Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

Secretaria de Saúde realiza o dia Nacional de Combate a mortalidade Materna em Codó

A Secretária de Saúde Codó, enfatizou que a intenção é evitar a mortalidade materna em Codó, e para isso é necessário sensibilizar os profissionais e a comunidade sobre a importância da prevenção. “As principais ações para atingir nossos objetivos são, o aumento da adesão ao pré-natal no 1º trimestre de gestação, o aumento nos índices de conclusão do pré-natal, profissionais vinculados à assistência pré-natal no que diz respeito à avaliação de risco gestacional sensibilizados para o atendimento humanizado à gestante e sua família”, destaca enfermeira Luciana.

O dia 28 de maio é de extrema importância para as mulheres. A data marca duas lutas para a saúde feminina, o Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. Ambas têm como objetivo chamar a atenção e conscientizar a sociedade dos diversos problemas de saúde e distúrbios comuns na vida das mulheres.

Pensando nisso, a coordenação da Saúde da Mulher, realizou hoje pela manhã um café da manhã na escola Estevão Angelo com mais de 30 mulheres gravidas, onde a enfermeira falou de sua experiência quando teve ser filho.Depois do café da manhã as mães passaram por um momento de transformação realizado pelo Instituto de Belza Katia e no final todas as mães ganharam presentes.

Mortalidade Materna

Morte materna é a morte de uma mulher durante a gestação ou até 42 dias após o término da gestação, independentemente da duração ou da localização da gravidez. É causada por qualquer fator relacionado ou agravado, pela gravidez ou por medidas tomadas em relação a ela. Não é considerada morte materna a que é provocada por fatores acidentais ou incidentais.

A mortalidade materna é uma das mais graves violações dos direitos humanos das mulheres, por ser uma tragédia evitável em 92% dos casos, e por ocorrer principalmente nos países em desenvolvimento. Nos últimos anos a razão de morte materna do Brasil apresentou uma queda, que pode estar associada a uma melhoria na qualidade da atenção obstétrica e ao planejamento familiar. Nesse período o tema ganhou maior visibilidade e vários processos estaduais e municipais foram deflagrados para este enfrentamento.

 

 
Acompanhe o Codó Notícias também pelo Facebook , YouTube e Instagram.
Categoria: Local
Tag: