Só 8 dias! Guido Mantega deixa equipe de transição de Lula

O ex-ministro Guido Mantega anunciou, nesta quinta-feira (17), que renunciou ao cargo que ocupava no grupo de planejamento, orçamento e gestão da equipe de transição de governo.

Mantega está impedido de exercer qualquer cargo em comissão ou função de confiança na administração pública federal pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O motivo são as pedaladas fiscais que levaram ao impeachment de Dilma Rousseff, época em que ele foi ministro da Fazenda.

Mas ao deixar o cargo, Mantega justificou a decisão culpando adversários políticos por “tumultuar” e “criar dificuldades para o novo governo”.

– Em face de um procedimento administrativo do TCU, que me responsabilizou indevidamente, enquanto ministro da Fazenda, por praticar a suposta postergação de despesas no ano de 2014, as chamadas pedaladas fiscais, aceitei trabalhar na equipe como colaborador não remunerado, sem cargo público, para não contrariar a decisão que me impedia de exercer funções públicas por oito anos – diz trecho da carta obtida pela Folha de São Paulo.

Em outro trecho, Mantega declara:

– Mesmo assim essa minha condição estava sendo explorada pelos adversários, interessados em tumultuar a transição e criar dificuldades para o novo governo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *