Cotado para ministro de Lula contratou gráfica de fachada

Cotado para ser ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado federal Elmar Nascimento (União-BA) declarou à Justiça Eleitoral que gastou R$ 702 mil com uma gráfica chamada Waldyr Rodrigues dos Santos.

O valor representa 23% dos recursos de campanha e foram usados para pagar por cerca de 17 milhões de santinhos e outros materiais gráficos.

A gráfica, porém, é uma empresa de fachada, sem endereço fixo, nem maquinário de impressão. Além disso, o dono da empresa é pai de Fábio Dias dos Santos e Márcio Dias dos Santos, sócios da Qualigraf Serviços Gráficos e Editora, empresa envolvida em um escândalo de fraudes de licitações na Bahia.

Elmar também contratou a N2 Distribuidora de Bebidas para arrendamento de um helicóptero no valor de R$ 82,5 mil. A empresa, porém, tem como um dos sócios o irmão do deputado, o prefeito de Campo Formoso, Elmo Nascimento (União Brasil).

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *