27 crimes foram registrados durante a posse de Lula

O presidente da Repúblical, Luiz Inácio Lula da Silva, discursa para apoiadores no Festival do Futuro.

No primeiro dia de 2023 a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) registrou 719 ocorrências criminais. Desse total, 27 crimes ocorreram durante a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Brasília.

Entre os crimes registrados na posse de Lula estão furto de celular, furtos diversos, porte de arma branca e crime eleitoral, conforme apurou o site Metrópoles.

Nove das ocorrências foram registradas na delegacia eletrônica; uma na Coordenação de Repressão aos Crimes contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraude (Corf); uma na 1ª DP da Asa Sul; 15 na 5ª DP da Área Central e uma na 38ª DP (Vicente Pires).

Já a Polícia Rodoviária Federal do Distrito Federal (PRF-DF) prendeu 17 pessoas no fim de semana da posse. A PRF também autuou 38 pessoas por alcoolemia, 37 por falta de cinto de segurança e 25 por andar com crianças sem cadeirinha no veículo.

Crimes na festa de vitória

Na festa da vitória do petista não foi diferente. No domingo 30 de novembro de 2022, quando o resultado do segundo turno foi anunciado, centenas de pessoas foram às ruas para comemorar. Somente em Brasília foram registrados mais de 50 casos de furtos de celulares e carteiras.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *