira(24)

Nesta terça-feira (24), a Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, fará o sorteio de barraqueiros e isoposeiros para trabalharem na vila junina, em Caxias, durante o São João Que a Gente Quer.

A sorteio para os barraqueiros acontecerá no auditório da prefeitura de Caxias às 9h da manhã. O sorteio para os isoposeiros será realizado, também amanhã, às 15h, no auditório da Prefeitura.

Centenas de profissionais realizaram cadastramento na última semana para venderem alimentos e bebidas durante o evento. Como a quantidade de profissionais foi além da expectativa, a secretaria de Cultura fará o sorteio para definir os locais para cada barraqueiro ou isoposeiro.

Bolsonaro corta em 10% o imposto de importação de alimentos

O Ministério da Economia anunciou, nesta segunda-feira (23), uma nova redução de 10% de alíquotas do Imposto de Importação de bens comercializados, como antecipou o Estadão. Segundo a Pasta, a medida reduz os tributos de bens como feijão, carne, massas, biscoitos, arroz, materiais de construção e tem validade até 31 de dezembro de 2023.

“A medida abrange 6.195 códigos da Nomenclatura Comum do Mercosul para reduzir impactos decorrentes da pandemia e do conflito na Ucrânia sobre o custo de vida da população e preços de insumos do setor produtivo”, informou o Ministério da Economia, em nota.

A nova redução foi aprovada na 1ª reunião extraordinária do Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex). Segundo o governo, a medida deve contribuir para o baratear quase todos os bens importados. Mais de 87% dos códigos tarifários tiveram a alíquota zerada ou reduzida em um total de 20%.

No início de abril, o Broadcast antecipou que o governo brasileiro estudava uma nova redução nas taxas de importação cobradas pelo País mesmo sem ter o aval do Mercosul.

Em novembro do ano passado, os ministérios da Economia e das Relações Exteriores já haviam anunciado a redução em 10% das alíquotas de 87% da pauta comercial, mantendo de fora bens como automóveis e sucroalcooleiros, que já têm um tratamento diferenciado pelo bloco.

Pelas regras do Mercosul, a TEC cobrada na compra de produtos de fora do bloco só pode ser alterada em comum acordo pelos quatro países do bloco – Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Assim como no ano passado, no entanto, o governo brasileiro deve recorrer a um dispositivo que permite a adoção de medidas voltadas à “proteção da vida e da saúde das pessoas”.

Em novembro, o governo brasileiro afirmou que, com a pandemia de Covid-19, houve alta de preços que poderia ser minimizada com um “choque de importação”.

Agora, com os preços aumentando ainda mais, especialmente em meio ao conflito no Leste Europeu, uma nova redução temporária nas tarifas alegando a necessidade de combater a inflação está no radar.

*AE

“Forças Armadas cumprirão a lei nas eleições”, diz líder da FAB

Nesta segunda-feira (23), o comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), brigadeiro Baptista Júnior, afirmou que as Forças Armadas irão cumprir as leis durante as eleições deste ano. A declaração foi dada durante um café da manhã com jornalistas.

O militar explicou que a Aeronáutica, a Marinha e o Exército irão trabalhar integradas nas eleições.

– Em todas as eleições, nós somos responsáveis por grande parte do transporte das urnas. O voto de quem está em Santa Rosa do Purus (AC), de quem está em Barcelos (AM), é caro para a gente, mas esse é o preço que a gente tem que pagar pela participação democrática de todos os cidadãos que têm direito de votar. Fazemos com muita eficiência, com muita confiança no resultado, no transporte de todas as urnas (…). Fazemos uma operação chamada GVA (Garantia de Votação e da Apuração), em todas as eleições. Garantir que não [vá] ter confusão, que vai ser feito em clima de tranquilidade a votação. Nós usamos todos os meios das três Forças – pontuou.

Baptista Júnior ainda ressaltou que a FAB é “legalista”.

Emoção de maranhense que foi ver o Cruzeiro pela 1ª vez comove torcida celeste

A paixão não tem limites e supera qualquer tipo de barreira ou distância. Em alguns casos, literalmente. Foi o que aconteceu neste domingo (22) com um torcedor do Cruzeiro que mora no Maranhão, a mais de 1.400 quilômetros de distância de Minas, veio ao Mineirão pela primeira vez e se emociou ao chegar ao estádio.

Em suas redes sociais, o Cruzeiro postou o emocionante momento da chegada do torcedor ao estádio.

Pouco tempo depois de o vídeo ser divulgado, a publicação teve mais de 3 mil curtidas e centenas de comentários, com os torcedores celestes ressaltando a emoção e a paixão pelo clube.

No vídeo, o torcedor maranhense, identificado apenas como José Carlos, vibra ao avistar o Mineirão pela primeira vez.

Devidamente uniformizado com a camisa do Cruzeiro e com a bandeira do clube envolta no pescoço, o torcedor contou, ainda na Esplanada do Mineirão, com os olhos cheios de lágrimas, o que estava sentindo. “Se compara ao dia em que minha filha nasceu e eu tive a oportunidade de cortar o cordão umbilical. A emoção é tão grande quanto”, destacou.

Depois, dentro de campo, José Carlos voltou a se emocionar. A festa foi ainda mais completa com a vitória de 2 a 0 sobre o Sampaio Corrêa. A volta de José Carlos para casa foi repleta de recordações que ficarão marcadas para sempre em sua memória.

o Tempo

EDUCAÇÃO – Prefeitura de Caxias (MA) realiza lotação de 113 profissionais da educação

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Caxias (SEMECT), nessa sexta-feira (20), realizou a lotação  de concursados no certame na área da educação. A solenidade ocorreu no auditório da SEMECT, no Centro de Cultura. Os empossados foram recepcionados pelos profissionais do setor de Recursos Humanos, o gestor de RH Luciano Silva e a secretária da SEMECT, Ana Célia Damasceno. Ao todo 113 profissionais foram lotados em seus devidos cargos.

“Estou muito feliz por vivenciar esse momento, eu me preparei muito para essa ocasião  e hoje aconteceu, é a realização  de um sonho”, destacou Marta Nascimento de Técnicas agrícolas.

O professor Francisco Rodrigues que recebeu sua lotação  para atuar como professor de Língua portuguesa,  falou do momento de realização. “Hoje se concretiza o que foi estipulado como meta. Estou muito feliz por ter conseguido êxito nessa luta, com muito estudo e esforço. Ganha o município e a educação  de Caxias, porque nosso objetivo é  melhorar  ainda mais a educação, com nosso trabalho e dedicação. Agradeço  a Deus e a todos que me ajudaram para eu estar aqui hoje”, frisa o professor.

Dentre os cargos contemplados com as lotações estão: professores, transcritores de Braile, intérprete de libras, cuidadores, monitores de ônibus, motoristas, dentre outros, como destacou a secretária, Ana Célia Damasceno, que fez a entrega de lotações  para os novos servidores da educação. “Estamos aqui para receber e desejar as boas vindas a todos os servidores lotados, em nome do prefeito Fábio Gentil. Hoje a Secretaria  realiza 113 lotações de servidores. Isso é compromisso com uma educação de qualidade. Só desejamos as boas vindas e o nosso convite para fazermos o melhor em nossa cidade”, ressaltou Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT).

 

Evimar Barbosa realiza evento de homenagem ao Mês das Mães em Nina Rodrigues

Na última sexta-feira (20) foi realizada em Nina Rodrigues uma grande festa em homenagem ao Mês das Mães. O evento, promovido pelo engenheiro e parlamentar Evimar Barbosa, aconteceu na sede do SINSPUMNR e contou com a presença de grande número de mães ninenses. Na ocasião, as mães tiveram a oportunidade de desfrutar de uma vasta programação, como distribuição de brindes, lanches, além de sorteio de prêmios como máquina de lavar, fogão, tv, ventilador, entre outros.

O evento, que buscou comemorar um dos períodos mais importantes do calendário, foi prestigiado pela pré-candidata a deputada federal, Amanda Gentil, e pelo pré-candidato a deputado estadual, Francisco Nagib, além de outras importantes lideranças locais. O idealizador do evento, Evimar Barbosa, falou da sua satisfação em contribuir e participar deste momento impar.

É uma grande felicidade poder participar e contribuir para a realização de um momento tão importante para as mães de Nina Rodrigues, minha querida terra natal vê-las felizes e satisfeitas por serem lembradas e valorizadas. Agradeço a cada mãe que se fez presente no evento, sabemos das lutas e desafios diários que cada uma enfrenta, para educar, cuidar, se dedicar integralmente aos filhos e à família. Diante do imensurável valor que as mães representam à sociedade ninense, nada mais justo e merecido do que proporcionar, juntamente com os amigos Francisco Nagib e Amanda Gentil, uma festa à altura do que cada uma merece“, destacou.

O evento foi encerrado com um show de forró pé de serra, animado pelo grupo Cabral e  Banda. “Eu, como mãe, me senti muito lisonjeada pelo tratamento que recebi no evento. tudo muito bem organizado, lanches, prêmios, música ao vivo e, acima de tudo, muita atenção e carinho por parte dos organizadores. Agradeço a todos que nos  proporcionaram esse momento especial às mamães, ” disse uma das mães presentes no evento.

Leitura de hoje será Josué 09 e 10

Josué 9

1 E sucedeu que, ouvindo isto todos os reis, que estavam aquém do Jordão, nas montanhas, e nas campinas, em toda a costa do grande mar, em frente do Líbano, os heteus, e os amorreus, os cananeus, os perizeus, os heveus, e os jebuseus,

2 Se ajuntaram eles de comum acordo, para pelejar contra Josué e contra Israel.

3 E os moradores de Gibeom, ouvindo o que Josué fizera com Jericó e com Ai,

4 Usaram de astúcia, e foram e se fingiram embaixadores, e levando sacos velhos sobre os seus jumentos, e odres de vinho, velhos, e rotos, e remendados;

5 E nos seus pés sapatos velhos e remendados, e roupas velhas sobre si; e todo o pão que traziam para o caminho era seco e bolorento.

6 E vieram a Josué, ao arraial, a Gilgal, e disseram a ele e aos homens de Israel: Viemos de uma terra distante; fazei, pois, agora, acordo conosco.

7 E os homens de Israel responderam aos heveus: Porventura habiteis no meio de nós; como pois faremos acordo convosco?

8 Então disseram a Josué: Nós somos teus servos. E disse-lhes Josué: Quem sois vós, e de onde vindes?

9 E lhe responderam: Teus servos vieram de uma terra mui distante, por causa do nome do Senhor teu Deus, porquanto ouvimos a sua fama, e tudo quanto fez no Egito;

10 E tudo quanto fez aos dois reis dos amorreus, que estavam além do Jordão, a Siom rei de Hesbom, e a Ogue, rei de Basã, que estava em Astarote.

11 Por isso nossos anciãos e todos os moradores da nossa terra nos falaram, dizendo: Tomai em vossas mãos provisão para o caminho, e ide-lhes ao encontro e dizei-lhes: Nós somos vossos servos; fazei, pois, agora acordo conosco.

12 Este nosso pão tomamos quente das nossas casas para nossa provisão, no dia em que saímos para vir a vós; e ei-lo aqui agora já seco e bolorento;

13 E estes odres, que enchemos de vinho, eram novos, e ei-los aqui já rotos; e estas nossas roupas e nossos sapatos já se têm envelhecido, por causa do mui longo caminho.

14 Então os homens de Israel tomaram da provisão deles e não pediram conselho ao Senhor.

15 E Josué fez paz com eles, e fez um acordo com eles, que lhes daria a vida; e os príncipes da congregação lhes prestaram juramento.

16 E sucedeu que, ao fim de três dias, depois de fazerem acordo com eles, ouviram que eram seus vizinhos, e que moravam no meio deles.

17 Porque, partindo os filhos de Israel, chegaram às cidades deles ao terceiro dia; e suas cidades eram Gibeom e Cefira, e Beerote, e Quiriate-Jearim.

18 E os filhos de Israel não os feriram; porquanto os príncipes da congregação lhes juraram pelo Senhor Deus de Israel; por isso toda a congregação murmurava contra os príncipes.

19 Então todos os príncipes disseram a toda a congregação: Nós juramos-lhes pelo Senhor Deus de Israel, pelo que não lhes podemos tocar.

20 Isto, porém, lhes faremos: conservar-lhes-emos a vida, para que não haja grande ira sobre nós, por causa do juramento que já lhes fizemos.

21 Disseram-lhes, pois, os príncipes: Vivam, e sejam rachadores de lenha e tiradores de água para toda a congregação, como os príncipes lhes disseram.

22 E Josué os chamou, e falou-lhes dizendo: Por que nos enganastes dizendo: Mui longe de vós habitamos, morando vós no meio de nós?

23 Agora, pois, sereis malditos; e dentre vós não deixará de haver servos, nem rachadores de lenha, nem tiradores de água, para a casa do meu Deus.

24 Então responderam a Josué, e disseram: Porquanto com certeza foi anunciado aos teus servos que o Senhor teu Deus ordenou a Moisés, seu servo, que a vós daria toda esta terra, e destruiria todos os moradores da terra diante de vós, tememos muito por nossas vidas por causa de vós; por isso fizemos assim.

25 E eis que agora estamos na tua mão; faze-nos aquilo que te pareça bom e reto.

26 Assim pois lhes fez, e livrou-os das mãos dos filhos de Israel, e não os mataram.

27 E naquele dia, Josué os fez rachadores de lenha e tiradores de água para a congregação e para o altar do Senhor, até ao dia de hoje, no lugar que ele escolhesse.

Josué 10

1 E sucedeu que, ouvindo Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém, que Josué tomara a Ai, e a tinha destruído totalmente, e fizera a Ai, e ao seu rei, como tinha feito a Jericó e ao seu rei, e que os moradores de Gibeom fizeram paz com os israelitas, e estavam no meio deles,

2 Temeram muito, porque Gibeom era uma cidade grande, como uma das cidades reais, e ainda maior do que Ai, e todos os seus homens valentes.

3 Pelo que Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém, enviou a Hoão, rei de Hebrom, e a Pirão, rei de Jarmute, e a Jafia, rei de Laquis e a Debir, rei de Eglom, dizendo:

4 Subi a mim, e ajudai-me, e firamos a Gibeom, porquanto fez paz com Josué e com os filhos de Israel.

5 Então se ajuntaram, e subiram cinco reis dos amorreus, o rei de Jerusalém, o rei de Hebrom, o rei de Jarmute, o rei de Laquis, o rei de Eglom, eles e todos os seus exércitos; e sitiaram a Gibeom e pelejaram contra ela.

6 Enviaram, pois, os homens de Gibeom a Josué, ao arraial de Gilgal, dizendo: Não retires as tuas mãos de teus servos; sobe apressadamente a nós, e livra-nos e ajuda-nos, porquanto todos os reis dos amorreus, que habitam na montanha, se ajuntaram contra nós.

7 Então subiu Josué, de Gilgal, ele e toda a gente de guerra com ele, e todos os homens valorosos.

8 E o Senhor disse a Josué: Não os temas, porque os tenho dado na tua mão; nenhum deles te poderá resistir.

9 E Josué lhes sobreveio de repente, porque toda a noite veio subindo desde Gilgal.

10 E o Senhor os conturbou diante de Israel, e os feriu com grande matança em Gibeom; e perseguiu-os pelo caminho que sobe a Bete-Horom, e feriu-os até Azeca e a Maquedá.

11 E sucedeu que fugindo eles de diante de Israel, à descida de Bete-Horom, o Senhor lançou sobre eles, do céu, grandes pedras, até Azeca, e morreram; e foram muitos mais os que morreram das pedras da saraiva do que os que os filhos de Israel mataram à espada.

12 Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom.

13 E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro.

14 E não houve dia semelhante a este, nem antes nem depois dele, ouvindo o Senhor assim a voz de um homem; porque o Senhor pelejava por Israel.

15 E voltou Josué, e todo o Israel com ele, ao arraial, em Gilgal.

16 Aqueles cinco reis, porém, fugiram, e se esconderam numa cova em Maquedá.

17 E foi anunciado a Josué, dizendo: Acharam-se os cinco reis escondidos numa cova em Maquedá.

18 Disse, pois, Josué: Arrastai grandes pedras à boca da cova, e ponde sobre ela homens que os guardem;

19 Porém vós não vos detenhais; persegui os vossos inimigos, e atacai os que vão ficando atrás; não os deixeis entrar nas suas cidades, porque o Senhor vosso Deus já vo-los deu na vossa mão.

20 E sucedeu que, acabando Josué e os filhos de Israel de os ferir com grande matança, até consumi-los, e os que ficaram deles se retiraram às cidades fortificadas,

21 Todo o povo voltou em paz a Josué, ao arraial em Maquedá; não havendo ninguém que movesse a sua língua contra os filhos de Israel.

22 Depois disse Josué: Abri a boca da cova, e trazei-me para fora aqueles cinco reis.

23 Fizeram, pois, assim, e trouxeram-lhe aqueles cinco reis para fora da cova: o rei de Jerusalém, o rei de Hebrom, o rei de Jarmute, o rei de Laquis e o rei de Eglom.

24 E sucedeu que, trazendo aqueles reis a Josué, este chamou todos os homens de Israel, e disse aos capitães dos homens de guerra, que foram com ele: Chegai, ponde os vossos pés sobre os pescoços destes reis. E chegaram, e puseram os seus pés sobre os pescoços deles.

25 Então Josué lhes disse: Não temais, nem vos espanteis; esforçai-vos e animai-vos; porque assim o fará o Senhor a todos os vossos inimigos, contra os quais pelejardes.

26 E, depois disto, Josué os feriu, e os matou, e os enforcou em cinco madeiros; e ficaram enforcados nos madeiros até à tarde.

27 E sucedeu que, ao pôr do sol, deu Josué ordem que os tirassem dos madeiros; e lançaram-nos na cova onde se esconderam; e puseram grandes pedras à boca da cova, que ainda ali estão até o dia de hoje.

28 E naquele mesmo dia tomou Josué a Maquedá, e feriu-a a fio de espada, bem como ao seu rei; totalmente a destruiu com todos que nela havia, sem nada deixar; e fez ao rei de Maquedá como fizera ao rei de Jericó.

29 Então Josué, e todo o Israel com ele, passou de Maquedá a Libna e pelejou contra ela.

30 E também o Senhor a deu na mão de Israel, a ela e a seu rei, e a feriu a fio de espada, a ela e a todos que nela estavam; sem nada deixar; e fez ao seu rei como fizera ao rei de Jericó.

31 Então Josué, e todo o Israel com ele, passou de Libna a Laquis; e a sitiou, e pelejou contra ela;

32 E o Senhor deu a Laquis nas mãos de Israel, e tomou-a no dia seguinte e a feriu a fio de espada, a ela e a todos os que nela estavam, conforme a tudo o que fizera a Libna.

33 Então Horão, rei de Gezer, subiu a ajudar a Laquis, porém Josué o feriu, a ele e ao seu povo, até não lhe deixar nem sequer um.

34 E Josué, e todo o Israel com ele, passou de Laquis a Eglom, e a sitiaram, e pelejaram contra ela.

35 E no mesmo dia a tomaram, e a feriram a fio de espada; e a todos os que nela estavam, destruiu totalmente no mesmo dia, conforme a tudo o que fizera a Laquis.

36 Depois Josué, e todo o Israel com ele, subiu de Eglom a Hebrom, e pelejaram contra ela.

37 E a tomaram, e a feriram ao fio de espada, assim ao seu rei como a todas as suas cidades; e a todos os que nelas estavam, a ninguém deixou com vida, conforme a tudo o que fizera a Eglom; e a destruiu totalmente, a ela e a todos os que nela estavam.

38 Então Josué, e todo o Israel com ele, tornou a Debir, e pelejou contra ela.

39 E tomou-a com o seu rei, e a todas as suas cidades, e as feriu a fio de espada, e a todos os que nelas estavam destruiu totalmente; nada deixou; como fizera a Hebrom, assim fez a Debir e ao seu rei, e como fizera a Libna e ao seu rei.

40 Assim feriu Josué toda aquela terra, as montanhas, o sul, e as campinas, e as descidas das águas, e a todos os seus reis; nada deixou; mas tudo o que tinha fôlego destruiu, como ordenara o Senhor Deus de Israel.

41 E Josué os feriu desde Cades-Barnéia, até Gaza, como também toda a terra de Gósen, e até Gibeom.

42 E de uma vez tomou Josué todos estes reis, e as suas terras; porquanto o Senhor Deus de Israel pelejava por Israel.

43 Então Josué, e todo o Israel com ele, voltou ao arraial em Gilgal.

Instituto Maná participa de atividade na Casa de Idosos São Pio em Codó

Na última sexta-feira (20), o Instituto Maná com sua equipe de professores, alunos e demais funcionários, participou de uma atividade na Casa de Idosos São Pio em Codó, com o tema anos 80. Com decoração temática e ao som de hits dos anos 80, a Casa de Idosos organizou o baile, e a festa contou com muita música com a banda do Instituto Maná, além de um delicioso cofee break a todos os presentes no evento ,os participantes estavam todos caracterizados e foi um momento de muita alegria e energia aos Idosos.