Ações da Petrobras despencam nesta 2ª feira após Lula ser eleito

Até o início da tarde desta segunda-feira (31), primeiro dia de abertura do mercado após a confirmação do resultado da eleição presidencial, as ações da Petrobras registravam forte queda, com baixas entre 5% e 6,5% em resposta à vitória do ex-presidente Lula (PT). O temor dos investidores é de uma possível mudança na política de preços dos combustíveis.

Até o início da tarde desta segunda, as ações ordinárias da companhia – que são as que dão direito a voto, mas que não têm preferência na distribuição de dividendos – caíam 5,73%, cotadas a R$ 33,73, contra R$ 35,78 do último fechamento, na sexta-feira (28).

Já as ações preferenciais – que não dão direito a voto, mas que têm preferência na distribuição de dividendos – sofriam uma queda ainda maior até o início da tarde: 6,79%. Cotados a R$ 30,36, os papéis apresentavam uma redução de mais de R$ 2 na comparação com os R$ 32,57 do fechamento anterior do mercado. Na abertura, as ações chegaram a cair 7%.

Outro papel que registrava queda nesta segunda era o da Vale, que caía 0,64% até 13h. As ações da mineradora, que fecharam a última sexta cotadas a R$ 67,45, valiam R$ 67,14 até o início desta tarde.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *