Codó Notícias - O melhor e mais completo site da Região dos Cocais

PGR pedirá ao STJ para investigar pelo menos cinco governadores

Chefe da Procuradoria-Geral da República, Augusto Aras destacou três procuradores do seu time para reunir indícios de corrupção que começam a surgir contra governadores nos contratos emergenciais firmados nos estados para compra de insumos de saúde no combate ao coronavírus.

Interlocutores da PGR dizem que a lista de alvos já chega a cinco governadores que estariam diretamente ligados a indícios de corrupção suficientes para fundamentar a abertura de investigação na procuradoria. Um deles, segundo o Radar apurou, é o governador do Rio, Wilson Witzel.

Adversário de Jair Bolsonaro na luta política, Witzel já é alvo de três inquéritos no Superior Tribunal de Justiça, como mostrou o Radar na semana passada.

A nova leva de pedidos de inquérito da PGR contra governadores no STJ deve ser anunciada por Aras nos próximos dias.

Fonte:Veja

Novo tratamento para coronavírus melhora sobrevivência de pacientes

O tratamento com o uso de anticoagulantes pode melhorar o tempo de sobrevivência de pacientes graves infectados pelo novo coronavírus, de acordo com um novo estudo observacional feito por especialistas do Hospital Mount Sinai, de Nova York (EUA). A pesquisa indica, no entanto, que os remédios do tipo podem funcionar como um tratamento para a doença, e não como prevenção.

Os pesquisadores notaram que pacientes tratados com antiagulantes tiveram melhoras expressivas em seus casos.

“A pesquisa mostra que anticoagulantes orais, subcutâneos ou intravenosos tiveram um grande papel no cuidado aos pacientes com covid-19 e podem prevenir eventos mortais associados ao coronavírus, como ataques cardíacos, derramentes e embolia pulmonar”, explicou um dos autores do estudo, Valentin Guster. “O uso dos remédios deve ser considerado quando os pacientes chegam ao departamento da emergência e têm testes positivos para o vírus para melhorar os resultados. Contudo, cada caso deve ser avaliado individualmente”, disse.

O estudo foi conduzido com 2.773 pacientes internados por coronavírus. Destes, 28% (786) tiveram um tratamento com doses completas de anticoagulantes, uma dose maior do que é geralmente administrada em casos de coágulos sanguíneos. Foi observado, então, que o uso dos medicamentos melhorou as chances de sobrevivência dos doentes dentro e fora da UTI.

Das pessoas que não sobreviveram, os que estavam sob a medicação morreram após ficar em média 21 dias no hospital, enquanto pessoas que não tomaram o remédio morreram em 14 dias. O efeito dos anticoagulantes foi mais observado em pacientes usando respiradores e 62,7% dos entubados que não foram tratados com o remédio morreram, comparado com 29,1% dos que tiveram esse tratamento.

“Estamos esperançosos que essa pesquisa possa ser confirmada em investigações futuras”, disse o presidente do hospital, David Reich.

Como o estudo não traz resultados conclusivos, ainda são necessárias mais pesquisas sobre o tema para encontrar novos tratamentos para a covid-19. Atualmente, existem mais de 100 projetos de vacina e cerca de 200 medicamentos em fase de testes para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus.

No Brasil, testes com os medicamentos já foram feitos no Hospital Sírio Libanês. Em alguns casos, uma melhora foi vista.

Devido à ausência de comprovações clínicas e recomendações da Organização Mundial da Saúde sobre tratamentos e formas de prevenção eficazes, a quarentena é a única solução recomendada por especialistas para minimizar o número de casos de contágio de covid-19 no Brasil e no mundo.

Fonte:veja

Sábado começa com sorteio milionário da Timemania. Confira

Loteria acumulada está com prêmio estimado em R$ 2,5 milhões. Saiba como apostar!

O sábado promete animar os fãs de apostas com o sorteio da Timemania que está acumulado há alguns sorteios. A extração acontece a partir das 20h, horário de Brasília e é possível fazer sua aposta sem sair de casa pela internet.

Acumulada já há 11 sorteios, o concurso da Timemania deste sábado chega com prêmio da faixa principal estimado em R$ 2,5 milhões.

Ainda no sábado, acontecem mais quatro sorteios milionários. Entre eles a Mega Sena que está acumulou mais uma vez durante a semana e está com prêmio estimado em R$ 80 milhões.

A seguir, confira todas as informações para apostar na Timemania deste sábado e quem sabe ser o grande vencedor dessa bolada.

Como foram os últimos concursos da Timemania?

Os últimos resultados da Timemania não foram tão animadores. Desde o dia 11 de abril, a loteria não premiou nenhuma aposta na faixa principal. Mas no concurso de número 1469, uma aposta vencedora levou a bolada de mais de R$ 9 milhões sozinha.

Em abril foram ao todo 13 sorteio da Timemania, sendo que nove deles ficaram acumulados. E a loteria distribuiu mais de R$ 13 milhões em prêmios no mês.

Timemania acumulada

A Timemania foi criada em 2008 pela Caixa para ajudar os clubes brasileiros a pagarem suas dívidas com o Governo.

Para concorrer ao prêmio de R$ 2,5 milhões deste sábado, basta aprender como jogar na Timemania. É preciso escolher 10 números em um volante com 80 disponíveis e também um time do coração. Importante ressaltar que não é preciso entender de futebol para apostar nessa loteria.

No dia do sorteio são extraídos sete dezenas e quem conseguir acertar todas, leva o prêmio máximo. Ainda tem prêmios menores para os que acertarem seis, cinco, quatro, três e o time do coração.

Depois as apostas no time do coração são contabilizadas e repassadas ao time.

Os sorteios da Timemania acontecem às terças, quintas e sábados, sempre às 20h, exceto quando há feriado nacional.

Probabilidade de ganhar na Timemania

A Timemania não é uma loteria fácil de ganhar como a Lotofácil, por exemplo. A chance de colocar a mão no prêmio máximo da Timemania é de uma em 26.472.637. A Quina, em comparação é de uma em 24 milhões.

Mesmo sem técnicas infalíveis, é possível montar estratégias para jogar na Timemania e se aproximar do prêmio. Para aqueles que acreditam que sai mais números pares que ímpares ou vice-versa, saiba que no mês de abril saíram 45 ímpares e 46 pares. Quase um empate.

E as dezenas mais sorteadas foram:

  • 21, 24: 4 vezes cada
  • 08, 17, 29, 37, 50, 62, 66, 80: 3 vezes cada

Simulador Timemania

Mesmo com nossas dicas, muitos apostadores ainda sentem-se inseguros em apostar em números aleatórios. Por isso, o Doctor Lotto desenvolver o simulador de apostas. Com ele, é possível descobrir se o seu jogo já foi premiado, em quais faixas e por quantas vezes.

E ainda você pode receber todas as informações por e-mail para futuras consultas.

Para acompanhar e conferir o resultado da Timemania em segurança, a extração será exibida em tempo real pelo canal do Doctor Lotto no Youtube. Por lá ainda é possível estudar as estatísticas da loterias, receber dicas e mais informações para montar a sua estratégia.

Boas apostas!

Fim de semana começa com sorteio milionário da Lotofácil 

Loteria pode entregar prêmio de R$ 1,5 milhão. Saiba como apostar!

Sexta-feira é dia de sorteio da Lotofácil! O evento acontece às 20h, no Espaço Loterias da Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O valor do prêmio máximo para quem acertar todos os números sorteados está estimado em R$ 1,5 milhão!

Ah! Lembrando que no mesmo dia, horário e local acontecem mais duas divulgações de resultados de loterias da Caixa. A Lotomania, que espera entregar R$ 4,2 milhões ao principal ganhador, e a Quina, cujo prêmio em disputa é estipulado em R$ 400 mil.

Acompanhe a matéria e fique por dentro de todas as informações sobre a Lotofácil. Sabia que você ainda pode levar alguma quantia de dinheiro para casa, mesmo não acertando todos os números sorteados? Confira abaixo!

Lotofácil

Criada no ano de 2003 pela Caixa Econômica Federal, esta loteria se tornou a “queridinha” entre os brasileiros devido à facilidade existente em apostar e ganhar um prêmio.

O concurso funciona da seguinte maneira: você realiza uma aposta simples no valor de R$ 2,50, que é o preço da Lotofácil, e seleciona 15 dezenas entre as 25 disponíveis no volante. Caso acerte todos os números das bolinhas retiradas no dia do sorteio, pode comemorar, pois o prêmio de R$ 1,5 milhão será seu.

Se quiser escolher seus números da sorte aleatoriamente, o sistema da Caixa faz isso para você utilizando a opção “Surpresinha”. Também é possível concorrer com a mesma aposta por até 12 concursos consecutivos, por meio da “Teimosinha”.

Agora você deve estar se perguntando “mas e se eu não acertar todos os números, não vou ganhar nada?”. É aqui que entra outra facilidade da Lotofácil. Esta loteria possui prêmios fixos para quem acertar 11, 12 e 13 dezenas, que são R$ 5, R$ 10 e R$ 25, respectivamente. Interessante, não é mesmo?

Probabilidade de ganhar na Lotofácil

Como você já deve ter percebido, este concurso leva este nome por causa da facilidade em ganhar algum dinheirinho. Existe, aproximadamente, 1 chance em 3 milhões de acertar todos os números sorteados e faturar o prêmio principal. Fazendo uma comparação com a Mega-Sena, por exemplo, este valor é 17 vezes mais otimista.

Para aumentar ainda mais suas chances de vencer, você pode apostar em até 18 dezenas dentro do mesmo bilhete. Mas vale destacar que, para isso, é preciso pagar um valor a mais por cada elemento adicional escolhido.

Ferramentas de loteria

Outra dica para tentar melhorar suas opções de escolha dos números da sorte para apostar na Lotofácil é utilizar ferramentas de loteria. Com elas, você tem acesso ao histórico do concurso, desde sua criação, e consegue ver quais foram as dezenas que mais saíram nos sorteios e quantos prêmios levaram. Quem faz este trabalho específico é o simulador de loterias.

Além disso, você também pode usar o gerador de loterias, que realiza várias combinações de números e te ajuda a tomar a melhor decisão.

Junte essas dicas com sua intuição e aposte na Lotofácil. Não esqueça de acompanhar os resultados para saber se você levou o prêmio milionário. Boa sorte!

Ex-subsecretário de Saúde do RJ é preso por suspeita de fraude na compra de respiradores

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil do RJ prenderam nesta quinta-feira (7) Gabriell Neves, ex-subsecretário estadual de Saúde, e mais três pessoas.

Além de Gabriell, foram presos Gustavo Borges da Silva Aurino Batista de Souza Filho e Cinthya Silva Neumann. Gustavo substituiu Gabriell Neves no cargo na subsecretaria de Saúde após sua exoneração, em 20 de abril.

O grupo é suspeito de ter obtido vantagens na compra emergencial de respiradores para pacientes de Covid-19 no estado.

Na sua decisão, o juiz Bruno Ruliére, da Vara Criminal Especializada da Capital, diz que Gabriell e Gustavo atuaram, de acordo com as investigações, nos processos administrativos suspeitos.

Cinthya Silva Neumann é sócia da empresa Arc Fontoura Indústria e Comércio e Representações Ltda, que venceu o primeiro processo administrativo de contratação, com R$ 169,8 mil por respirador, somando valor correspondente a R$ 67.920.000,00.

As investigações, no entanto, não encontraram provas da entrega dos respiradores ao poder público.

Um quinto integrante do grupo, Glauco Octaviano Guerra, ainda era procurado até a última atualização desta reportagem.

O preso Aurino Filho faz parte da A2A, uma empresa de informática que ganhou contrato para fornecer respiradores ao estado — indícios de irregularidade foram mostrados pelo jornalista Rubem Berta em seu blog no início de abril.

Exoneração em abril

Gabriell Neves foi exonerado pelo governador Wilson Witzel por suspeita de irregularidades — os contratos questionados somaram R$ 1 bilhão, entre compra sem licitação de respiradores, máscaras e testes rápidos.

Equipes do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc/MPRJ) e da Delegacia Fazendária também cumprem 13 mandados de busca e apreensão no Município do Rio.

Duas ações do subsecretário aparecem como suspeitas:

  • montagem dos hospitais de campanha pelo Instituto de Atenção Básica Avançada à Saúde (Iabas);
  • Contratação de uma empresa para gerenciar serviço de Samu por R$ 76 milhões, sem licitação, que, anteriormente, era exercido pelo Corpo de Bombeiros.
  • Ao fundamentar a compra, a secretaria cita a Lei Federal 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, que permite a contratação de serviços “destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus”.
  • Na notícia presente no site da pasta, no entanto, o próprio governo diz que a mudança na gestão do Samu não foi fruto da pandemia – que sequer é mencionada na notícia –, mas sim por uma determinação do Tribunal de Contas do Estado.

Reportagem exibida no RJ2, em 11 de abril (veja acima), afirmava que o Governo do RJ gastou R$ 1 bilhão para fechar contratos emergenciais, sem licitação, para o combate do Covid-19.

Os valores seriam destinados para a compra de respiradores, máscaras e testes rápidos.

A maior parte deste dinheiro, quase R$ 836 milhões, seria destinada para a Organização Social (OS) Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas).

A defesa de Cynthia nega as acusações e alega que ela tem uma sólida empresa de representação de produtos hospitalares. “No caso específico, houve contratação emergencial por dispensa de licitação em função da pandemia, e não houve recebimento de material não recebido, o que será comprovado”, diz a nota.

Possível ‘laranja’

O Ministério Público e a Polícia Civil também suspeitam que todas as empresas que participaram do processo licitatório junto com a Arc Fontoura Indústria Comércio e Representações Ltda, a Farmaeros Comércio de Medicamentos e Alimentos Ltda – antigo Atacadão Farmacêutico e a Jabel Marketing e Representações Ltda possuem relações diretas entre seus sócios.

A informação aponta para um possível direcionamento do processo licitatório. Cinthya era funcionária da Farmaeros e aparecia como principal sócia da Arc Fontoura. O MP e a polícia suspeitam que ela possa ter sido utilizada como “laranja”.

O que dizem as defesas

  • A defesa de Aurino Filho disse que não ia se manifestar por não ter tido acesso aos autos.
  • Os advogados de Glauco Octaviano Guerra informaram que estão analisando os autos, mas ainda não se pronunciaram a respeito das acusações contra ele.
  • G1 já entrou em contato com a defesa de Cinthya Silva Neumann, mas ainda não recebeu o retorno.

Fonte:G1

Mega-Sena acumula de novo e sorteia R$ 56 milhões na quinta-feira 

Sorteio milionário acontece nesta quinta em virtude da Mega Semana de Dia das Mães

Está acontecendo a Mega Semana de Dia das Mães, que traz para os apostadores brasileiros três extrações da Mega-Sena em uma única semana.

O primeiro sorteio já foi, e não fez outro vencedor. Agora, nesta quinta (07), tem mais uma extração com prêmio acumulado na Mega-Sena: são R$ 56 milhões em jogo.

O sorteio acontece às 20h de hoje, quinta-feira. Não se confunda. Também haverá outro sorteio no sábado (09), mas a Mega Semana faz sempre três extrações.

Confira todas as dicas que preparamos para você apostar.

R$ 56 milhões na Mega acumulada

A Mega-Sena coloca em jogo R$ 56 milhões nesta terça. Sem sair na faixa principal desde março, alguém pode fechar a noite milionário.

Se você ainda não jogou, já pode apostar na Mega-Sena agora mesmo.

E se você ainda precisa aprender a jogar na Mega-Sena, não tem problema, a gente explica direitinho.

Para realizar uma aposta, é só marcar de seis a 15 dezenas em meio às 60 disponíveis no volante.

Quem acertar seis dezenas leva o prêmio principal para casa. Caso exista mais de uma aposta vencedora, o valor é dividido. Caso ninguém acerte, o prêmio fica para o próximo sorteio, que neste caso acontece no sábado, fechando a Mega Semana.

Se você não acertar as seis dezenas, nem tudo está acabado, também.

Quem acertar quatro ou cinco números também têm direito a prêmios. Na semana passada, a Mega-Sena distribui mais de R$ 12 milhões em prêmios da quina e da quadra.

Acertando cinco números, por exemplo, você ganha o prêmio da quina, que costuma ser bem interessante, geralmente com alguns milhares de reais em jogo.

A aposta simples é feita com seis dezenas, porém os apostadores também pode investir em super apostas, conhecidas como desdobramento. Dá para escolher mais números, entre 7 e 15 dezenas, pagando a mais por isso.

As chances são maiores, mas os valores, também. Vale a pena analisar sua estratégia antes. Outra saída é realizar um Bolão da Mega-Sena, que também dá muitas chances de vitória por um valor que pode ficar menor, a depender das cotas.

O que é Mega Semana?

A Mega Semana é uma organização especial dos sorteios da Mega-Sena. Ela acontece algumas vezes no ano, perto de datas especiais. Dessa vez, a programação é em razão do Dia das Mães.

Em vez de duas extrações, a Caixa realia três sorteios da Mega-Sena na mesma semana: terça, quinta e sábado.

Os sorteios, porém, são regulares. Não são extrações especiais, como a a Mega da Virada.

Caso o prêmio saia em algum deles, o sorteio da sequência é preservado, com um novo valor anunciado.

Resultados das loterias em tempo real

Quer ver todos os resultados da Mega-Sena antes de todo mundo? O Doctor Lotto dá os resultados das loterias em primeira mão.

Fiquem sabendo como foi sua aposta no horário do sorteio da Mega-Sena, ainda hoje.

Lá, você também é o primeiro a saber das outras loterias, de segunda a sábado, em tempo real.

Além disso, o site tem vários conteúdos gratuitos, como estatísticas, dicas e segredos sobre as loterias e apostas esportivas. Vale a pena conferir antes de fazer qualquer jogo.

Fique por dentro no Doctor Lotto e boa sorte.

Os veículos hatches mais procurados pelos brasileiros

PUma das versões de modelo de carro mais popular entre os amantes de automóveis, o hatch é bastante funcional e possibilita uma economia bem legal de combustível. É importante ter em mente que tipo de carro você quer quando vai comprar um, porque assim facilita muito o seu processo de escolha. Veículos hatches como o Onix, são muitas vezes os escolhidos por conta das facilidades que apresentam. Por conta disso e da popularidade do modelo, ele costuma ser a porta de entrada para muitas marcas no mercado. Digamos que é um tiro com mais chances de acertar o seu alvo.
A característica principal de um veículo hatch é a sua divisão em dois volumes, sendo o primeiro a cabine dos passageiros e o segundo a caixa do motor. O porta malas vem integrado a cabine dos passageiros, o que diminui significativamente o tamanho do carro. O acesso ao porta malas pode ser realizado através da porta traseira. O modelo hatch também é conhecido por carro de 3 ou 5 portas.
Por conta da sua compactação, um carro hatch como um HB20 é mais fácil de dirigir, de manobar e de estacionar. Por conta do tamanho costumam serem mais leves também, o que faz com que o nível exigido de combustível seja menor também, o que além de ajudar o meio ambiente, ajuda também o seu bolso. Em contrapartida, caso você precise usualmente de bastante espaço para a sua bagagem por viajar muito, um veículo desse tipo talvez não seja o mais indicado para você. Vai depender muito dos seus objetivos para com o carro.
Os carros hatches compactos mais vendidos
Sendo o tipo de hatch mais popular entre os consumidores, além de ser o modelo de entrada das suas marcas de origem, o hatch compacto possui o Chevrolet Onix liderando isolado durante todo o ano de 2019, sendo que seus números chegam a mais que o dobro dos que foram alcançados pelo segundo colocado, o Ford Ka. Durante todo o ano passado, o Onix conseguiu alcançar o impressionante número de 241.214 unidades vendidas, enquanto o Ford Ka emplacou 104.331 vendas.
Há algumas razões para que o Onix seja o hatch compacto mais vendido em 2019 e estar nas listas gerais dos mais vendidos do ano, e elas vão muito além da sua conhecida qualidade. A variedade imensa de preços nos produtos ofertados é uma delas, com o grande número de concessionárias da Chevrolet atendendo o Brasil inteiro, um ótimo valor de revenda e ser um carro bem equipado comparando a sua categoria, sendo algumas das suas outras razões.
Um outro modelo que adquiriu bastante sucesso também é o Hyundai HB20, sendo que ele adotou uma série de recursos novos e motores mais modernos, além do mercado ter se acostumado ao seu visual. Tudo isso contribuiu para que o modelo vendesse 101.590 exemplares. O Renault Kwid foi o subcompacto mais vendido de 2019, ele vendeu 85.117 unidades durante o ano todo.
Confira agora a lista dos 10 carros hatches compactos mais vendidos do ano passado.

Chevrolet Onix – 241.214
Ford Ka – 104.331
Hyundai HB20 – 101.590
Renault Kwid – 85.117
Volkswagen Gol – 81.285
Fiat Mobi – 53.444
Renault Sandero – 50.303
Volkswagen Fox – 38.487
Fiat Uno – 19.928
Toyota Etios hatch – 18.963

Os carros hatches compactos premium mais vendidos
Os carros hatches compactos que são premium, são uma evolução (mesmo que sutil) dos que são apenas compactos, tendo uma tecnologia e um desempenho melhores nas ruas. Nessa categoria o carro que lidera é o Fiat Argo, sendo que ele pode ser considerado um compacto comparável ao Onix e ao HB20, já que algumas de suas versões podem ser encontradas também pelo preço de 48 mil reais. Mas caso os seus equipamentos modernos e mais caros sejam do seu interesse, prepare-se para gastar cerca de 70 mil reais.
Foram vendidos 79 mil exemplares do Fiat Argo durante 2019, o que demonstra o quão popular ele é. O segundo colocado foi o Volkswagen Polo, que vendeu menos de 7 mil unidades comparado ao Argo no ano todo, contabilizando no total 72 mil carros vendidos. Com 37.600 unidades, Toyota Yaris completa o pódio ficando em terceiro lugar.
Os hatches compactos premium possuem uma aparência mais moderna, tecnológica, um acabamento mais sofisticado, equipamentos de ponta e numa profusão bem maior do que nos compactos, uma estrutura bem mais segura e os motores mais modernos e potentes. Isso explica um pouco o porquê de eles serem mais caros.
Confira agora uma lista dos cinco hatches premium mais vendidos aqui no Brasil.

Fiat Argo – 79.001
Volkswagen Polo – 72.057
Toyota Yaris – 37.686
Peugeot 208 – 5.608
Ford Fiesta – 3.330

Os carros hatches médios mais vendidos
Em se tratando de carros hatches, pode se dizer que os médios são os que apresentam as vendagens mais fracas, muito por conta da grande popularidade adquirida nos últimos anos pelos compactos e compactos premium. Os carros hatches médios acabam ficando na mesma linha de preço de um SUV compacto e de um Crossover, por exemplo. Esses últimos modelos são a grande moda do momento, todo mundo quer ter um carro desses modelos. O que faz com que os hatches médios fiquem cada vez mais desvalorizados.
Para ilustrar um pouco melhor a situação, o hatch médio que ficou em primeiro lugar nas vendagens o ano passado foi Cruze Sport6, vendendo apenas 5.320 unidades. O segundo lugar, que ficou com o Volkswagen Golf, vendeu 1.130 exemplares durante todo o ano. Há uma diferença visível para os compactos e os compactos premium, com estes atingindo vendas bem mais expressivas do que os médios.
Confira abaixo uma lista com os 6 hatches médios mais vendidos em 2019.

Chevrolet Cruze Sport6 – 5.320
Volkswagen Golf – 1.130
Ford Focus – 526
Volvo V40 – 425
Mercedes-Benz A250 – 410
Audi A3 – 326

Agora que você já sabe mais sobre os veículos hatches mais procurados pelos brasileiros, te convidamos a voltar no nosso site e ler mais alguns dos nossos artigos. Você não irá se arrepender!

BC corta taxa básica de juros pela sétima vez seguida, a 3% ao ano

O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC (Banco Central) optou nesta quarta-feira (6) pela sétima redução consecutiva da taxa básica de juros da economia brasileira.

Novamente influenciado pelo efeito da pandemia do novo coronavírus, o corte de 0,75 ponto percentual é maior do que o esperado pelo mercado e leva a Selic a 3% ao ano, menor patamar da história. A taxa permanecerá vigente ao menos pelos próximos 45 dias.

A redução dos juros básicos tem o objetivo de estimular a economia nacional. Isso acontece porque o crédito mais barato tende a incentivar a produtividade e impulsionar o consumo das famílias.

“No cenário externo, a pandemia da covid-19 está provocando uma desaceleração significativa do crescimento global, queda nos preços das commodities e aumento da volatilidade nos preços de ativos. Nesse contexto, apesar da provisão adicional de estímulos fiscal e monetário pelas principais economias, e de alguma moderação na volatilidade dos ativos financeiros, o ambiente para as economias emergentes segue desafiador”, escreveu o Copom para justificar a decisão.

O novo corte da Selic é maior do que o esperado pelo mercado financeiro, que apostava em uma nova baixa de 0,5% na reunião desta quarta-feira. De acordo com os analistas ouvidos semanalmente pelo BC, a Selic também será reduzida em junho, para 2,75% ao ano.Diferentemente das apostas do mercado financeiro, o Copom avalia que é possível realizar um novo corte de até 0,75 ponto percentual para “complementar o grau de estímulo necessário como reação às consequências econômicas da pandemia”.

O veredito pela redução da Selic foi novamente unânime. Votaram a favor do corte o presidente do BC, Roberto Oliveira Campos Neto, e os diretores Bruno Serra Fernandes, Carolina de Assis Barros, Fábio Kanczuk, Fernanda Feitosa Nechio, João Manoel Pinho de Mello, Maurício Costa de Moura, Otávio Ribeiro Damaso e Paulo Sérgio Neves de Souza.

Apesar da decisão unânime, dois membros do Comitê entenderam que mesmo com a possibilidade de elevação da taxa de juros estrutural, poderia ser oportuno prover todo o estímulo necessário imediatamente, em conjunto com a sinalização de manutenção da taxa básica de juros pelos próximos meses.

No entanto, foi preponderante a avaliação de que, frente à conjuntura de elevada incerteza doméstica, o espaço remanescente para utilização da política monetária é incerto e pode ser pequeno. Com isso, permaneceu uma decisão mais moderada para acumular mais informações até o próximo encontro do grupo.

Juros básicos

Conhecida como taxa básica, a Selic representa os juros mais baixos a serem cobrados na economia e funciona como forma de piso para as demais taxas cobradas no mercado financeiro.

Em linhas gerais, a taxa básica de juros é aquela que os bancos pagam para pegar dinheiro no mercado e repassá-lo para empresas ou consumidores em forma de empréstimos ou financiamentos. Por esse motivo, os juros que os bancos cobram dos consumidores são sempre superiores à Selic.

A taxa básica também serve como o principal instrumento do BC para manter a inflação sob controle, próxima da meta estabelecida pelo governo. Isso acontece porque os juros mais altos encarecem o crédito, reduzem a disposição para consumir e estimulam novas alternativas de investimento.

Sempre que o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo.

R7

TRF-4 mantém condenação de Lula em segunda instância por caso do sítio em Atibaia

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou recurso e manteve a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em segunda instância, pelo caso do sítio de Atibaia, em julgamento virtual finalizado nesta quarta-feira (6). A decisão foi unânime.

Em função da pandemia de coronavírus, as sessões do tribunal passaram a ser feitas virtualmente. O julgamento do recurso de Lula iniciou em 27 de abril.

A Oitava Turma, responsável na Corte pelos processos da Lava Jato, também rejeitou o pedido de adiamento da análise dos embargos de declaração. A defesa do ex-presidente pedia que o julgamento ocorresse em sessão presencial.

Lula foi condenado em novembro do ano passado a 17 anos, 1 mês e 10 dias pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, em julgamento na segunda instância, acusado de receber propina de construtoras, que teriam reformado e decorado um sítio, em Atibaia, interior paulista, em troca de benefícios em contratos com a Petrobras. Segundo a acusação, o local era utilizado pela família do ex-presidente.

O recurso protocolado pela defesa de Lula, chamado de embargos de declaração, solicitava a revisão de dúvidas, revisões ou contradições na sentença. O ex-presidente sustenta que é inocente.

O julgamento foi virtual e não pôde ser acompanhado pela imprensa. O resultado da sessão foi publicado às 14h46. Até a tarde desta quarta-feira (6), o acórdão, com a íntegra dos votos, ainda não havia sido publicado.

Para o advogado Cristiano Zanin, que defende Lula, a manutenção da prisão é “injusta e arbitrária”. A defesa aguarda a publicação do acórdão para definir possíveis recursos. Leia a nota na íntegra abaixo.

Na primeira instância, o ex-presidente tinha sido condenado a 12 anos e 11 meses.

Esse é o segundo processo a que Lula respondeu na Justiça Federal após investigações na Lava Jato. O primeiro foi o caso Triplex, pelo qual foi condenado e preso, de abril de 2018 a novembro de 2019.

Nota da Defesa do ex-Presidente Lula

Em relação ao julgamento virtual finalizado hoje (06/05/2020) pela 8ª. Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª. Região (“embargos de declaração” – Autos nº 5021365-32.2017.4.04.7000/PR), reforçamos o caráter injusto e arbitrário da decisão que manteve a condenação do ex-presidente Lula, originariamente imposta por sentença proferida por “aproveitamento” de outra sentença proferida pelo ex-juiz Sergio Moro – que também foi o responsável pela instrução do processo com a parcialidade que sempre norteou sua atuação em relação a Lula, como sempre demonstramos e como foi reforçado pelo escândalo da Vaza Jato. Esclarecemos ainda que:

1 – É sintomático que o TRF4, após ter julgado o recurso anterior (apelação) com transmissão ao vivo e grande espetáculo, tenha realizado esse novo julgamento, contraditoriamente, pelo meio virtual, que sequer permite aos advogados de defesa participem do ato e, se o caso, possam fazer as intervenções previstas em lei (Estatuto do Advogado) para esclarecimento de fatos ou para formulação de questões de ordem. Essa situação, por si só, configura violação à garantia constitucional da ampla defesa e violação às prerrogativas dos advogados.

2 – Com a rejeição do recurso, diversas omissões, contradições e obscuridades apontadas em recurso de 318 laudas e que dizem respeito a aspectos essenciais do processo e do mérito do caso deixaram de ser sanadas — inclusive o fato de Lula ter sido condenado nessa ação com base na afirmação de que “seria o principal articulador e avalista de um esquema de corrupção que assolou a Petrobras”, em manifesta contradição com sentença definitiva que foi proferida pela 12ª. Vara Federal de Brasília, que absolveu o ex-presidente dessa condenação com a concordância do Ministério Público Federal (Ação Criminal nº 1026137-89.2018.5.01.3400 – caso conhecido como “Quadrilhão”). Nesta decisão proferida pela Justiça Federal de Brasília, o juiz federal prolator, Dr. Marcos Vinicius Reis Bastos, fez consignar com precisão e de forma inconciliável com as decisões proferidas no processo em referência, que “a utilização distorcida da responsabilização penal, como no caso dos autos de imputação de organização criminosa sem os elementos do tipo objetivo e subjetivo, provoca efeitos nocivos à democracia, dentre elas a grave crise de credibilidade e de legitimação do poder politico como um todo”.

3 – Mesmo com todo o cerceamento de defesa imposto ao longo da fase de instrução pelo então juiz Sergio Moro, conseguimos comprovar, por perícia, a partir da análise da suposta cópia dos sistemas da Odebrecht que estão na posse da Polícia Federal, que os R$ 700 mil que o MPF acusou Lula de ter recebido em suposta reforma no sítio de Atibaia, foram, em verdade, sacados em favor de um alto executivo da própria Odebrecht. A prova, no entanto, foi simplesmente desprezada pela sentença e também pelo TRF4. O que foi levado em consideração foram apenas depoimentos de delatores que foram beneficiados para acusar Lula — inclusive o de Marcelo Odebrecht, que em depoimento posterior, prestado em ação penal que tramita perante a Justiça Federal de Brasília, reconheceu que “é tremendamente injusto fazer uma condenação de Lula sem que esclareça as contradições dos depoimentos de meu pai e Palocci”.

4 – Assim que os votos proferidos no julgamento virtual forem disponibilizados na plataforma do TRF4 definiremos o recurso que será interposto para reverter essa absurda condenação.

Cristiano Zanin Martins

Por G1