Efeito Mercadante: Ibovespa desaba mais de 4% na semana

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores do Brasil (B3), caiu 4,34% nesta semana. Com 102.856 pontos, o índice está no menor nível desde 1º de agosto. Em dezembro, as perdas somam 8,5%. No ano, quase 2%.

O principal fator que contribuiu para o pessimismo dos investidores foi a indicação do ex-ministro Aloizio Mercadante para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A chegada do petista à instituição financeira será sacramentada se as mudanças propostas na Lei das Estatais forem aprovadas. O texto já passou pela Câmara dos Deputados.

Outras decisões da equipe de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que não soaram bem aos ouvidos dos investidores foram as indicações de Gabriel Galípolo, ex-CEO do Banco Fator, como secretário-executivo da Fazenda; e de Bernard Apply, economista e diretor do Centro de Cidadania Fiscal, como secretário especial da reforma tributária.

Em virtude do iminente risco fiscal, o principal índice das ações brasileiras registrou baixas na segunda-feira 12, na terça-feira 13, na quinta-feira 15 e nesta sexta-feira. As quedas foram de -2,02%, -1,71%, -0,01% e -0,85%, respectivamente. A quarta-feira foi o único pregão positivo do Ibovespa nesta semana, com alta de 0,20%.

O dólar, por sua vez, subiu 0,92% nesta semana. A moeda norte-americana alcançou R$ 5,29.

(O valor do dólar divulgado refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é mais alto.)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *